publicidade

Rapidinhas do Tricolor

Homenagem - Não é apenas Richarlyson que exibe um novo visual no São Paulo. O zagueiro André Luis ficou meia hora diante do cabeleireiro para fazer um corte em homenagem a mãe, Zaida. "Desenhei o nome dela em japonês na parte de trás da cabeça. Ele me pediu essa 'tatuagem' na chegada ao São Paulo", contou.

Confiança - André Luis se mostrou otimista com a possibilidade de disputar a fase de grupos da Copa Libertadores da América - o jogador precisará cumprir seis jogos de suspensão porque mostrou um cartão amarelo ao árbitro Carlos Chandía, quando defendia o Botafogo na Copa Sul-americana de 2008. "Vamos ver com o departamento jurídico do São Paulo se há uma chance de reverter a punição. O objetivo é esse", afirmou.

Expectativa - O meio-campista Carlinhos Paraíba ficou empolgado com o ambiente que encontrou no São Paulo. "Se depender da recepção dos jogadores e dos dirigentes, serei o melhor jogador do campeonato", exagerou o atleta, que estava ansioso para chegar ao Morumbi. "O interesse existia desde o ano passado. Já estávamos conversando há algum tempo e, graças a Deus, agora deu certo", acrescentou.

Sem luz - Enquanto os jogadores do Tricolor corriam em campo na manhã deste sábado, sob iluminação natural, faltava energia no CT da Barra Funda. Um curto-circuito em um dos postes na rua em frente ao local causou o problema.

VEJA TAMBÉM
- Provável escalação do São Paulo para enfrentar o Internacional no Brasileirão
- São Paulo Mantém postura firme e exige pagamento da multa por Galoppo
- SECA DE GOLS! Atacante atravessa fase difícil sob comando de Zubeldía no São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 12 7

Comentários (5)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.