São Paulo joga para retomar protagonismo e ter tranquilidade em 2023

São Paulo x Independiente del Valle agita final da Sul-Americana
Imagem: GettyImages


O jogo da década. Assim o São Paulo se preparou para a final da Copa Sul-Americana deste sábado contra o Independiente del Valle-EQU, às 17h (de Brasília), no estádio Mário Kempes, em Córdoba.



A importância vai além da possibilidade de levantar uma taça neste ano. Vencer o Del Valle significa ser campeão continental, mas também aumenta as chances do Tricolor voltar a ter protagonismo na América do Sul. O que deve gerar mais investimento do clube na formação do elenco para 2023.


LEIA TAMBÉM: Veja onde assistir à final da Sul-Americana entre São Paulo e Del Valle


"Acho que são dois anos que se resumem a 90 minutos. Esse [ano] e o início do próximo ano. A programação será difícil de qualquer maneira pelo momento do clube em matéria de investimentos. Mas abre sempre uma porta de expectativas", defendeu o técnico Rogério Ceni.

Esta final continental é a primeira que o Tricolor disputa desde o título da Sul-Americana, em 2012. De lá para cá, o Tricolor bateu na trave e não conseguiu disputar um título internacional. O clube parou na semifinal da Sul-Americana em 2013 (caiu para a Ponte Preta) e 2014 (eliminado pelo Atlético Nacional-COL). Em 2017, o Tricolor foi eliminado na primeira fase pelo Defensa y Justicia-ARG. Outras eliminações se seguiram: caiu para o Colón-ARG (2018), e Lanús-ARG (2020). Na Libertadores, o mais longe que o São Paulo conseguiu chegar também foi à semifinal, no ano de 2016.

Financeiramente, ser campeão significa encher os cofres do clube. O São Paulo já arrecadou US$ 2 milhões (R$ 10,5 milhões) em premiações. Foram US$ 900 mil (R$ 4,7 milhões) pela participação na fase de grupos, mais US$ 500 mil (R$ 2,7 milhões) nas oitavas de final, US$ 600 mil (R$ 3,1 milhões) pela classificação às quartas de final e mais US$ 800 mil (R$ 4,2 milhões) por disputar a semifinal. O campeão da Sul-Americana vai levar para casa, somando todas as premiações por fase, US$ 7,8 milhões (R$ 38 milhões). O vice-campeão fica com US$ 4,8 milhões (R$ 25, milhões).

Rival tem crescido nos últimos anos

Enquanto o São Paulo tenta reviver os períodos de glória em sua história, o Del Valle optou por remodelar sua estrutura. A equipe equatoriana passou de um time pequeno para um dos clubes que mais revelam jogadores na América do Sul.

"Nunca deixe de sonhar." A frase, grafada em letras garrafais na entrada do Centro de Treinamento do Independiente del Valle, mostra a crença em um projeto de trabalho de longo prazo marcado por anos sem títulos, mas que foi recompensado com o título da Copa Sul-Americana. Fundado no fim dos anos 50, o clube nasceu inspirado no maior Independiente de Avellaneda, sete vezes campeão da Libertadores. Até os anos 2000, porém, o Del Valle era uma equipe modesta, que subia e descia de divisão no Equador com frequência. Em 2006, um grupo de empresários comprou o clube e começou a mudar sua história.

Desde troca de nome até mudança nas cores do uniforme, tudo foi alterado. O novo nome traz a ideia do que é o clube: Club de Alto Rendimiento Especializado Independiente del Valle. Assim, as categorias de base e a formação de novos jogadores passou a ser especialidade do Del Valle.

Para se ter uma ideia, 30% do orçamento anual do Del Valle é destinado para as divisões inferiores e apenas 3% é reservado para a compra de novos atletas.

O Del Valle financia seu projeto com a formação de jogadores. Assim, conseguiu ser vice-campeão da Libertadores em 2016 e foi campeão da Sul-Americana em 2019. A ideia de ter um time formador não passa só pela manutenção na captação de jogadores que possam render grana ao clube, mas também por ter um mesmo modelo de jogo que segue os mesmos princípios: construção de jogo, posse de bola, protagonismo e velocidade.




FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO x INDEPENDIENTE DEL VALLE


Competição: Copa Sul-Americana
Data e hora: 1º de outubro de 2022 (domingo), às 17h (horário de Brasília)
Local: Estádio Mário Kempes, em Córdoba
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Auxiliares: Alexander Guzmán (COL) e Wilmar Navarro (COL).
VAR: Julio Bascuñán (CHI)

SÃO PAULO: Felipe Alves; Igor Vinícius, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Alisson e Patrick; Luciano e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

INDEPENDIENTE DEL VALLE: Ramirez; Carabajal, Schunke e Segovia; Vargas, Minda, Pellerano, Faravelli e Chavez; Sornoza e Angulo (Lautaro Díaz). Técnico: Martín Anselmi.

São Paulo, joga, retomar, protagonismo, tranquilidade, 2023

VEJA TAMBÉM
- Wellington Rato quer jogar no São Paulo, mas concorrência dificulta negócio
- Jorginho rescinde com Atlético-GO e pode reforçar o São Paulo em 2023
- São Paulo rejeitou atacante em troca de Igor Gomes, diz portal


CONFIRA:Proposta do São Paulo não agrada e artilheiro da Série B fica distante

VEJA TAMBÉM:Especulado em São Paulo e Palmeiras, Mendoza quer salário alto para seguir no Brasil; veja valores

E MAIS:São Paulo quer liberar Pablo Maia no final do ano e tenta convencer clube inglês

Avalie esta notícia: 4 0

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Paulista

    Sáb - 21:00 - -
    São Paulo
    São Paulo
    Ituano
    Ituano

    Último jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - de Hailé Pinheiro
    https://media.api-sports.io/football/teams/151.png
    Goiás
    0 4
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Palmeiras
    2 Internacional
    3 Fluminense
    4 Corinthians
    5 Flamengo
    6 Atletico Paranaense
    7 Atletico-MG
    8 Fortaleza EC
    9 São Paulo
    10 America Mineiro
    11 Botafogo
    12 Santos
    13 Goiás
    14 RB Bragantino
    15 Coritiba
    16 Cuiaba
    17 Ceará
    18 Atletico Goianiense
    19 Avai
    20 Juventude
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    81 38 23 12 3 66 27 39 VVEVD
    73 38 20 13 5 58 31 27 VDVVV
    70 38 21 7 10 63 41 22 VVVVV
    65 38 18 11 9 44 36 8 EVVED
    62 38 18 8 12 60 39 21 VDDED
    58 38 16 10 12 48 48 0 DVDEV
    58 38 15 13 10 45 37 8 VEDVV
    55 38 15 10 13 46 39 7 VDEVV
    54 38 13 15 10 55 42 13 VEDDV
    53 38 15 8 15 40 40 0 EVVDE
    53 38 15 8 15 41 43 -2 VDVVD
    47 38 12 11 15 44 41 3 DVEDD
    46 38 11 13 14 40 53 -13 EDVDD
    44 38 11 11 16 49 59 -10 DVDDD
    42 38 12 6 20 39 60 -21 DVVED
    41 38 10 11 17 31 42 -11 VVEDV
    37 38 7 16 15 34 41 -7 DDDDV
    36 38 8 12 18 39 57 -18 DDEEE
    35 38 9 8 21 34 60 -26 DDEVV
    22 38 3 13 22 29 69 -40 DDDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
01/12/2022 18:08:09