Na final da Sul-Americana, Del Valle tem folha salarial de clube da Série C

Ex-Corinthians e Flu, Sornoza é um dos principais nomes do Independiente del Valle
Imagem: Reprodução


Vice-campeão da Libertadores em 2016, vencedor da Copa Sul-Americana em 2019 e adversário do São Paulo em mais uma decisão da segunda competição interclubes mais importante da Conmebol, hoje, a partir das 17h (de Brasília), em Córdoba (ARG), o Independiente del Valle já cavou um espaço no grupo dos times mais temidos do continente.



E o clube equatoriano conseguiu virar um incômodo para forças do porte de Palmeiras, Flamengo, River Plate e Boca Juniors mesmo tendo uma folha salarial inferior à de equipes que disputam a Série C do Campeonato Brasileiro.


LEIA TAMBÉM: Veja onde assistir à final da Sul-Americana entre São Paulo e Del Valle


O "Blog do Rafael Reis" apurou que o orçamento para remuneração de jogadores do time dos subúrbios de Quito nesta temporada não passa de US$ 1,5 milhão (R$ 7,9 milhões). Ou seja, está na casa de US$ 125 mil (R$ 661 mil) por mês.

Todos os 20 clubes da Série A possuem folhas superiores à do Del Valle. Aliás, vários jogadores em ação na primeira divisão nacional ganham sozinhos mais do que isso. E as principais estrelas da competição, como Dudu (Palmeiras), Gabigol e Arturo Vidal (Flamengo), têm ordenados que são pelo menos o dobro do que gasta a equipe equatoriana.

Mesmo na segundona brasileira, são raros os clubes que gastam menos com pagamentos para o elenco do que o adversário do São Paulo na decisão desta edição da Sul-Americana. E há até times na terceira divisão que superam o orçamento do finalista.

O Botafogo de Ribeirão Preto (SP), por exemplo, um dos times que conquistaram o acesso na Série C deste ano, encerrou o campeonato gastando cerca de R$ 700 mil por mês. Os gastos do Mirassol, outra equipe promovida, também estão nesse patamar.

O Del Valle conta com jogadores, alguns até titulares, que não ganham mais de US$ 1.500 (R$ 8.000) mensais. Os salários um pouco mais altos, que ultrapassam os US$ 10 mil (R$ 53 mil), ficam restritos a alguns poucos destaques do time, como o meio-campista Júnior Sornoza, ex-Corinthians e Fluminense.

Apesar do sucesso que tem feito no cenário sul-americano o time dirigido pelo técnico Martín Anselmi nem possui a maior folha de pagamentos do futebol equatoriano. Os tradicionais Barcelona de Guayaquil e Emelec gastam mais com salários do que ele.

Isso se deve à uma decisão filosófica do Del Valle. Quase metade do orçamento do clube é gasto com a formação de novos jogadores. Não à toa, os equatorianos já disputaram três finais da Libertadores sub-20: foram campeões em 2020 e vice em 2018 e 2022.

Algumas das suas crias já estão disputando campeonatos importantes na Europa. O volante Moisés Caicedo é titular do Brighton, sensação da Premier League inglesa. O zagueiro Joel Ordóñez joga no Brugge, representante da Bélgica nesta edição da Liga dos Campeões.

Outros meninos ainda estão no Del Valle e são os responsáveis pelo clube, mesmo gastando muito pouco, continuar obtendo resultados expressivos dentro da América do Sul.

Ao contrário do que acontece na Libertadores, que verá nesta temporada seu quarto título consecutivo de um clube brasileiro (Athletico-PR ou Flamengo), o futebol pentacampeão mundial não tem conseguido repetir essa mesma hegemonia na Sul-Americana.

A terra de Pelé, Garrincha, Romário, Ronaldo Fenômeno e Ronaldinho Gaúcho levantou o troféu em apenas uma das últimas três edições do torneio, no ano passado, quando houve uma decisão nacional entre o campeão Athletico-PR e o vice Red Bull Bragantino.

O rubro-negro de Curitiba é, aliás, a única equipe brasileira que já venceu a competição número 2 da Conmebol em duas oportunidades (2018 e 2021). Além dele e do São Paulo, Internacional (2008) e Chapecoense (2016, a pedido do Atlético Nacional, que abriu mão da final após o acidente aéreo que vitimou o elenco da equipe catarinense) faturaram a taça.



Com cinco títulos, o Brasil é o segundo país com mais conquistas da Sul-Americana. O recorde pertence à Argentina, com nove vitórias. Equador (2), Colômbia, México, Chile e Peru (uma vez cada) também já foram condecorados.

VEJA TAMBÉM
- Wellington Rato quer jogar no São Paulo, mas concorrência dificulta negócio
- Jorginho rescinde com Atlético-GO e pode reforçar o São Paulo em 2023
- São Paulo rejeitou atacante em troca de Igor Gomes, diz portal


CONFIRA:Proposta do São Paulo não agrada e artilheiro da Série B fica distante

VEJA TAMBÉM:Especulado em São Paulo e Palmeiras, Mendoza quer salário alto para seguir no Brasil; veja valores

E MAIS:São Paulo quer liberar Pablo Maia no final do ano e tenta convencer clube inglês

Avalie esta notícia: 6 0

Comentários (1)

01/10/2022 09:06:22 Carlos Cofacci

Bom motivo para contrar atletas do Independente Dell Vale.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Paulista

    Sáb - 21:00 - -
    São Paulo
    São Paulo
    Ituano
    Ituano

    Último jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - de Hailé Pinheiro
    https://media.api-sports.io/football/teams/151.png
    Goiás
    0 4
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Palmeiras
    2 Internacional
    3 Fluminense
    4 Corinthians
    5 Flamengo
    6 Atletico Paranaense
    7 Atletico-MG
    8 Fortaleza EC
    9 São Paulo
    10 America Mineiro
    11 Botafogo
    12 Santos
    13 Goiás
    14 RB Bragantino
    15 Coritiba
    16 Cuiaba
    17 Ceará
    18 Atletico Goianiense
    19 Avai
    20 Juventude
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    81 38 23 12 3 66 27 39 VVEVD
    73 38 20 13 5 58 31 27 VDVVV
    70 38 21 7 10 63 41 22 VVVVV
    65 38 18 11 9 44 36 8 EVVED
    62 38 18 8 12 60 39 21 VDDED
    58 38 16 10 12 48 48 0 DVDEV
    58 38 15 13 10 45 37 8 VEDVV
    55 38 15 10 13 46 39 7 VDEVV
    54 38 13 15 10 55 42 13 VEDDV
    53 38 15 8 15 40 40 0 EVVDE
    53 38 15 8 15 41 43 -2 VDVVD
    47 38 12 11 15 44 41 3 DVEDD
    46 38 11 13 14 40 53 -13 EDVDD
    44 38 11 11 16 49 59 -10 DVDDD
    42 38 12 6 20 39 60 -21 DVVED
    41 38 10 11 17 31 42 -11 VVEDV
    37 38 7 16 15 34 41 -7 DDDDV
    36 38 8 12 18 39 57 -18 DDEEE
    35 38 9 8 21 34 60 -26 DDEVV
    22 38 3 13 22 29 69 -40 DDDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
01/12/2022 16:27:29