publicidade

Dorival corta Pato pelo terceiro jogo no São Paulo, e renovação de atacante fica mais distante

O atacante Alexandre Pato foi cortado do jogo contra o Coritiba, na última quarta, pelo Brasileiro, quando o São Paulo entrou em campo com reservas. É a terceira vez nas últimas quatro partidas que o jogador não fica nem no banco.

Antes, já não tinha sido relacionado nos dois jogos contra o Flamengo pela final da Copa do Brasil.

A preferência do técnico Dorival Júnior por outros jogadores deixa distante a renovação de contrato de Pato com o São Paulo.

O atacante tem vínculo só até dezembro. O acordo não prevê cláusulas de renovação automática, apenas bônus financeiros por metas estabelecidas.

Pato chegou ao São Paulo no meio da temporada quando estava livre no mercado após o término de seu acordo com o Orlando City, dos EUA. Ele recebe um salário considerado baixo, além dos bônus previstos.

Querido pela torcida, Pato não convenceu Dorival ainda. Ele tem 10 jogos, só um como titular – contra o Flamengo, pelo Brasileiro, quando o técnico escalou reservas.

Na decisão da Copa do Brasil, domingo, no Morumbi, Dorival preferiu levar para o banco os atacantes David e Juan, além de Luciano, que é um dos protagonistas do elenco. Nos jogos mais importantes da temporada, só entrou contra o San Lorenzo, na Argentina, pelas oitavas da Sul-Americana.

Pato chegou a cobrar mais tempo em campo após a derrota para o América-MG por 2 a 1, em que fez um gol:

– Cria alguma ansiedade de jogar, queria mais minutos também, mas quem decide é o professor. Tenho que aproveitar minhas chances. Tenho trabalhado forte para estar ali quando as oportunidades aparecerem – disse.

A reclamação deu pouco resultado. Desde então, ele entrou contra Internacional e Fortaleza, em ambos por volta dos 35 minutos do segundo tempo.

Contra o Coritiba, Dorival escalou o ataque com Juan e Luciano, com David e Calleri no banco.

– Pato continua trabalhando, intensificando, e quando eu achar que preciso colocar ele... Eu sempre gostei muito do atleta, não tem outra forma de pensar. Nesse momento estou priorizando quem, na minha visão, está um pouco à frente e tentando extrair o melhor – justificou o treinador.




VEJA TAMBÉM
- EMPATE FORA DE CASA! São Paulo não mantém sequência de vitórias e tem prejuízos na sequência do Brasileirão
- Respondeu: Pretensão de contratação do Santos de contratar Ferraresi recebe resposta do São Paulo
- Provável Escalação do São Paulo para Enfrentar o Juventude


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 17 7

Comentários (30)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.