Casares diz que tirou São Paulo da UTI, garante que dívida está controlada e dá prazo para cenário melhorar

Julio Casares está prestes a completar dois anos como presidente do São Paulo e tem a missão de fazer o que seus dois antecessores, Carlos Miguel Aidar (abril de 2014 a outubro de 2015) e Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco (outubro de 2015 a dezembro de 2020), não conseguiram: devolver o clube aos anos de glórias no futebol brasileiro e também internacional. E parte deste desafio está no lado financeiro.



Eleito em 20 de dezembro de 2020 para um período de três anos a partir de 1º de janeiro de 2021, o atual mandatário tricolor derrotou Roberto Natel nas urnas por 155 votos a 78. Assumiu com dívidas totais de R$ 606 milhões e viu a mesma subir para R$ 697 milhões ao fim de seu primeiro ano de gestão.


LEIA TAMBÉM: Santos define valor para liberar goleiro John e Patrick pode 'ajudar' negócio a sair; entenda


Em entrevista exclusiva à ESPN, Casares, advogado e com 61 anos de idade, fez um balanço de seu mandato até agora. Defendeu as estratégias de sua equipe, apesar da crise financeira persistir, alegou que a dívida não é a propagada pela imprensa, opinou sobre onde e em que momento o São Paulo se perdeu para não conseguir mais competir com os rivais e também explicou o que falta para o clube, de fato, cogitar a SAF como uma alternativa viável.

Tamanho da dívida
A dívida do São Paulo só tem crescido nos últimos anos. Dos quase R$ 300 milhões do fim da 'era Aidar', o clube mais do que dobrou o passivo e encerrou o ano de 2021 com R$ 697 milhões - o déficit (receita, que foi de R$ 465 milhões, menos despesa) foi de R$ 232 milhões.

O discurso de Casares é que a situação é grave, mas não como propagada pela imprensa. O presidente alega que sua gestão mudou o perfil da dívida tricolor ao quitar os débitos mais urgentes e alongar os pagamentos para outros anos, a fim de ganhar respiro e buscar recursos em áreas como marketing e vendas de jogadores.

"O São Paulo precisa de um trabalho de reconstrução", afirmou o atual mandatário, ao fazer um raio-x de sua gestão de quase dois anos. "[A avaliação] é de um clube em movimento, em reconstrução permanente, que herdou uma dívida enorme e de curtíssimo prazo, onde tínhamos 5 processos na Fifa. Mas em dois anos conseguiu estabilizar e buscar equilíbrio da sua dívida. Não é uma dívida propagada nesses valores que estão em pauta, é uma dívida menor. Uma dívida que está controlada, administrada", garantiu.

Além dos valores devidos nos âmbitos trabalhista, fiscal e tributário, Casares herdou no São Paulo uma dívida imensa com jogadores por conta da pandemia. A gestão anterior, de Leco, fez um acordo com os atletas de pagar apenas parte dos salários e diretos de imagem no ano de 2020, com a promessa de que tudo seria quitado quando a situação se normalizasse.

Tal dívida chegou a ser de R$ 24 milhões e hoje caiu para menos da metade. A diretoria, embora tenha dado inúmeros prazos para saldar os valores durante a temporada, diz que vai acertar tudo até o fim deste ano para iniciar 2023 zerada com o elenco. O presidente acredita que a situação do clube ainda é delicada, mas ganhará um respiro daqui a dois ou três anos. "O que me deixa satisfeito é que estamos liquidando essa pendência. Estava acertado [de pagar débitos com os jogadores] até o final do ano, mas estamos antecipando. É muito difícil quando deve para um colaborador, por mais que você converse, acerte. Estamos liquidando, e isso me deixa muito feliz. Assumimos no meio de uma pandemia, sem dinheiro de bilheteria, sem marketing. Chegava aqui e tinha oficial de Justiça todo dia querendo penhorar coisas do São Paulo. Resolvemos isso e estamos quitando", disse.

"Estamos resolvendo com planejamento, com alongamento da dívida. 2023 será um ano muito difícil, mas 2024 e 2025 começa a dar um cenário muito melhor e de mais perspectiva aos nossos 20 milhões de torcedores", prometeu Casares.

A dívida é quitável?
A dúvida que todo torcedor do São Paulo tem: é possível sair do buraco e entrar nos eixos financeiramente? O presidente garante que é possível resolver o problema e diz como pretende resolvê-lo.

