publicidade

Palmeiras x São Paulo: vitória mantém aceso o sonho do título brasileiro

A vitória, aliada ao tropeço do Grêmio, deixa o Verdão na frente. Tricolor alcança a vice-liderança se vencer, e o Cruzeiro não

É decisão! O sonho do título nacional estará em disputa no clássico entre Palmeiras e São Paulo, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Palestra Itália, pelo Campeonato Brasileiro. O Verdão, vice-líder com 54 pontos, precisa vencer e torcer pelo menos pelo empate do líder Grêmio, que tem 56 e enfrenta a desesperada Portuguesa, no Canindé, para recuperar a primeira colocação. Já o Tricolor, quarto colocado com 52, corre atrás dos três pontos, que aliados ao tropeço do Cruzeiro, também tem 52, mas vantagem no número de vitórias (16 a 14), e encara o Atlético-MG, no Mineirão, poderá levá-lo, pela primeira vez, a segunda colocação e manter acesa a chama do tricampeonato. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o jogo em Tempo Real, e TV Globo-SP e o Premiére transmitem a partida ao vivo.

O clássico paulista promete um duelo tático interessante. O Palmeiras, que tinha um crônico problema no sistema defensivo, conseguiu amenizar os erros após o técnico Vanderlei Luxemburgo adotar o esquema tático 3-5-2, com o volante Martinez sendo improvisado no lado esquerdo, Roque Júnior ganhando a vaga na função de líbero, enquanto Gustavo foi efetivado no setor direito. Atuando assim, o Verdão sofreu apenas um gol nas últimas oito partidas.

O São Paulo adota o 3-5-2 tradicional, com o trio Rodrigo, que avança muito pelo lado dieito, André Dias mais fixo, e Miranda se lançando pelo setor esquerdo. Os alas, geralmente, não são laterais de ofício. No clássico, a tendência é que o volante Zé Luís atue na direita, com o meia Jorge Wagner, o maestro nas jogadas de bola parada, exercendo a função na esquerda.

Quem é o favorito?

Na última segunda-feira, os palmeirenses Leandro e Diego Souza afirmaram que o Verdão era o favorito diante do São Paulo. O lateral-esquerdo adotou um discurso baseado nos números impressionantes da equipe nos jogos dentro do Palestra Itália. Em 13 partidas no Brasileirão, foram 11 vitórias, um empate (Figueirense) e apenas uma derrota (Sport).

- O Palmeiras é o favorito contra o São Paulo. Estamos jogando dentro de casa, com o apoio da nossa torcida, onde perdemos apenas uma partida no Campeonato Brasileiro. Eu acredito que temos de 60% a 70% de chances de sair de campo com a vitória - diz Leandro.

Diego Souza também seguiu a linha de raciocínio de Leandro. Porém, o dono da camisa 7 alviverde mostrou ciúme do São Paulo e acusou a imprensa de supervalorizar a estrutura, o elenco, o treinador e tudo que envolve o rival paulista.

- Todo mundo supervaloriza o São Paulo e esquece dos outros times. As pessoas dizem que o São Paulo, quando vai decidir, chega sempre muito forte. Enaltecem apenas o time deles e esquecem que o Palmeiras também está no mesmo nível e tem o seu valor, assim como o Grêmio, Flamengo e Cruzeiro. Somos os atuais campeões paulistas - afirma Diego Souza.

Já no lado do São Paulo, o capitão Rogério Ceni, os zagueiros André Dias e Rodrigo, e o meia Jorge Wagner, entre outros, encararam com naturalidade o favoritismo apontado pelos jogadores do Palmeiras ao seu time. Os são-paulinos entendem que o rival, por jogar em seu campo, tem o direito de adotar esta postura.

Já o técnico Muricy Ramalho, em um primeiro momento, ironizou os 70% de favoritismo apontado pelo lateral-esquerdo Leandro para o Palmeiras. Com ironia, ele disse que 30% era um ótimo percentual para o Tricolor garantir a vitória. Porém, durante a sua participação no programa Globo Esportivo, na Rádio Globo, na última terça-feira, no estúdio Osmar Santos, na sede do jornal Diário de São Paulo, o comandante são-paulino partiu para o contra-ataque.

- Eu aposto 100% na vitória do meu time. O São Paulo é o atual bicampeão brasileiro, vem treinando bem, tem um elenco forte e que cresce em jogos decisivos. Somos favoritos diante do Palmeiras. Acredito na minha equipe - ressalta Muricy Ramalho.

Luxa faz mistério e Martinez vira dúvida

Luxemburgo não definiu quem será o substituto de Jumar, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é que Leo Lima assuma a posição. Já o curinga Martinez, que vem atuando na zaga, sentiu uma lesão muscular na coxa esquerda e virou dúvida. Caso seja vetado, Pierre entrará no time.

Apesar de fazer mistério e não revelar o time titular, Luxemburgo acena com a possibilidade de fortalecer o poder de marcação no lado direito, justamente para contar os avanços de Jorge Wagner e Hugo. Elder Granja pode ser barrado para a entrada do volante Sandro Silva no setor.

Caso Sandro Silva atue na direita e Martinez não jogue, Evandro entrará no meio-campo para ajudar Diego Souza na armação de jogadas. Com isso, Pierre e Leo Lima também atuarão no meio.

Muricy deixa dúvidas no ar

No Tricolor, o técnico Muricy Ramalho comandou um treino fechado durante a semana, e escalou a equipe com Jancarlos na lateral e apenas um atacante na frente: Borges. Mas, na última sexta-feira, Dagoberto se recuperou das dores na coxa direita, treinou normalmente e foi confirmado entre os relacionados para a partida. Muricy não revela se vai com o esquema 3-6-1 ou se colocará Dagol ao lado de Borges. A tendência é que ele fique com a primeira opção.

- A gente respeita as características dos jogadores. Mas temos que definir primeiro como está o Dagoberto na parte física. Tenho um time na cabeça, dois tipos de esquemas bem treinados e posso escolher, como aconteceu no primeiro turno - explica o treinador.

Para Muricy, o duelo será ainda melhor porque os dois times puderam trabalhar durante toda a semana. E ambos estão em grande momento na competição.

- São duas equipes bem definidas na parte tática. Tiveram uma semana para trabalhar, e com a parte física apurada a técnica aparece. Vai ser um grande jogo. O Palmeiras não perde há oito jogos, e nós há nove. É bom não lembrar quando perdermos da última vez, significa que o trabalho foi bem feito - comemora o comandante são-paulino.

VEJA TAMBÉM
- Crespo quer voltar mas faz pedido a direção do São Paulo
- Assista a coletiva de Thiago Carpini após a partida contra o Fortaleza
- São Paulo perde para o Fortaleza e aumenta pressão sobre Carpini.


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 5 6

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Sáb - 21:00 - MorumBIS -
    São Paulo
    São Paulo
    Fortaleza EC
    Fortaleza EC

    Último jogo - Libertadores

    Qua - 21:30 -
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 0
    X
    Cobresal
    Cobresal
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade