publicidade

Rede de apoio: lesões unem ainda mais o trio Galoppo, Calleri e Ferraresi no São Paulo

Trio de amigos enfrenta lesões e tem a amizade como um apoio — Foto: Divulgação

Galoppo sabia que o problema no joelho esquerdo era grave assim que saiu mancando do gramado do Allianz Parque, há uma semana, durante as quartas de final do Paulistão, contra o Água Santa. Com a confirmação do rompimento do ligamento cruzado anterior, o jogador ainda aguarda a data da cirurgia que vai tirá-lo de ação pelos próximos meses, mas se apega a uma rede de apoio no São Paulo.



Desde a chegada ao clube no ano passado, Galoppo se aproximou de Calleri e Ferraresi. Os três atletas são inseparáveis e fazem questão de expor a amizade nas redes sociais. Esse laço foi ainda mais testado neste início de 2023, diante de graves problemas de lesão enfrentado pelos três.


LEIA TAMBÉM: São Paulo vai contratar quatro jogadores


Antes de Galoppo, Calleri e Ferraresi encararam momentos difíceis. O argentino deu passo importante e voltou a trabalhar no gramado no fim da semana passada, enquanto o zagueiro venezuelano sofreu a mesma lesão do meia e ficará meses fora de ação.

O apoio entre eles tem também indicação de profissionais para trabalhos além do dia a dia no CT. Calleri, por exemplo, indicou fisioterapeuta para Ferraresi realizar atividades complementares.

Calleri teve uma lesão no tornozelo direito e chegou a passar por avaliações para determinar a necessidade de operação. O atacante e o departamento médico tricolor, entretanto, optaram pelo tratamento conservador, e o camisa 9 iniciou a rotina no Reffis plus.

Na última sexta-feira, Calleri esteve no gramado e fez exercícios com os fisioterapeutas e de chuteiras. Há a expectativa de o argentino estar à disposição da comissão técnica no reinício da temporada, daqui a pouco mais de duas semanas.

O São Paulo retorna aos gramados somente no começo de abril, diante da eliminação precoce no Paulistão. A Copa Sul-Americana ainda não tem jogos marcados, assim como a Copa do Brasil.

A estreia no Brasileirão, em contrapartida, será no fim de semana do dia 16 de abril contra o Botafogo, no Rio de Janeiro.

O caso de Ferraresi é ainda mais complexo do que o de Galoppo. Embora a lesão tenha sido semelhante, o rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho (no caso do defensor, o direito), a continuidade do venezuelano no clube está em xeque.

Galoppo pode só voltar no fim da temporada, mas tem contrato assegurado com o São Paulo até 24 de junho de 2027. Ferraresi, por outro lado, está emprestado até junho e não tem a renovação assegurada.

Antes mesmo da lesão do venezuelano, ocorrida ainda em janeiro, o São Paulo buscava no mínimo estender o empréstimo para o fim de 2023. Ferraresi pertence ao Manchester City e vai ficar no Tricolor, no mínimo, até se recuperar do problema no joelho.



O Tricolor tem a ideia de tentar um novo empréstimo, com contrato para no mínimo o meio de 2024. Comprar Ferraresi surge como algo inviável no momento diante dos problemas financeiros do clube. A opção de compra do zagueiro está na casa dos 6 milhões de euros (R$ 33,7 milhões).

Rede, apoio, lesões, unem, trio, Galoppo, Calleri, Ferraresi, São Paulo

VEJA TAMBÉM
- Vai sair? Titular comenta possibilidade de transferência para o Cruzeiro
- Zubeldía reconhece desempenho ruim, justifica time no banco e revela lesão
- Cuiabá surpreende, vence São Paulo e derruba invencibilidade de Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 5 2

Comentários (4)
bronze
20/03/2023 16:03:05 charopetacwb

deveria se chamar, Sao Paulo Medical center e nao futebol clube

20/03/2023 13:58:15 Petobonit zica

Esses cara deve pensa, um clube grande desse está sendo mal administrado

20/03/2023 09:54:27 carlos eduardo ribeiro

não tenho minha opinião formada sobre o Ferraresi! Confesso q gostei bastante do jogo do Beraldo! se todos os zagueiros estiverem bem, creio q temos bons zagueiros para fazer revezamento, porém calleri e gallopo não tem banco p eles!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.