publicidade

Assessora é exonerada do Ministério da Igualdade Racial após criticar torcida do São Paulo

O Ministério da Igualdade Racial anunciou nesta terça-feira que Marcelle Decothé foi exonerada do cargo de Chefe da Assessoria Especial após criticar a torcida do São Paulo em suas redes sociais, no último domingo, durante a final da Copa do Brasil .

Nos stories de seu Instagram, Marcelle reclamou da "torcida branca" do São Paulo. Ela, que é torcedora do Flamengo, estava no Morumbi para acompanhar a ministra Anielle Franco na assinatura de um protocolo do Governo Federal contra o racismo no esporte.

"Torcida branca, que não canta, descendente de europeu safade... Pior tudo de pauliste", escreveu a ex-assessora.

Publicação de Marcelle Decothé no Instagram (Foto: Reprodução)

Por meio de suas redes, o Ministério informou o desligamento da profissional e disse que as manifestações públicas da servidora estão em evidente desacordo com as políticas e objetivos da pasta. Mais cedo, o presidente do clube tricolor, Julio Casares, rebateu o post de Marcelle .

"O Ministério da Igualdade Racial reafirma seu compromisso inegociável com a promoção de direitos e com a igualdade étnico-racial, a partir de princípios como a transparência e o cuidado", publicou o Ministério em sua conta oficial no Instagram e no Twitter.

O São Paulo empatou com o Flamengo na final, por 1 a 1, resultado que garantiu o título inédito da Copa do Brasil à equipe paulista. Com isso, o Tricolor ganhou uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Veja, na íntegra, o texto publicado pelo Ministério:

"O Ministério da Igualdade Racial reafirma seu compromisso inegociável com a promoção de direitos e com a igualdade étnico-racial, a partir de princípios como a transparência e o cuidado.

Com nove meses de atual gestão e um legado de luta de muitas e muitos que constroem as políticas de enfrentamento ao racismo no país, reerguemos a agenda de ações afirmativas e colocamos em prática medidas fundamentais de inclusão e valorização da população negra.

Esta é uma luta que se configura como compromisso de governo e política de Estado, por isso seguiremos realizando as transformações sociais que a sociedade brasileira e os povos negros, quilombolas e ciganos almejam, prezando pela boa conduta das servidoras e servidores que compõem o nosso quadro.

De acordo com esses princípios, e para evitar que atitudes não alinhadas a esse propósito interfiram no cumprimento de nossa missão institucional, informamos que Marcelle Decothé da Silva foi exonerada do cargo de Chefe da Assessoria Especial deste Ministério na data de hoje. As manifestações públicas da servidora em suas redes estão em evidente desacordo com as políticas e objetivos do MIR.

Recém-instalado pelo Ministério, o Comitê de Integridade, Transparência, Ética e Responsabilização - instância interna de debate e deliberação sobre situações que envolvam temas de transparência, integridade pública, ética e questões disciplinares de caráter abrangente – vai investigar o caso e atuar para prevenir ocorrências que contrariem os princípios norteadores da missão do Ministério"

Deixe seu comentário

VEJA TAMBÉM
- ONDE ASSISTIR: Vasco x São Paulo pelo Brasileirão
- Vai sair? Titular comenta possibilidade de transferência para o Cruzeiro
- Zubeldía reconhece desempenho ruim, justifica time no banco e revela lesão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 18 3

Comentários (10)
27/09/2023 06:41:23 Carlos Constantino

Começa pelo Presidente da República, lixo, depois vem esses cariocas que odeiam Paulista, enfim vão tomar no cu

26/09/2023 21:33:55 Carlos Benenuto

E essa "MINISTRE" DI "ARAQUE" continua? Essa "Ministre" esteve em Moçambique e disse q os problemas no Brasil são causados pela população branca! Isso não é Ódio?

26/09/2023 21:29:11 Paschoal Fortunato

Nao confunda lado esquerdo ou direito para qualificar uma pessoa. Ela foi racista indiferente da posição política. É uma despreparada, triste está moça.

26/09/2023 20:40:17 spfclima

É a turminha do "amor" do "ódio do bem" então não vai dar em nada, só maquiou a situação pois, vai continuar lá mamando na teta. O pior é que esta patota estavam lá justamente para assinar um tal de protocolo da CBF contra o preconceito e olha só quem foi a preconceituosa kkkkkkk. O bom é que serão 4 anos de mtas máscaras caindo, dessa turminha ai e por sinal, os acéfalos que os defendem se esconderam; cadê agora? Cadê os imbecis esquerdalhas, que ficam aqui querendo se aparecer?? KKKKKKK

26/09/2023 19:54:17 Paulo Bertin

Racista.

26/09/2023 19:49:01 Celso Fonseca

muita vela pra pouco defunto

26/09/2023 19:18:35 Aguinelo Barbosa

se essa moça queria aparecer ela conseguiu porque esse APP ao invés de nós trazer notícias do São Paulo vem trazer notícias de uma flamenguista racista que eu nem sabia que existia e mesmo sabendo não acrescentaria nada na minha vida nem na vida de ninguém do clube.

bronze
26/09/2023 19:16:01 MANO/spfc

Militonta. Aposto que torce para o time do curica

26/09/2023 19:11:16 thiagopraxsp

Existe ate ministério disso? Pqp

bronze
26/09/2023 18:48:26 TRIMUNDIAL_79

Ok essas informações normalmente passam uma impressão de q o caso foi resolvido, sem resolver completamente.
Ela foi "exonerada" do cargo de "Chefe", mas não ficou claro se vai haver alguma punição maior, como suspensão ou demissão. Certamente continuará lá.
A palavra "exonerar" parece muito pior do q é na prática.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.