publicidade

Oscar não aparece no São Paulo

Já Wellington e Henrique, que estiveram com o jogador disputando um torneio sub-19 pela seleção brasileira, treinaram normalmente

O meia Oscar deu nesta quinta-feira uma nova amostra que realmente não quer mais jogar no São Paulo. Após disputar um torneio pela seleção brasileira sub-19 no Uruguai, o atleta teria de se reapresentar na tarde desta quinta, no CT da Barra Funda, o que acabou não acontecendo. O atacante Henrique e o volante Wellington, que disputaram a mesma competição, se reapresentaram normalmente.


Oscar tenta judicialmente se livrar do contrato que o prende ao São Paulo até dezembro de 2012. O seu advogado, André Ribeiro, está estudando qual medida tomar. Ele, a princípio, quer antecipar a audiência de conciliação, que está marcada para o dia 15 de abril. Mas não está descartada a possibilidade de uma ação na Fifa contra o clube do Morumbi.


O lateral-esquerdo Diogo, que também processa o clube judicialmente, não deu as caras no clube pelo quarto dia consecutivo. O gerente jurídico do Tricolor, Edgard Galvão, já informou que os atletas terão os dias descontados nos salários.



Entenda os casos


Oscar entrou na Justiça contra o time do Morumbi no dia 18 de dezembro do ano passado. Ele alegou que, quando tinha 16 anos, foi coagido pelo São Paulo a assinar um contrato com validade de três anos, o que é proibido pela FIfa. O atleta ainda reclamou de estar com os salários e FGTS atrasados desde setembro de 2008.


Em primeira instância, o jogador foi vitorioso e conquistou a liminar que o tornava dono dos próprios direitos federativos Menos de uma semana após, o São Paulo conseguiu cassar essa liminar, o que fez com o que contrato do atleta, que acaba em dezembro de 2012, voltasse a ter validade.


No caso de Diogo, a ação foi impetrada na Justiça porque o jogador reclama que o clube deve um mês de salário no momento em que houve a assinatura de um novo contrato. Ele também alega falta de oportunidades na equipe. A audiência do lateral está marcada para o dia 28 de junho.



Tricolor se defende



No final da tarde, o São Paulo soltou uma nota oficial no seu site oficial dando a sua posição sobre os recentes casos dos atletas que entraram na Justiça.



O clube diz que cumpre todas as suas obrigações e que os jogadores estão sendo assediados por "agentes-empresários" que prestam interesses a grupos estrangeiros que no passado tentaram se infiltrar no futebol brasileiro. Como essas organizações foram repelidas pelo Poder Judiciário, esses empresários voltaram agora para levar atletas ao exterior. E, para finalizar, o Tricolor atesta que até nova decisão judicial, Oscar, Diogo e Lucas Piazon seguem com seus direitos federativos presos ao clube do Morumbi.

VEJA TAMBÉM
- Substituição de Rodrigo Nestor preocupa torcedores do São Paulo
- OUTRA DERROTA! São Paulo atua mal outra vez e é goleado pelo Vasco em São Januário
- Provávele escalação do São Paulo para enfrentar o Vasco no Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 7 17

Comentários (12)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.