publicidade

Dorival Júnior contém empolgação com série invicta e pede cautela ao São Paulo

Treinador afirma que ainda quer aprimorar trabalho no comando da equipe e exalta elenco após vitória de virada sobre o Goiás, por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro

spfc dorival
Foto: Reprodução/Twitter @SaoPauloFC / Estadão


São 12 jogos de invencibilidade, liderança do seu grupo na Copa Sul-Americana, uma bela reação na tabela do Brasileirão e uma situação favorável na Copa do Brasil. Por tudo isso, a tarefa de Dorival Júnior não tem se restringido a comandar treinos e escalar o time do São Paulo. O treinador agora também tem a tarefa de conter a empolgação do seu elenco e da torcida diante da grande fase vivida pela equipe.




"Estou tranquilo porque do céu para o inferno tem só um palmo de distância. Não é uma vitória que vai me tirar os pés do chão. Não é uma derrota que vai me causar um transtorno. Já vivi isso "n" vezes. Sei que só vamos conseguir alcançando resultado se tivermos consciência do que estamos fazendo. Queremos fazer ainda muito mais e melhor", declarou o treinador.


Ao vencer o Goiás por 2 a 1, neste sábado, no Morumbi, o time paulista chegou ao 12º jogo de invencibilidade, por diferentes competições. São oito vitórias e quatro empates. A boa série de jogos fez o São Paulo apresentar boa reação na tabela. O time dorme na terceira colocação da tabela, com boas chances de terminar a rodada dentro do G-4.


"Teremos que estar acrescentando a todo instante. Os jogadores estão entendendo (a proposta), estão correndo até o último minuto. A entrega tem sido impressionante e é isso que me satisfaz. Independente do resultado, a forma como estamos jogando, organizados, na maioria das segundas bolas, estávamos em cima delas, já iniciando processo de ataque. Isso, para mim, é prazeroso", comentou Dorival.


O treinador exaltou o elenco do São Paulo porque tem recorrido aos reservas com frequência, em razão das seguidas lesões na equipe. Neste sábado, por exemplo, o gol da virada e da vitória foi marcado por David, que voltou ao time após se recuperar de contusão e entrou somente no segundo tempo.


"Tem sido decisivo e fundamental os jogadores que estão vindo do banco. Isso para mim não tem preço, todos estão preparados e ansiosos por estarem lá dentro e terem o seu momento. Isso tem feito a diferença, estamos decidindo muitos jogos com jogadores vindos de fora."


"Estou tranquilo porque do céu para o inferno tem só um palmo de distância. Não é uma vitória que vai me tirar os pés do chão. Não é uma derrota que vai me causar um transtorno. Já vivi isso "n" vezes. Sei que só vamos conseguir alcançando resultado se tivermos consciência do que estamos fazendo. Queremos fazer ainda muito mais e melhor", declarou o treinador.


Ao vencer o Goiás por 2 a 1, neste sábado, no Morumbi, o time paulista chegou ao 12º jogo de invencibilidade, por diferentes competições. São oito vitórias e quatro empates. A boa série de jogos fez o São Paulo apresentar boa reação na tabela. O time dorme na terceira colocação da tabela, com boas chances de terminar a rodada dentro do G-4.


"Teremos que estar acrescentando a todo instante. Os jogadores estão entendendo (a proposta), estão correndo até o último minuto. A entrega tem sido impressionante e é isso que me satisfaz. Independente do resultado, a forma como estamos jogando, organizados, na maioria das segundas bolas, estávamos em cima delas, já iniciando processo de ataque. Isso, para mim, é prazeroso", comentou Dorival.


O treinador exaltou o elenco do São Paulo porque tem recorrido aos reservas com frequência, em razão das seguidas lesões na equipe. Neste sábado, por exemplo, o gol da virada e da vitória foi marcado por David, que voltou ao time após se recuperar de contusão e entrou somente no segundo tempo.



"Tem sido decisivo e fundamental os jogadores que estão vindo do banco. Isso para mim não tem preço, todos estão preparados e ansiosos por estarem lá dentro e terem o seu momento. Isso tem feito a diferença, estamos decidindo muitos jogos com jogadores vindos de fora."



VEJA TAMBÉM
- RETORNO DE ASTRO? Em baixa na Europa, São Paulo sonda situação de joia da base que dá resposta
- VAI PRO RIVAL? Chegada de James Rodríguez a um rival após rescisão com São Paulo tem aprovação da torcida
- A CAMINHO DO RIVAL? São Paulo e Corinthians buscando a contratação de meia do Santos


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 25 0

Comentários (2)
28/05/2023 12:25:03 joel eugenio

Dorival e o cara , Sao Paulo merecia um treinador a altura , exelente trabalho Doriva , pra cima tricolor

28/05/2023 08:03:27 Naelson Silva

eu sempre falei que o nosso time não é um timaço mas não é um time tão ruim assim. o nosso problema sempre foi o técnico que nunca foi humilde pra assumir todos os seus erros que foram bastante a culpa era sempre dos jogadores e não é verdade. agora temos um técnico de verdade e ai está a diferença dale Dorival Júnior

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.