publicidade

Na era Abel, Palmeiras e São Paulo se enfrentam no quinto mata-mata

Como aconteceu no ano passado, Palmeiras e São Paulo foram sorteados em um confronto da Copa do Brasil. Se na edição anterior o clássico foi válido pelas oitavas de final, desta vez o Choque-Rei será disputado pelas quartas de final.

Isso ficou definido no sorteio realizado, nesta tarde, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Depois de serem conhecidos os duelos das quartas de final, o mando de campo deu São Paulo, abrindo a disputa no Morumbi, que deve ser no dia 5 de julho, e, na semana seguinte, no dia 12 ou 13, o Palmeiras recebe o Tricolor, no Allianz Parque.

Sobraram polêmicas no encontro de 2022. Depois de perder por 1 a 0 como visitante, o Palmeiras chegou a ficar com a vaga na mão ao abrir 2 a 0. Poderia ter feito o terceiro, mas Raphael Veiga desperdiçou a cobrança de pênalti.

Na sequência, em um lance que vai ser discutido eternamente, o São Paulo buscou o empate com o pênalti sofrido por Calleri. Na origem do lance, após o lançamento de Miranda, o atacante argentino estava em posição duvidosa.

Porém, o árbitro Leandro Vuaden, que não havia marcado o pênalti na disputa de Calleri com Gustavo Gómez, ao ser chamado pelo árbitro de vídeo, analisou apenas o lance que foi favorável ao São Paulo, que diminuiu o marcador, na cobrança de Luciano, e levou a decisão para as penalidades, vencida pelos são-paulinos por 4 a 3.

O problema é que o primeiro lance não foi sequer citado pela arbitragem, o que revoltou os palmeirenses. Restou ao clube apenas marcar posição e reclamar através de ofício, tanto do lance de um possível impedimento quanto da falta de Gustavo Gómez, que, segundo a diretoria, é quem sofreu a infração.

Dias depois, a CBF admitiu que houve erro ao não ser analisado o lance de um possível impedimento e afastou os árbitros de vídeo Émerson de Almeida Ferreira e Marcus Vinicius. Pressionada a revisar o lance, na semana seguinte, a CBF informou que tinha a imagem da jogada, mas por problemas técnicos não poderia traçar as linhas para determinar se Calleri estava ou não impedido.

No ano passado, além do mata-mata da Copa do Brasil, Palmeiras e São Paulo se enfrentaram na final do Campeonato Paulista. Dono da melhor campanha, o Verdão jogou no Morumbi e perdeu por 3 a 1. Na volta, no Allianz Parque, venceu por 4 a 0, no primeiro Estadual de Abel Ferreira e sua comissão técnica portuguesa.

Em 2021, no seu primeiro Paulistão, o Tricolor, então comandado pelo argentino Hernán Crespo, levou a melhor. Após empate sem gols no Allianz Parque, o São Paulo aproveitou o mando de campo e venceu por 2 a 0. As duas equipes voltaram a se enfrentar nas quartas de final da Libertadores daquele ano, com o Palmeiras levando a melhor.

Esta será a terceira vez que o Choque-Rei será válido pelo mata-mata da Copa do Brasil. Além do ano passado, o São Paulo eliminou o Palmeiras, com duas vitórias, no antigo Palestra Itália. Na ocasião, o Tricolor se classificou para a semifinal, eliminou o Atlético-MG e chegou à decisão, mas na final perdeu para o Cruzeiro.

Vale lembrar que, dos quatro grandes do futebol paulista, o São Paulo é o único que não tem o título da competição. O Palmeiras está em busca do seu quinto título.


VEJA TAMBÉM
- Vai sair? Titular comenta possibilidade de transferência para o Cruzeiro
- Zubeldía reconhece desempenho ruim, justifica time no banco e revela lesão
- Cuiabá surpreende, vence São Paulo e derruba invencibilidade de Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 7 1

Comentários (3)
06/06/2023 20:40:31 Evaldo Tadeu

que se foda a história vamos eliminar essa porcada maldita!!!!!

06/06/2023 20:27:20 Heraldo Febraio

MARMELADA QUEREM FUDER O SÃO PAULO

06/06/2023 18:50:48 Elton Jones silva morais

Títulos só pras Pepas ????????????????

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.