"Tem [como pagar]. Não é um processo que vai pegar de uma vez só e sanar. Temos que ter viés de competição, porque prêmio [pago nos campeonatos] hoje é uma grande receita, mais bilheteria, receita de televisão, com a Libra, que sou um defensor. E também com a venda de talentos que Cotia revela", explicou Casares.

"Esse conjunto de valores e receitas faz com que o São Paulo programe essa dívida e ela venha baixando. Talvez num projeto de quatro ou cinco anos pode ser estabilizada para baixo. Esse é nosso objetivo e nosso planejamento", disse o dirigente, que, após mudança do estatuto votada em assembleia, deve tentar a reeleição para um novo mandato no próximo pleito, em dezembro de 2023.

Quando e onde saiu dos trilhos?
Julio Casares tem participação ativa na vida política do São Paulo há mais de duas décadas. Passou a trabalhar no departamento de marketing do clube durante a gestão de Marcelo Portugal Gouvêa, a partir de 2002, e desde então ocupou diversos cargos, não só na área de negócios.

Pelo fato de ter trabalhado com todos os últimos presidentes, e se envolvido nas gestões de Juvenal Juvêncio e Carlos Miguel Aidar em especial, ele acredita que a agremiação tricolor tenha perdido a mão de suas finanças no mandato de Leco, especialmente no ano de 2019.

Na ocasião, o clube apostou alto em reforços caros, como Tiago Volpi, Pablo, Hernanes, Tchê Tchê, Alexandre Pato e, principalmente, Daniel Alves, que recebe salários do clube até hoje como acerto dos valores feito na rescisão. A dívida total, então, rompeu a barreira dos R$ 600 milhões e jamais conseguiu ser controlada.

"No terceiro mandato do Juvenal [2011 a 2014], o clube apresentou algumas distorções de caminho, de norte. Mas 2019 foi um ano em que o clube avançou demais nos gastos. Assumiu dívidas impagáveis. Foi uma virada de chave onde a dívida ganhou proporções enormes. Para que estanque a sangria e comece a trabalhar para diminuir, é um trabalho mais longo", avaliou o atual mandatário, que garantiu que não repetirá o que foi feito por seu antecessor, Leco, que ficou mais de cinco anos no poder.

"Seria muito fácil eu chegar aqui e falar que vou comprar 3, 4 ou 5 craques, assumindo um custo para 4 anos seguintes e disputar mais títulos. Mas não posso fazer isso, porque, se eu fizer, vou fazer exatamente o mesmo modelo que fizeram em 2019."

Por que não aderir à SAF?

Muitos acreditam que para o São Paulo voltar a ser competitivo e brigar por títulos contra Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG, é preciso encontrar um parceiro forte e que seja capaz de financiar não só a dívida, como também os gastos atuais e futuros do clube no departamento de futebol.

Neste sentido, fica a dúvida: por que o clube tricolor ainda não aderiu à Sociedade Anônima de Futebol (SAF) que já faz parte da vida recente do futebol brasileiro? Julio Casares diz que o São Paulo é "muito procurado" por grupos interessados neste tipo de parceria, mas explica por que não houve avanço neste sentido.

"A SAF foi a salvação para alguns clubes que estavam em uma situação muito mais agonizante. O São Paulo tem uma dívida muito mais equilibrada. Nossa dívida tem viés de baixa, é equilibrada, controlada, administrada. Se o São Paulo lá na frente optar por uma SAF ou outras modalidades, estará com muito mais musculatura para negociar", disse o dirigente.

Casares ainda colocou por que entende que sob sua gestão já há melhoras consideráveis tanto na questão financeira quanto na esportiva.

"Uma coisa é negociar uma SAF estando literalmente quebrado. Você transfere aquela grande marca para um grupo empresarial. Se tivéssemos negociado a marca [São Paulo] há dois anos, estaríamos com o pires na mão. Hoje, não. O São Paulo de 2021, que tinha oficial de Justiça batendo na porta e 5 processos na Fifa, hoje não tem mais. O São Paulo de hoje tem um título paulista [2021], três decisões de campeonato [duas finais de Paulista e uma de Sul-Americana], uma semifinal de Copa do Brasil [2022] e contas equilibradas, com viés em baixa e reversão de um déficit de três dígitos."

