publicidade

OPINIÃO | São Paulo 1×2 Santos

Nação do Maior do Mundo;

Resultado justo e normal, em se tratando de um clássico. Mas eu achei o futebol dos dois clubes abaixo da enorme expectativa, principalmente o apresentado pelo São Paulo na tarde deste domingo. O Santos está na dele e, contando com um melhor aproveitamento nos detalhes que definem um jogo disputado como esse, venceu e acabou por assumir a ponta do Paulistinha.

O tricolor agora esquece o estadual e volta suas atenções para a estréia da Libertadores enquanto que o adversário “sensação do momento” vai se preocupar com a Copa do Brasil, torneio que, por sua vez, dá acesso a competição internacional.

Os dois times entraram a campo com o que tinham de melhor. Enquanto não pode contar com Rodrigo Souto, Fernandinho e Alex Silva, o técnico tricolor optou pelo 3-5-2 com Xandão, Renato Silva e Miranda, Jean e JW nas alas, Hernanes, Richarlyson e Marcelinho no meio e W9 no ataque, com Dagoberto.

Foi a mesma equipe que venceu bem o São Caetano. Porém, o meio campo tricolor nao conseguia se impor ao adversário no primeiro tempo e oferecer qualidade no ataque. Inferiorizado, os jogadores do meio foram envolvidos pelos santistas que pressionaram até acharem seu gol, num erro de Washington. Pênalti de Miranda em Arouca e a vantagem no placar.

Já na segunda etapa, Ricardo Gomes tirou Washington e criou duas linhas de quatro jogadores, com Dagoberto e Marcelinho no ataque. O time, por sua vez, dominou as ações e já merecia o empate, não fosse a péssima jornada do Paraíba, ao lado de Dagoberto, poupando esforços em campo. Vale apena entrar com uma mentalidade dessas?

E foi nessa pressão que o time chegou ao seu gol com Roger, que entrara no lugar de Dagoberto, lesionado. O empate era justo pelo que o Maior do Mundo fazia no segundo tempo. Até que, numa clara e inadmissível demonstração de conforto com o placar, Ricardo Gomes tira Marcelinho, mas coloca em campo mais um meio-campista: Léo Lima.

Um erro que, ao meu ver, determinou o destino do resultado.

O time ficou somente com um atacante na frente (o fraco Roger) e povoado de jogadores no meio. Insisto: NÃO DÁ PARA JOGAREM JUNTOS HERNANES, LÉO LIMA, CLÉBER SANTANA E WASHINGTON (OU ROGER) neste time. A lentidão é um convite para o adversário. O São Caetano não aproveitou as chances na semana passada mas o Santos, que não é bobo e tem Robinho, decidiu a partida. Belo gol; de um jogador que veio para garantir sua presença na Copa. Vou torcer por ele na Copa do Brasil, mas não podemos nos esquecer que a jogada do gol da vitória santista foi fruto de mais uma bobeada de Richarlyson, que não sei o porquê, estava no ataque num escanteio, falhou num cruzamento e não teve tempo de voltar para consertar a frágil defesa no contra-ataque santista.

Repito o que falei no início do texto. Não me preocupa em nada o placar. O resultado foi normal, assim como foi normal um “4×3? nosso na Vila no ano passado, com o diferencial Ceni. O jogo até poderia ter sido melhor no aspecto técnico. Alguns jogadores, tanto do peixe como nossos não renderam o esperado. O que não podemos omitir são os erros pré Libertadores, como as falhas individuais de Washington e Richarlyson nos gols santistas e, sobretudo, a péssima escolha do nosso treinador em colocar mais um meia ao invés de jogar um atacante rápido para fazer par com Roger. Deu medo essa substituição. Muito medo.

Agora é recuperar os jogadores para a estréia (confirmada no Morumbi) e fazer com que atletas como Cléber Santana, Rodrigo Souto, Alex Silva e os futuros contratados entrem de vez nessa equipe. No Paulistinha dá para falhar e se recuperar. Na Libertadores, não.

Certamente vamos evoluir. Apesar do erro crasso deste domingo por parte de Ricardo Gomes, que se mostrou acomodado em excesso (para não dizer covarde) acredito numa melhoria com as peças que ainda entrarão no time.

Duas coisas para comemorar nesse jogo: A grande personalidade de Xandão (o melhor em campo, não errou uma jogada) e a volta para a cidade, aparentemente sem brigas; apesar da Polícia Militar insistir em priorizar a volta mais rápida das organizadas em detrimento do torcedor comum.

