publicidade

Sem Calleri, São Paulo goleia Portuguesa em casa com brilho de Galoppo

Mesmo sem Calleri em campo, o São Paulo fez a lição de casa, goleou a Portuguesa por 4 a 1 no Campeonato Paulista e, agora, tem o clássico contra o Corinthians para manter a invencibilidade na temporada. Luciano foi o responsável por abrir o placar, enquanto Galoppo — que atuou na posição do camisa 9 argentino — fez mais dois e Pedrinho deixou o dele. Lucas Nathan ainda descontou para a Lusa.



Rogério Ceni poupou alguns titulares visando o jogo contra o Corinthians no domingo. Galoppo foi escolhido para atuar como atacante e, além dos dois gols, mostrou eficiência.

O São Paulo chegou aos 8 pontos e é líder isolado do Grupo B. A Portuguesa, por outro lado, estacionou nos 4 pontos e é a lanterna da chave D.

O meia virou atacante

Rogério Ceni surpreendeu e colocou o argentino Galoppo na função exercida por Calleri. Deu certo: no início do duelo, ele se movimentou bastante, conseguiu criar boas jogadas e abriu espaço para as chegadas, principalmente, de Luciano pelo meio.

Rato fica no quase

O São Paulo, gradativamente, passou a encurralar a Portuguesa no campo de defesa e apostou nas jogadas pelas laterais. Aos 15 minutos, Wellington Rato aproveitou um dos vários cruzamentos para a área e acertou a trave. Pouco depois, David cabeceou nas mãos de Thomazella.

Luciano desencanta

A insistência na bola jogada na área inaugurou a mudança de placar — mas em escanteio. Rato cobrou fechado e Luciano, no meio dos zagueiros da Lusa, testou firme para as redes. Foi o primeiro gol do agora camisa 10 na temporada: 1 a 0.

Galoppo neles!

Os mandantes ampliaram o placar aos 12 minutos do 2° tempo. David recebeu de Welington e fez linda jogada pela esquerda: depois de passar por três marcadores, o atacante cruzou rasteiro para o meio e viu Galoppo, que já havia decidido para o São Paulo contra a Ferroviária, empurrar para o gol: 2 a 0.

Pênalti e 3 a 0

O terceiro gol do time de Ceni saiu aos 30 minutos. Nestor foi derrubado por Madison dentro da área e viu a arbitragem marcar pênalti. Galoppo, com muita categoria, deslocou Thomazella e balançou as redes novamente.

Gol de honra

Os visitantes descontaram em contra-ataque. Depois de afastar um escanteio do adversário, a bola sobrou para Rafael Costa, que acionou Lucas Nathan. O meia deslocou Rafael e diminuiu: 3 a 1.

Pedrinho fuzila e decreta o 4 a 1



O São Paulo aproveitou um erro na saída de bola da Portuguesa e fechou o placar na casa dos 43 minutos da etapa final. Liziero bloqueou lançamento da zaga, e Pedrinho não perdoou com uma finalização forte com a perna esquerda.



São Paulo, Goleia, Portuguesa, Paulistão, SPFC

VEJA TAMBÉM
- São Paulo redefine postura e aguarda reapresentação de James Rodríguez no clube
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 3 0

Comentários (4)
26/01/2023 23:53:26 Anderson Moisés

Nunca critiquei kkkkk

26/01/2023 23:45:31 Fredie Shimizu

Conseguiu poupar um pouco e ganhar bem. Agora a birra com o Gabriel Neves é inexplicável. De novo deixou o Pablo Maia amarelado em campo...

26/01/2023 23:44:59 Lukas Laura

Eu iria dar nota 1 pro Galopo. Agora darei 6.. Oreruela nota 2

26/01/2023 23:44:02 Gerlaian Ferreira

O SÃO PAULO é refém de um Técnico fraco e arrogante só por causa de sua história do passado como jogador, não coloco o G.Neves por implicância ??????????

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.