publicidade

Zubeldía destaca importância do processo de desenvolvimento de jovens no São Paulo

Técnico do São Paulo e atual atacante do Fluminense trabalharam juntos no Lanús. Luis Zubeldía, do São Paulo, citou o ex-comandado Germán Cano ao falar sobre as oscilações de jovens após o empate sem gols contra o Barcelona-EQU, em jogo válido pela Libertadores na noite desta quinta-feira (16) — os argentinos trabalharam juntos em 2011, quando o goleador do Fluminense começava sua carreira como jogador e o comandante do Tricolor iniciava como técnico. Passei por isso com Cano, no Lanús. Os atacantes, ás vezes, erram gols e amadurecem depois de um processo. Foi o que passou com Cano, que hoje é um dos maiores goleador do Brasileirão. Perguntem a ele sobre esse processo. Claro que se espera gols dos atacantes, mas é preciso entender que, às vezes, isso não é tudo. O movimento e o espaço que os atacantes podem gerar, como neste caso o Juan, que joga comigo, são coisas boas Luis Zubeldía, em entrevista coletiva O que mais ele falou? Empate sem gols. "Claro que sempre que jogamos em casa queremos ganhar, porque há muitos torcedores, queremos ganhar por eles e terminar 1° no grupo. Tivemos chances, mas conversava com minha comissão antes e dizia que a Libertadores e a Sul-Americana funcionam em processos. As diferentes equipes têm diferentes características, às vezes as equipes vão mudando, você precisa jogar por dentro, por fora, sofre muitas faltas... são situações que você pode aproveitar até na bola parada. As equipes vão cortar o jogo. A equipe circulou bem a bola e por alguns momentos estivemos um pouco desesperados, mas às vezes conectamos bem. Isso vai servir muito para o processo da Libertadores." Ferreirinha. "Eu o coloquei aberto na ponta para que ele tivesse o um contra um com o Welington atacando pelo lado. A conexão gerou movimentos e profundidade, só faltou ser mais eficiente na área." Classificação e jogos Libertadores Ferreirinha tenta fazer a jogada durante São Paulo x Barcelona-EQU, duelo da Libertadores Imagem: RICARDO MOREIRA/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Tempo após paralisação do Brasileirão. "É melhor ter mais tempo porque descansamos um pouco, com os treinamentos podemos equilibrar o grupo e deixar todos com a forma física adequada. Não sei o quanto de treinos vamos ter, ainda não olhei, mas é uma etapa onde vamos tratar de trabalhar e de jogar da melhor maneira a Copa do Brasil, para depois jogar contra o Talleres." Lucas. "Estava planejado para ele jogar entre 20 e 30 minutos. Ele pode fazer qualquer um dos três setores: direita, centro ou esquerda. Dependendo da situação, tomo a decisão, mas ele faz bem qualquer uma. Sobre a parte defensiva, quando ele entrou, não fez tanta diferença porque os laterais deles já estavam cansados, então não havia tanto problema com a marcação. Veremos, quando ele puder ser titular, onde podemos colocar. Em qualquer uma das três, ele se equilibra. O importante é que ele esteja disponível." Lucas entrou no 2° tempo de São Paulo x Barcelona-EQU e voltou a atuar após quase dois meses Imagem: MARCELO ESTEVãO/ATO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO James. "Não há nada pessoal com nenhum jogador. Estamos muito comprometidos nos jogos do São Paulo, e a partir do que vejo tomo a melhor decisão para a equipe, nada mais que isso." Saída de três na defesa. "Vamos variando. Gosto da saída de três porque o lateral fica mais junto do ataque, isso permite fazer uma saída mais segura e com espaços abertos. Teremos que encontrar novos recursos. É parte do processo, há muitos jovens que estão jogando a Libertadores pela primeira vez. Sobre a saída, vamos variando." Barcelona-EQU fechado. "Sempre respeito meus rivais, ainda mais o Barcelona porque trabalhei lá e sempre me trataram bem. Na Libertadores, sabemos que os rivais tratam de te surpreender com distintas situações de jogo. Sinto que tivemos várias chances claras, mas não conseguimos completá-las. Merecíamos ganhar, mas não conseguimos fazer."

Ferreirinha tenta fazer a jogada durante São Paulo x Barcelona-EQU, duelo da Libertadores
Imagem: RICARDO MOREIRA/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Técnico do São Paulo e atual atacante do Fluminense trabalharam juntos no Lanús Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF

Técnico do São Paulo e atual atacante do Fluminense trabalharam juntos no Lanús
Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF

VEJA TAMBÉM
- São Paulo se vinga do Cruzeiro e negocia com Thiago Mendes, entenda
- Corinthians e São Paulo empatam em clássico com atuação de destaque de Lucas
- Corinthians e São Paulo: informações e prováveis escalações para o clássico brasileiro


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 1

Comentários (3)
17/05/2024 06:16:19 Fabiano

O pior e que toda bola pra matar o jogo acaba nos pés dele,muito ruim esse Ruan

bronze
17/05/2024 05:36:56 TS

Em 2035 Juan vai estar voando!

bronze
17/05/2024 02:21:41 GOISSILVA

EI, JUAN, VAI TOMAR NO CU!!!!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.