publicidade

Nova parceria de banco fortalecerá torcida e clube do São Paulo

"1972 Bank" é a novidade da Independente, principal organizada do Tricolor Imagem: Anderson Romao/AGIF A Independente, principal organizada do São Paulo, lançou hoje o 1972 Bank, primeiro banco vinculado à uma torcida no mundo. A iniciativa surgiu em parceria com a 2GO Bank, que é a fintech que desenvolveu o "Banco do Torcedor". Mais detalhes O 1972 Bank traz um "superapp" 100% financeiro, com uma conta digital e serviços como Pix, transferências e boleto. O nome tem relação com o ano de fundação de torcida. A ferramenta também oferece um cartão pré-pago que traz benefícios ao torcedor, como kits para jogos, experiências exclusivas e até pré-vendas para as caravanas da Independente. O projeto chegou à Independente por intermédio de Cyllas Elia, CEO da 2Go Bank. São-paulino, ele mostrou a ideia aos organizados, que gostaram e mergulharam no desenvolvimento. As receitas servirão para novos trabalhos da Independente, que também atua em comunidades além das operações envolvendo sócios e o próprio clube. Nosso primeiro objetivo é trazer o engajamento do torcedor. A gente fornece o tempo real das partidas, fala sobre os jogos dos campeonatos, tem notícias do clube, promoções exclusivas para quem é sócio da torcida... há várias vantagens para a pessoa que vive o futebol otimizar e estar engajado com o aplicativo. É um ciclo virtuoso: quanto mais o torcedor utiliza o aplicativo, mais ele tem benefício, e isso leva mais torcedor ao estádio, beneficiando o clube Cyllas Elia, ao UOL A meta dos responsáveis é atingir 200 mil clientes até o fim do ano — nas três primeiras horas de funcionamento, o superapp já angariou mais de 1500 pessoas. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por @1972bank Da organizada ao clube? Baby, presidente da Independente, abordou o desafio de integrar os torcedores a um mundo que foge das quatro linhas. O líder da organizada, inclusive, não descartou levar a ideia à diretoria do clube, já que o projeto "SPFC Bank" foi descontinuado no mês passado. O banco [do clube] foi descontinuado. O São Paulo Futebol Clube é dos 22 milhões de torcedores e não tenho problema algum, se esse nosso projeto der certo, em oferecer gratuitamente, para trazer subsídio para que o clube possa, no seu centenário, liquidar 100% das dívidas O que mais eles falaram? Quais as metas do 1972 Bank [Cyllas]: "Temos um objetivo de, pelo menos, até o fim do ano chegar a uma base de 200 mil clientes, que vão se beneficiar das experiências que a gente proporciona dentro do aplicativo E números financeiros a gente não etá divulgando por questões de acordo" Desafios do aplicativo [Cyllas]. "Nosso primeiro objetivo nessa operação é trazer engajamento do torcedor. É fazer com que o torcedor use o aplicativo. De que forma? Fornecemos dados em tempo real de partidas, dos jogos que estão acontecendo nos campeonatos, notícias do clube, promoções exclusivas para quem é sócio da torcida e para quem já utiliza o aplicativo". Há uma imagem da torcida organizada, como furar essa bolha? [Baby] "A sociedade nos enxergava, antigamente, como bandido, como marginais e hoje estamos dando exemplos tanto na parte social, quanto cultural e esportiva. Se hoje o São Paulo se tornou o verdadeiro clube do povo, o mais popular, essa transformação veio de fora para dentro. No momento que o São Paulo mais precisou, a torcida, ela foi na contramão do que todas as torcidas fizeram. E as nossas ações contribuem muito para essa mudança de patamar. Hoje, se você pegar a Independente, ela não está metida em violência, as ações são linkadas à sociedade". Como o aplicativo muda a imagem da torcida? [Cyllas] "Isso vem sendo desenvolvido ao longo de anos, essa imagem já vem sendo mudada de diversas formas. Por exemplo, hoje na própria sede da Independente, tem um trabalho social onde se ensina artes marciais, tem escola de bateria, projeto para levar as crianças para o estádio..." [Baby] "Lugar de criança é no estádio, com notas boas e presença escolar. Em todos os jogos do São Paulo Futebol Clube, disponibilizamos uma carga de 100 a 200 ingressos, que compramos no clube e entregamos gratuitamente para o pai e a criança. A criança que trouxer a presença escolar e o boletim, se estiver bem na escola, vai ter o direito de ir aos jogos do São Paulo, vai ter o direito de visitar o CT, tirar foto com os jogadores".

