publicidade

Rapidinhas do Tricolor

Sem polêmica: O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, preferiu não entrar em atritos em função das flores que o clube recebeu de uma torcida uniformizada do Palmeiras. “Eu gosto de flores. Se vocês (jornalistas) forem ao meu gabinete, verão que há flores amarelas”.

Boca fechada: Questionado sobre as últimas punições que o STJD impôs a jogadores de Grêmio e Botafogo, Muricy Ramalho preferiu se esquivar do assunto. “Na última vez em que falei de tribunal, eles me chamaram lá. Acho melhor eu ficar quieto”.

Nas mãos do presidente: Eleito vereador na cidade de São Paulo, o superintendente de futebol do Tricolor, Marco Aurélio Cunha, ainda não sabe se seguirá ocupando o cargo no clube a partir do próximo ano. “Eu deixo a decisão para o presidente (Juvenal Juvêncio)”, afirmou o dirigente, que acredita ser possível conciliar as funções.

VEJA TAMBÉM
- Jornalista afirma que Muricy vai "ter que engolir" Zubeldía
- Luis Zubeldía é o novo técnico do São Paulo
- Direção faz reunião com treinador e fica próximo de acordo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 6

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.