Saudações tricolores!

Nota dos personagens da partida:

Rogério Ceni Partida normal, com apenas uma grande defesa. Sem culpa nos gols. E concordo com ele: Essa paradinha só acontece no Brasil; se é para instituir ela é melhor dar o gol de vez. Nota: 6,5

Jean Primeiro tempo como lateral direito e o segundo como volante. Infelizmente não foi bem em nenhuma das posições no jogo de hoje. Nota: 4,0

Renato Silva Esse não pode ser titular do São Paulo numa Libertadores. Apesar de uma melhora no segundo tempo no 4-4-2, é muito fraco para ficar na defesa do maior clube do Brasil. Nota: 5,0

Xandão A cada jogo vem surpreendendo pela seriedade e simplicidade. Para mim, no geral, foi o melhor em campo. Não errou nenhum lance individual e até arriscou uma jogada no ataque, que quase resultou em gol. Se manter o nível pode virar ídolo. Calma… muita calma. Mas hoje… Nota: DEZ!

Miranda Segurança na zaga. Infelizmente hoje cometeu o pênalti em Arouca (que esteve em campo por um acordo em cima da compra de Cléber Santana – O Santos tinha “um pouquinho” do jogador) mas, dos zagueiros, é o que momentaneamente podemos confiar. Nota: 5,5

Jorge Wagner Um dos melhores do time hoje. Atacou, defendeu e cruzou com equilíbrio. Boa partida. Nota: 7,5

Richarlyson Outro que, mesmo atuando de forma regular, não inspira a menor confiança numa Libertadores. Falhou ao querer participar de uma jogada ofensiva antes do gol de Robinho e não teve como chegar na defesa para consertar o erro. E são falhas como essa, que são frequentes na vida do jogador, que podem custar eliminação de torneios. Nota: 4,0

Hernanes Bem no primeiro tempo, apesar da inferioridade do meio tricolor. Na segunda etapa foi bem até a entrada do Léo Lima. Aí, com o meio embolado, seu futebol caiu. Nota: 5,5

Marcelinho Paraíba Partida pífia a que fez neste domingo. Sem seus deslocamentos, não houve velocidade no ataque. Deveria ter saído no intervalo. Nota: 3,0

Dagoberto Apático, foi outro que não deu o melhor de si no jogo. Tem que ver se se machucou no começo, no meio ou na hora que saiu. Sem ele, temos um problema para a estréia da Libertadores. Nota: 3,5

Washington O pior do jogo. Partida para esquecer. Ou melhor; para ser vista ecom o tema “o que não se pode fazer em campo”. O gol do Santos saiu numa falha sua. Infelizmente não inspira confiança, ao menos para mim. Precisamos de mais um atacante para a Libertadores. Nota: 2,5

Cléber Santana Entrou no intervalo e mostrou que pode ser titular deste time. Nota: 6,5

Roger Entrou e, mesmo limitado, fez o gol “sai zica”. Nota: 9,0 (pelo gol)

Léo Lima Não era para ter entrado, mas não é culpa dele. Fez pouco. Nota: 4,0

Ricardo Gomes Sua última mexida (um atacante por um meia lento) na partida precisa ser repensada. Estava claro que quem deveria ter entrado em campo era Marlos, que pode ser usado como segundo atacante, principalmente naquelas circunstâncias do jogo. Além de jogar na faixa de campo em que havia um amarelado, certamente o camisa 16 tricolor não iria deixar Wesley (que jogou improvisado na lateral direita do Santos) cruzar tão facilmente a bola para a vitória santista. Um ato covarde que determinaria uma nova pressão adversária e que, fatalmente, se transformou no detalhe da vitória. Sim, acredito que nosso time irá melhorar e que vai evoluir muito, mas o técnico também não pode fazer bobagens em campo. Hoje a besteira da vez foi de Ricardo Gomes. Nota: ZERO!

Público Pouco público, num clássico ameaçado pelas brigas via internet entre as principais organizadas. O torcedor tem que comparecer no Morumbi na quarta para empurrar o time na estréia da Libertadores. Precisamos largar bem na competição.

VEJA TAMBÉM
- CHAPÉU NO RIVAL? São Paulo negocia com craque do futebol europeu que está na mira do Flamengo
- A CAMINHO DO RIVAL! Com a autorização do presidente, Santos aprova contratação de ex-São Paulo
- NOVA CHANCE! São Paulo reconsidera volante descartado por Zubeldía e pode receber nova chance


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 3 8

Comentários (8)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.