Torcedores da Independente antes de jogo do São Paulo na Libertadores - Imagem: Anderson Romao/AGIF

"1972 Bank" é a novidade da Independente, principal organizada do Tricolor Imagem: Anderson Romao/AGIF A Independente, principal organizada do São Paulo, lançou hoje o 1972 Bank, primeiro banco vinculado à uma torcida no mundo. A iniciativa surgiu em parceria com a 2GO Bank, que é a fintech que desenvolveu o "Banco do Torcedor". Mais detalhes O 1972 Bank traz um "superapp" 100% financeiro, com uma conta digital e serviços como Pix, transferências e boleto. O nome tem relação com o ano de fundação de torcida. A ferramenta também oferece um cartão pré-pago que traz benefícios ao torcedor, como kits para jogos, experiências exclusivas e até pré-vendas para as caravanas da Independente. O projeto chegou à Independente por intermédio de Cyllas Elia, CEO da 2Go Bank. São-paulino, ele mostrou a ideia aos organizados, que gostaram e mergulharam no desenvolvimento. As receitas servirão para novos trabalhos da Independente, que também atua em comununidades além das operações envolvendo sócios e o próprio clube. Nosso primeiro objetivo é trazer o engajamento do torcedor. A gente fornece o tempo real das partidas, fala sobre os jogos dos campeonatos, tem notícias do clube, promoções exclusivas para quem é sócio da torcida... há várias vantagens para a pessoa que vive o futebol otimizar e estar engajado com o aplicativo. É um ciclo virtuoso: quanto mais o torcedor utiliza o aplicativo, mais ele tem benefício, e isso leva mais torcedor ao estádio, beneficiando o clube Cyllas Elia, ao UOL A meta dos responsáveis é atingir 200 mil clientes até o fim do ano — nas três primeiras horas de funcionamento, o superapp já angariou mais de 1500 pessoas. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por @1972bank Da organizada ao clube? Baby, presidente da Independente, abordou o desafio de integrar os torcedores a um mundo que foge das quatro linhas. O líder da organizada, inclusive, não descartou levar a ideia à diretoria do clube, já que o projeto "SPFC Bank" foi descontinuado no mês passado. O banco [do clube] foi descontinuado. O São Paulo Futebol Clube é dos 22 milhões de torcedores e não tenho problema algum, se esse nosso projeto der certo, em oferecer gratuitamente, para trazer subsídio para que o clube possa, no seu centenário, liquidar 100% das dívidas O que mais eles falaram? Quais as metas do 1972 Bank [Cyllas]: "Temos um objetivo de, pelo menos, até o fim do ano chegar a uma base de 200 mil clientes, que vão se beneficiar das experiências que a gente proporciona dentro do aplicativo E números financeiros a gente não etá divulgando por questões de acordo" Desafios do aplicativo [Cyllas]. "Nosso primeiro objetivo nessa operação é trazer engajamento do torcedor. É fazer com que o torcedor use o aplicativo. De que forma? Fornecemos dados em tempo real de partidas, dos jogos que estão acontecendo nos campeonatos, notícias do clube, promoções exclusivas para quem é sócio da torcida e para quem já utiliza o aplicativo". Há uma imagem da torcida organizada, como furar essa bolha? [Baby] "A sociedade nos enxergava, antigamente, como bandido, como marginais e hoje estamos dando exemplos tanto na parte social, quanto cultural e esportiva. Se hoje o São Paulo se tornou o verdadeiro clube do povo, o mais popular, essa transformação veio de fora para dentro. No momento que o São Paulo mais precisou, a torcida, ela foi na contramão do que todas as torcidas fizeram. E as nossas ações contribuem muito para essa mudança de patamar. Hoje, se você pegar a Independente, ela não está metida em violência, as ações são linkadas à sociedade". Como o aplicativo muda a imagem da torcida? [Cyllas] "Isso vem sendo desenvolvido ao longo de anos, essa imagem já vem sendo mudada de diversas formas. Por exemplo, hoje na própria sede da Independente, tem um trabalho social onde se ensina artes marciais, tem escola de bateria, projeto para levar as crianças para o estádio..." [Baby] "Lugar de criança é no estádio, com notas boas e presença escolar. Em todos os jogos do São Paulo Futebol Clube, disponibilizamos uma carga de 100 a 200 ingressos, que compramos no clube e entregamos gratuitamente para o pai e a criança. A criança que trouxer a presença escolar e o boletim, se estiver bem na escola, vai ter o direito de ir aos jogos do São Paulo, vai ter o direito de visitar o CT, tirar foto com os jogadores".


VEJA TAMBÉM
- São Paulo se vinga do Cruzeiro e negocia com Thiago Mendes, entenda
- Corinthians e São Paulo empatam em clássico com atuação de destaque de Lucas
- Corinthians e São Paulo: informações e prováveis escalações para o clássico brasileiro


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 20 3

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.