publicidade

"Nunca me senti tão humilhado em 35 anos de devoção ao clube"

Muitos são-paulinos reclamando da dificuldade de comprar ingressos para o jogo do Água Santa. Abaixo, o depoimento do Marcelo Cavalcanti



Meu nome é Marcelo Cavalcanti e Silva Neofiti, tenho 42 anos e desde 1999 faço parte do programa sócio torcedor de forma interrupta, indo a todos os jogos. E hoje meu plano do programa é o Diamante.

Até o início da gestão Júlio Casares, o plano de sócio torcedor tinha um ranking onde privilegiava o torcedor que ia em todos os jogos. Assim a prioridade era dado com o cruzamento de assiduidade com valor pago pelo plano. Isso mudou, hoje a prioridade acontece levando em conta somente o valor que paga no plano. Quanto mais alto o valor mais prioridade.

Confesso que nunca tive problemas para comprar ingresso, mas sempre ouvi relatos de problemas. E finalmente aconteceu comigo. O clube anunciou início das vendas par ao jogo contra o Água Santa no dia 10/03 as 20h, e exatamente nesse horário entrei no site.

A partir daí começou o calvário, das 20h até às 4h da madrugada inúmeras tentativas e nada, com mensagens diversas desde que eu já tinha ingresso até produto indisponível.

Voltei a tentar novamente as 6h e nada mudou. E desde as 8h da manhã tento contato com a central de atendimento e ninguém atende. Sem falar em inúmeras tentativas de contato pelas redes sociais, nenhum contato ou assistência.

Depois de tanto tentar, consegui comprar ingresso, no valor total, sem poder usufruir do desconto que o Sócio Torcedor me confere.

Novamente quero deixar bem claro que em nenhum momento eu tive algum apoio tanto do clube, quanto do site, e muito menos do programa sócio torcedor, que tem rede social própria e um canal de atendimento que simplesmente não atende.



Nunca me senti tão humilhado nesses 35 anos de arquibancada e de devoção ao clube. E o que sempre me deixou chateado é que eu sou sócio desde o primeiro dia do programa e nem isso eu consigo provar pois eles simplesmente não tem cadastro antigo. Muda a gestão e começa tudo do zero. Nenhum privilégio ou gratidão por ter me dedicando tanto ao clube. Não quero prêmio, não quero camarote, só reconhecimento de ter o privilégio de comprar meu ingresso de forma tranquila, é o mínimo que se espera e na verdade é o que eu mais quero. Só quero ver o jogo em paz.

humilhado, devoção, clube

VEJA TAMBÉM
- Muricy expõe motivos do insucesso de James no São Paulo
- VAI PERMANECER? Titular do São Paulo fala sobre propostas para saída do tricolor
- NÃO JOGA MAIS?? Zubeldía explica ausência de James Rodríguez em sua escalação


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 113 13

Comentários (18)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.