publicidade

Evolução do São Paulo e responsabilidade de Carpini pelo mau momento

Thiago Carpini reconhece erros e assume responsabilidade pela derrota do São Paulo na estreia do Brasileirão.

O São Paulo estreou no Campeonato Brasileiro de 2024 com o pé esquerdo. Na noite deste sábado, os comandados de Thiago Carpini perderam do Fortaleza, por 2 a 1, no Estádio do Morumbis. Após a partida, o treinador apontou uma evolução na sua equipe, mas pontuou erros recorrentes e assumiu a culpa pelo momento do time.

"A queda é nítida. No segundo tempo, se conseguíssemos manter o mesmo padrão de competitividade. O detalhe que move o futebol, que faltou no primeiro tempo foi o gol. Acho que se sai ali seria um outro cenário. Merecíamos mas não aconteceu."

No segundo tempo, a gente sofreu com essa queda de concentração, acho que tem um aspecto da ansiedade, emocional, de querer fazer. Por mais que se trate de um início de uma nova competição, é a primeira rodada de 38. Uma competição longa que precisamos de constância. isso foi muito falado nesse período.

É preciso jogar bem, pontuar. Temos que estar bem em todas as competições, temos que buscar a vitória em todos os momentos. Caímos de produção no segundo tempo, o nível de atenção, concentração. Tínhamos superioridade no momento do gol.

"Espero que esse momento ruim passe logo e que as vitórias voltem. No momento negativo, é difícil pontuar coisas boas, parece que está se defendendo, mas existe uma evolução, o primeiro tempo mostrou isso. Mas, o resultado final foi a derrota e o torcedor está chateado, assim como nós", seguiu.

O Tricolor atravessa um momento conturbado na temporada. Nos últimos quatro jogos, são duas derrotas - uma pela Libertadores e outra pelo Brasileiro, ambas em estreias - uma vitória, e uma eliminação, nas quartas de final do Campeonato Paulista para o Novorizontino.

A responsabilidade é voltada ao treinador e não me incomodo com isso. Eu quero que os jogadores estejam tranquilos, em paz, felizes para trabalhar e desenvolver o que precisa, com melhorar e parcelas de responsabilidade, mas a gente trata isso internamente", continuou o treinador.

É difícil nesse momento pedir paciência para o torcedor do São Paulo. Um torcedor que faz uma festa linda no Morumbi. Hoje mais de 35 mil pessoas. Fantástico. A gente fica cada vez mais chateado por não dar a resposta que gostaríamos.

O São Paulo, sem somar ainda nenhum ponto no Brasileirão, enfrenta o Flamengo na segunda rodada da competição. O compromisso agora é no Maracanã, na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).


VEJA TAMBÉM
- São Paulo interessado: Matheus Henrique pode definir futuro em breve
- VAI REFORÇAR O TIME? Zubeldía que contar com craque no ataque da São Paulo na Libertadores
- GANHANDO DESTAQUE! Meia do tricolor ganha destaque e se torna peça chave para Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 4 3

Comentários (1)
14/04/2024 12:37:55 Sergio Gandini

O time do São Paulo esta em decadência.O time esta regredindo jogo após jogo. Ninguém dá aquilo que não tem, Carpino não tem nada a oferecer, há não ser esta vergonha..

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.