publicidade

O único lance que merece destaque no Paulistão: a expulsão de Dagoberto

O São Paulo perdeu da Portuguesa no Morumbi. Poderia ter empatado ou vencido. Grande porcaria.

Assim como a goleada de ontem do Palmeiras ou o empate de hoje do Corinthians (como joga o Iarley), os resultados da primeira rodada do Campeonato Paulista não servem de parâmetro para absolutamente nada. A temporada está no começo e os times serão modificados ao longo do ano.

O lance que realmente chama a atenção nesses jogos de estreia do Estadual foi a expulsão do são-paulino Dagoberto, no segundo tempo diante da Lusa, por ter agredido sem nenhuma necessidade um adversário. Foi chamado justamente de “burro” pela torcida.

O atacante paranaense já havia feito o mesmo contra o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, no ano passado, e logo depois de o Borges ter sido expulso no Olímpico. Jean também receberia o vermelho no fim daquela partida.

Resultado: Dagoberto, assim como Borges e Jean, foi suspenso por três jogos pelo STJD e, sem o único jogador que poderia desequilibrar de fato na reta final do torneio nacional, o Tricolor ficou sem o tetra-hepta.

Pois logo na estreia no novo ano, o camisa 25 comete a mesma e velha bobagem. Bota a cabeça no lugar, Dagoberto! Além de cai-cai, fama que você luta para se livrar, os árbitros também o enxergarão como um atleta maldoso.

Na Libertadores, um erro como esse pode ser imperdoável. Depois da partida, Marcelinho Paraíba, André Dias e Rogério Ceni lamentaram a sua expulsão, Dagoberto. E a usaram para justificar, em parte, a derrota. Vê se acorda, porque futebol você sabe jogar.

No Rio, o Flamengo, desfigurado, ganhou sem convencer. Ontem, Botafogo e Vasco da Gama venceram no sufoco. Tanto lá quanto cá, é prematuro para fazer qualquer tipo de análise.

Não sou como Mauro Beting, que já tem na ponta da língua todos os campeões de 2010. Até da Copa do Mundo!!!

Atualização às 21h22

Assim como o Palmeiras, o Santos estreou contra “ninguém” e goleou o Rio Branco: 4 a 0. O engraçado é que os alviverdes ficaram irritados por causa do post de ontem. Menti em algum momento?

Depois do jogo, até o Muricy disse que o time precisa de reforços e não pode ficar iludido com o resultado. Até parece que ele leu o que escrevi antes da coletiva (será?). Não será por causa de chocolates aplicados “contra o vento” que definirei Verdão e Peixe como “máquinas” de jogar bola. Ambas as equipes têm um caminho longo para percorrer.

E como tem torcedor com mania de perseguição, não?! Credo!

Torcedor são-paulino: Dagoberto merece ser punido pela diretoria ou “apenas” um puxão de orelhas do sempre calmo Ricardo Gomes ficaria de bom tamanho? E Palmeiras e Santos ganharam do “vento” ou Mogi Mirim e Rio Branco deveriam estar envolvidos na disputa da Série A do Campeonato Brasileiro? Opine!!!

VEJA TAMBÉM
- Provável escalação do São Paulo para enfrentar o Internacional no Brasileirão
- São Paulo Mantém postura firme e exige pagamento da multa por Galoppo
- SECA DE GOLS! Atacante atravessa fase difícil sob comando de Zubeldía no São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 10 8

Comentários (13)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.