publicidade

Análise: planejamento de Dorival funciona, e São Paulo vence "descansando" na Venezuela

Dorival Júnior orienta os jogadores do São Paulo diante do Puerto Cabello — Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Quem se acostumou com as escalações de Dorival Júnior no São Paulo percebeu uma mudança importante para o jogo de terça-feira contra o Puerto Cabello, na Venezuela, pela Sul-Americana. Jovens como Rodriguinho, Patryck e Juan ganharam espaço entre os 11, enquanto os mais experientes "descansaram" na vitória por 2 a 0 sobre os venezuelanos, que aproxima o time da próxima etapa do torneio.

O termo descanso precisa ser registrado entre aspas por causa da logística complicada que o São Paulo enfrentou até chegar a Valencia, local da partida de terça. A viagem em si se mostrou desgastante, o que obrigou a comissão técnica a segurar atletas fundamentais no banco de reservas. Beraldo, por exemplo, sequer entrou.

O elenco saiu da capital paulista na madrugada de segunda-feira e sequer treinou em campo para o compromisso na Venezuela.

Diante deste cenário, Dorival usou uma equipe modificada para buscar os três pontos na Venezuela. Titulares como Calleri, Luciano, Alisson e Pablo Maia entraram somente na segunda etapa e ganham energia com o fim da exigente maratona que marcou o início do trabalho do novo treinador.

O descanso a peças-chave abriu caminho para alguns nomes aproveitarem a oportunidade diante do Puerto Cabello. Não foi uma atuação de altíssimo nível, com domínio pleno e imposição, mas o São Paulo conseguiu apresentar pontos positivos.

A começar no setor de defesa, em que Alan Franco teve atuação segura, especialmente nas jogadas pelo alto. Diego Costa voltou a ser capitão do time e ganhou minutos importantes nesta readaptação aos jogos, após longo período fora.

No setor de meio-campo, Luan ganhou chance como titular, e Michel Araújo deixou mais uma boa amostra do quanto pode colaborar. Mesmo mais recuado, deu volume e se destacou no jogo ao lado de Wellington Rato, que, após duas assistências contra o Vasco, voltou a fazer gol.

Ainda no meio, Rodriguinho teve a primeira oportunidade como titular com Dorival Júnior e entra no processo do novo treinador, depois de um período no sub-20 para retomar ritmo de jogo. O meia, que estreou no ano passado entre os profissionais com gol na Sul-Americana, segue como grande aposta.

No ataque, além de Rato se destacar com gol e movimentação, Juan e Marcos Paulo acumularam mais minutos e deram tempo de folga a Calleri e Luciano, pilares ofensivos do São Paulo antes mesmo da chegada de Dorival Júnior.

A opção por uma equipe alternativa, pouco entrosada, deu certo. A qualidade técnica fez a diferença com o gol de falta de Rato e no fim do jogo, com contra-ataque puxado por Luciano e bem finalizado por Alisson.

Dentro do planejamento, a longa viagem para a Valencia, após dois voos, termina com saldo positivo: uma certa folga para nomes fundamentais deste início de trabalho e três pontos que aproximam o time da próxima fase da Sul-Americana.

Agora, com uma longa viagem de volta pela frente, Dorival terá apoio do Morumbi para embalar no Brasileirão. No sábado, às 21h, a equipe encara o Goiás em casa, com apenas uma sessão de treino prevista com os jogadores, na sexta.

Pelo menos diante das dificuldades enfrentadas nesta semana, os destaques do elenco retornam ao país com algum descanso. Uma folga em meio ao caos.

VEJA TAMBÉM
- NÃO FOI UM SONHO! Tricolores continuam festejando o título inédito
- Vai renovar? Veja o que Lucas Moura falou após conquista da Copa do Brasil!
- NADA FOI EM VÃO! Após conquista, torcedores agradecem Lucas Moura





Avalie esta notícia: 16 0

Comentários (2)
24/05/2023 09:50:46 tricolorateofim

COMO É BOM TER TÉCNICO DE VDD NO CAMPO, FORA,NO VESTIÁRIO E TC,AGORA VAMOS ENGRENAR GRAÇAS A DEUS ??????????

bronze
24/05/2023 09:01:00 murphy

O Dorival está de parabéns, pois está extraindo o melhor do elenco. Se essa passiva diretoria fosse esperta contrataria um meia de criação, um ponta de driblador de velocidade e um segundo volante que chega no ataque. Aí a equipe iria se classificar para libertadores no Brasileirão sem sofrimento.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.