publicidade

Marcelinho é opção para a bola parada

Se Rogério Ceni não bater, meia deve cobrar as faltas

Marcelinho Paraíba cobra o escanteio, a bola atravessa a área e passa por Rogério ceni. O gol olímpico do Coritiba contra o São Paulo, em pleno Morumbi, no ano passado, teve como dois personagens principais jogadores que, agora, atuarão juntos com a camisa do Tricolor. Mais do que isso, dois atletas que contam com a qualidade e capacidade de, em uma batida de falta, resolverem uma partida.

- Sempre tive uma relação muito boa com o Rogério quando joguei aqui, e mesmo depois que saí, a amizade continuou. O Rogério tem seu peso no clube, todos sabem disso e, na hora das faltas, vamos combinar. Quem estiver melhor vai bater. Ele é o cobrador oficial, mas tenho que treinar e estar bem caso apareça alguma oportunidade - afirmou.

VEJA TAMBÉM
- Provável escalação do São Paulo para enfrentar o Internacional no Brasileirão
- São Paulo Mantém postura firme e exige pagamento da multa por Galoppo
- SECA DE GOLS! Atacante atravessa fase difícil sob comando de Zubeldía no São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 38 25

Comentários (17)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.