publicidade

+ Tricolor

Conselho do capitão

Rogério Ceni falou pela primeira vez dos casos envolvendo Oscar e Diogo, que entraram na Justiça contra o clube, e deu um conselho aos dois. Com quase 20 anos de casa, o capitão defendeu o Tricolor e pediu para os garotos repensarem o que fizeram. “Gosto muito dos meninos e sei que em algum momento temos alguém que nos representa. A palavra final, porém, é sempre nossa. Peço para pensarem no que estão fazendo, ainda dá tempo de voltar atrás. Todo mundo erra.”

A LG já foi...

Os jogadores trabalharam ontem pela manhã no CT da Barra Funda já sem o logotipo da empresa sul-coreana nos uniformes de treino. A parceria que começou em abril de 2001 foi encerrada oficialmente na sexta-feira à noite. A diretoria de marketing já conversa com três empresas interessadas em patrocinar o time. A Sony é uma delas. O Tricolor quer receber R$ 30 milhões por temporada pelo patrocínio principal da sua camisa e mais R$ 10 milhões pelas mangas.

Numeração

O clube divulgou ontem os números que os jogadores vão usar em 2010. Entre os reforços, Marcelinho Paraíba ficou com a 11, que era de Arouca. O volante, que ainda pode deixar o clube, herdou a 18 de Hugo. Léo Lima será o 27, número que usou no Palmeiras quando foi campeão paulista. Os zagueiros André Luís e Xandão ficaram com a 4 e 13, respectivamente. Carlinhos Paraíba ganhou a 26. Já Fernandinho jogará com a 12, com o goleiro Denis mudando para o 33. Os números 2 e 8 estão vagos.

VEJA TAMBÉM
- Provável escalação do São Paulo para enfrentar o Internacional no Brasileirão
- São Paulo Mantém postura firme e exige pagamento da multa por Galoppo
- SECA DE GOLS! Atacante atravessa fase difícil sob comando de Zubeldía no São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 14 8

Comentários (6)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.