No fim de 2021, a atual gestão do São Paulo encomendou um estudo, feito por uma empresa terceirizada, para levantar os aspectos positivos e negativos da transformação do clube em uma Sociedade Anônima. O assunto deve ser debatido nos próximos meses para entender o quanto uma transformação agora é viável e por quanto dinheiro seria possível negociar.

Até lá, o São Paulo segue caminhando com dificuldades. Em 2022, o clube foi beneficiado na parte financeira por uma série de negociações de jogadores, muitos que sequer atuam mais no clube [caso de Antony, citado por Leco em entrevista à ESPN], e deve fechar com superávit pela primeira vez em muito tempo.

"É difícil você, no meio de uma crise econômica, mostrar o que está sendo feito. Vamos ter um relatório desses dois anos de inúmeras questões que avançaram. E o São Paulo está caminhando para isso. Se tem um doente na UTI, tem que tratá-lo para trazê-lo para semi-UTI, depois levar ao quarto, [depois] para fazer uma recuperação em casa e, depois, voltar a conviver como cidadão", afirmou Casares, fazendo uma metáfora para explicar que em sua avaliação é tudo passo a passo.



"Nós tiramos da UTI. Dizer que ele [o clube] está no quarto, não. Está na semi-UTI, mas com muito mais autonomia e condições. Trabalharemos forte para que o São Paulo consiga trazer uma estabilização. O tempo vai mostrar, com o São Paulo entregue em boas mãos e equilibrado. Não posso comprometer o futuro. As gerações futuras ainda vão agradecer esse momento de reconstrução", prometeu o presidente tricolor.

Casares, tirou, São Paulo, UTI

VEJA TAMBÉM
- Novela continua! São Paulo desiste de 'acordo' com Botafogo por Erison, topa pagar pedida e se aproxima de acerto
- São Paulo monitora zagueiro do Porto que passou por Grêmio, Vasco e Fluminense para reforçar elenco
- Arboleda e Caio Paulista treinam e devem reforçar o São Paulo no clássico; veja possível escalação


CONFIRA:São Paulo monitora o meia-atacante Felipe Anderson, da Lazio, informa portal

VEJA TAMBÉM:Jornalista traz detalhes de como o Santos 'roubou' reforço desejado por Rogério Ceni

E MAIS:São Paulo aumenta pedida e consegue reajuste com patrocinador para 2023; confira

Avalie esta notícia: 19 6

Comentários (42)

19/11/2022 17:49:52 lukasxd

vc tem participaçâo na falência do clube!

19/11/2022 14:24:54 Wallace042

Poderia melhorar se mandasse o pardal embora e planejar algo novo pra 2023, mas quer insistir no erro vendo que não vai dar certo dnv, então esquece títulos e melhora ano que vem, será mesma coisa desse ano ou talvez pior com esse treineiro comandando o time

19/11/2022 09:03:37 Família Sanchez

A TORCIDA NÃO AGUENTA MAIS ESSE PAPO DE MELHORAR SÓ DAQUI 3,4,5 ANOS É MUITA INCOMPETÊNCIA, ENQUANTO TIMES QUE NÃO TEM A FORÇA DO SÃO PAULO VAI DISPUTAR LIBERTADORES ESSE GOLPISTA FICA COM ESSA CONVERSINHA FIADA, QUE NÃO

18/11/2022 23:24:43 TRI2019

Prova o que diz Casares, coloque os números dos lucros e prejuizos pra gente ver que eles batem mesmo. Vc. não se considera uma gestão transparente ?

18/11/2022 22:45:47 OSoberano

Outro incompetente.

São Paulo é administrado por amadores

18/11/2022 22:36:43 Luis Santini

Sujeito fala sem pensar. Quando vc fala em reconstrução vc intrinsecamente está falando que houve destruição. Isso é confissão de culpa de alguém que é parte do grupo que destruiu. Não vou agradecer quem está apenas e tão somente cumprindo com a sua obrigação.

18/11/2022 22:27:07 Jean Peres da Silva

1.7.1 Bandido,ele não me engana mais!!

18/11/2022 21:02:48 Tatotricolor

Difícil se continuar a fazer negócios estapafurdios...Orejuela um lateral custar a bagatela de 14 milhões ..e o pior nem conseguir virar titular ...depois bizarrices como Éder 600 mil mês ....Nikão 600 mil mês ... é retorno zero ....assim fica Difícil porque não ajuntou o dinheiro desses três perebas e contratou um bom meia ..????

