publicidade

Análise: São Paulo sofre no 1ºT, mas arranca, na raça, merecida vitória no Morumbi

O São Paulo sofreu no primeiro tempo, mas conseguiu vencer mais uma partida sob o comando de Dorival Júnior neste...

O São Paulo sofreu no primeiro tempo, mas conseguiu vencer mais uma partida sob o comando de Dorival Júnior neste sábado, batendo o Goiás, de virada, por 2 a 1, com direito a gol nos acréscimos do segundo tempo, levando os mais de 45 mil torcedores que compareceu ao Morumbi à loucura.

O Tricolor teve alguns problemas na primeira metade do jogo, sobretudo depois de o Goiás ter aberto o placar. Tendo de correr atrás do prejuízo, o São Paulo se jogou para o ataque de forma desorganizada, correndo alguns riscos desnecessários - os visitantes só não ampliaram o marcador porque o goleiro Rafael estava em noite iluminada (novamente).

Na etapa complementar o São Paulo voltou mais organizado e ciente do que tinha que fazer para sair de campo com a vitória. Não demorou para a equipe empatar o jogo com Pablo Maia e, embora a virada parecia cada vez mais próxima, ela só saiu no apagar das luzes, graças a um herói improvável.

David, que não jogava desde o dia 15 de abril, quando se lesionou contra o Botafogo, na estreia do São Paulo no Campeonato Brasileiro, voltou a entrar em campo neste sábado e, aos 46 minutos do segundo tempo, estufou as redes aproveitando a falha da defesa do Goiás ao tentar afasta a cobrança de escanteio de Wellington Rato.

Mesmo com pouco tempo para treinamentos e diversos desfalques por lesão, Dorival Júnior tem um início de trabalho no São Paulo que nem o mais otimista dos tricolores imaginava. Os torcedores, satisfeitos com o desempenho da equipe, vêm correspondendo lotando o Morumbi a cada partida, fortalecendo essa "lua de mel".

Com 11 jogos de invencibilidade sob o comando de Dorival Jr, sendo sete vitórias e quatro empates, com 18 gols marcados e apenas cinco sofridos, o São Paulo começa a almejar voos maiores na temporada. O time dormiu no G4 do Campeonato Brasileiro após bater o Goiás e tem as classificações na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana encaminhadas.

Passado um primeiro trimestre frustrante com Rogério Ceni no comando do São Paulo, amargando a eliminação precoce nas quartas de final do Campeonato Paulista para o Água Santa e um futebol aquém das expectativas, o torcedor voltou a ser feliz.


VEJA TAMBÉM
- Vai sair? Titular comenta possibilidade de transferência para o Cruzeiro
- Zubeldía reconhece desempenho ruim, justifica time no banco e revela lesão
- Cuiabá surpreende, vence São Paulo e derruba invencibilidade de Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 31 1

Comentários (5)
29/05/2023 08:15:33 Sergio Gandini

O time só não pode jogar com Diego e Allan Franco juntos, não se sabe quem é o pior, mas o importante é que o time voltou a vencer seus adversários conforme tabela, coisas que não acontecia com o Mico Ceni..

29/05/2023 06:18:17 Jorge Sato

É isso aí. Se não vai na técnica/tática, vai na raça

28/05/2023 18:49:48 Jonas Alfredo Silvano

agora começa vir as encrencas..q até agora foi só baba...

28/05/2023 18:15:13 Leandro Pinheiro Borges

se faltar beraldo ou arboleda no time a zaga fica fraca . acredito que o único que consegue substituir eles seria o ferraresi .

28/05/2023 15:16:42 jose souza

Sem arboleda bola área fica frágil, este allan franco é muito mole pra zagueiro

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.