18/11/2022 17:17:51 Averaldo Pereira

Pelo o denheiro que entrou no são Paulo eram pra ter quintado pelo menos com os jogadores e a mentade das divida

18/11/2022 15:39:15 Wellington Pires

Melhor comentário que ja lê neste aplicativo ( Pedro Barros ) parabéns ??????

18/11/2022 15:25:49 Pedro Barros

Controlada com 11 empréstimos e varias vendas, queria que a torcida fosse pra cima de presidente e diretoria igual vai em jogador e técnico

18/11/2022 15:00:04 Jailton Alves

Parece que esse presidente veio de Marte, dizer que tirou o clube da UTI é uma falácia. O São Paulo está na semi intensiva, só saiu da intubação. A dívida estava em 580 e com ele já chegou em 700, isso porque está há três meses sem falar da dita cuja, mas em janeiro pode apostar que vai aparecer na casa de 750. Essa conversa é para acalmar os animos, pois, todos sabem que não está. Porque ele, Casares, não mostra um recibo de pagamento a cada três meses?

18/11/2022 14:23:14 Jefter Mateus Guedes

Casares está sendo um bom presidente, antes de questionar é bom entender que não pagou por eder Miranda nikao e rafinha , mesmo com salário alto

18/11/2022 14:06:35 TricolorDF100

Teve erros enormes de investimentos
Orejuela 13 milhões
Contratar jogadores veteranos ganhando muito
Eder
Nikão
Miranda
Rafinha
A falta de transparência na contratação do Gallopo entre outras coisas que essa gestão vem errando

18/11/2022 13:37:54 Daniel Fehr

Tirou da UTI e mandou para o necrotério?

18/11/2022 13:18:51 Paulo Roberto Miranda

Meu presidente! Vai melhorar, tenho certeza!

18/11/2022 12:32:41 Regina Fontes

Casares se você permanecer com Rogerio ceni vai sair da utei direto para o cimiterio pode ter certeza morte subida

18/11/2022 12:26:19 929305spfc

A missão de assumir a presidencia do SP nesse cenário atual realmente não é facil. Só os juros dessa divida atual daria para manter o salários de jogadores em dia e ainda investir no elenco. De certa forma, na gestão Casares tivemos um título Paulista ano passado, e chegamos longe nas competições esse ano (garantido premiações), sem contar a sorte que teve com as vendas de Antony e Casemiro, esses fatores coloca a sua gestão melhor que a de Aidar e Leco, o que não significa que ele seja um bom presidente, pois por outro lado, na sua gestão tiveram situações pontuais inaceitaveis e ridiculas, algumas delas: Contratação de Nikão por 700k mês, Dar carta banca ao Rogério para algumas decisões que compete a Diretoria e não ao Técnico, Montagem de elenco ruim (passamos todo o ano de 2022 sem jogador de meio campo e pontas com velocidade), Contratação do Galoppo (pelo valor astronomico), Falta de planejamento nas competições (ao ponto de ter que contratar um goleiro numa fase final de Copa por falta de opção no banco).

18/11/2022 12:07:54 mw rapper.oficial

Esse junto com o leco é o pior presidente que o sp ja teve

18/11/2022 11:53:39 Vanderlei Dias

esse lixo desse presidente tem sumi do sao paulo

18/11/2022 11:51:46 wenderson

Como sempre um grande mentiroso

18/11/2022 11:51:06 Tuneo Ishimoto

Tem conselheiro demais nesse clube, manda aqui mandala td em favor proprio. Muita coisa vai acontecer antes de organizar as dividas que sao impagaveis.

18/11/2022 11:48:16 Heisemberg Sam

2 ou 3 anos para melhorar, o leco falou o msm, ai no final sabemos oq acontece

18/11/2022 11:46:58 Professor Anderson

Meu único receio com relação a SAF é que o principal retorno do São Paulo não seja títulos e sim revelar jogadores para futebol europeu " mina de ouro" de modo que o time sempre fique pelo meio de tabela. Explico: todos ostimes. SAF todos vão investir para ser campeões? Claro que não empresário não é apostador o objetivo do cara é lucro e não prejuízo. Por que vou arriscar um grande montante se posso ter certeza de lucro com jovens promessas infelizmente no Brasil se pensa desse modo a forma de se ganhar dinheiro investir pouco e lucrar muito e São Paulo é uma minha de ouro para revelar jogador de futebol só ver as estatísticas de retorno financeiro.

18/11/2022 11:40:31 Carmelo Lombardo

Esse é outro que vai afundar mais ainda o Sao Paulo, com rsse time que pretendem montar, vamor ser motovo de chacota para os rivais, a unica solução pro Sao Paulo, acabar com esses conselheiros palpiteiros que só querem o mau para o time,esses cardeais também nao servem pra nada, tem que se modernizar, virar uma SAF urgente, nossa torcida parar de ser pacata e exigir mais desses canalhas, se impor, exigir contratacoes de nível, realidade precisa de uma mudança urgente

18/11/2022 11:35:49 wilson carlos

Cada dia aparece nossos ex e atual presidentes falando mentiras um mais safado q o outro. Não vura SAF pirque ninguém quer perdet a tetinha de mamar no S.Paulo. se gritar pega ladrão....

18/11/2022 11:10:26 Rodrigo Pacheco

Se nao conseguimos sair do buraco em 2022 com mais de 300 milhões em vendas e arrecando muito mais em premiações do que o esperado, pode ter certeza que ja era. Não terá mais Antony, David Neres e Casemiro pra salvar. Ano que vem ja sobe a dívida de novo. Não adianta falar em reestruturação em 4/5 anos pq nesse tempo Plameiras e Flamengo ja estarão em patamares inalcançaveis, tendo em vista a fortuna que se recebe de premiações agora. Infelizmente, acho que se não for via SAF, nunca mais conseguiremos ser um time de ponta.

18/11/2022 11:01:02 Fernando Prates

Uma dívida de 700 milhoes gera 100 milhoes por ano só de pagamento de juros... ou sejs, 1/4 da receita já é comprometida.. enfim, só arrecadando mais pra cobrir, e aí somente corte de custos, além da receita com marketing, venda de Cotia ou investidores.. não tem mágica. Corte de custos já começou pra 2023.

18/11/2022 10:57:19 William Rodrigues

Se isso é verdade ou não, precisamos ver o balanço, mas defendo que tenhamos times mais baratos, apostando na base e jogadores promissores, afim de diminuirmos nossa dívida e voltarmos a ser fortes. O Flamengo é exemplo disso, teve times horríveis, mas organizou a casa e agora está colhendo frutos. Mas esse Casares não me transmite confiança, é esperar pra ver!

18/11/2022 10:55:47 Luiz Eduardo

NADA QUE ESSE PAVÃO FALA TEM-SE CREDIBILIDADE

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Paulista

    Dom - 18:30 - -
    São Paulo
    São Paulo
    Corinthians
    Corinthians

    Último jogo - Paulista

    Qui - 21:30 -
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    4 1
    X
    Portuguesa
    Portuguesa
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Palmeiras
    2 Internacional
    3 Fluminense
    4 Corinthians
    5 Flamengo
    6 Atletico Paranaense
    7 Atletico-MG
    8 Fortaleza EC
    9 São Paulo
    10 America Mineiro
    11 Botafogo
    12 Santos
    13 Goiás
    14 RB Bragantino
    15 Coritiba
    16 Cuiaba
    17 Ceará
    18 Atletico Goianiense
    19 Avai
    20 Juventude
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    81 38 23 12 3 66 27 39 VVEVD
    73 38 20 13 5 58 31 27 VDVVV
    70 38 21 7 10 63 41 22 VVVVV
    65 38 18 11 9 44 36 8 EVVED
    62 38 18 8 12 60 39 21 VDDED
    58 38 16 10 12 48 48 0 DVDEV
    58 38 15 13 10 45 37 8 VEDVV
    55 38 15 10 13 46 39 7 VDEVV
    54 38 13 15 10 55 42 13 VEDDV
    53 38 15 8 15 40 40 0 EVVDE
    53 38 15 8 15 41 43 -2 VDVVD
    47 38 12 11 15 44 41 3 DVEDD
    46 38 11 13 14 40 53 -13 EDVDD
    44 38 11 11 16 49 59 -10 DVDDD
    42 38 12 6 20 39 60 -21 DVVED
    41 38 10 11 17 31 42 -11 VVEDV
    37 38 7 16 15 34 41 -7 DDDDV
    36 38 8 12 18 39 57 -18 DDEEE
    35 38 9 8 21 34 60 -26 DDEVV
    22 38 3 13 22 29 69 -40 DDDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
28/01/2023 11:32:38