'Cansei de viver'. O dramático relato de um ex-jogador do SPFC na Argentina

Centurión, ex-atacante do São Paulo, durante a temporada 2019, no México
Imagem: Jaime Lopez/Jam Media/Getty Images


O São Paulo está na Argentina, onde, no sábado (1º), enfrenta o Independiente del Valle, pela final da Copa Sul-Americana, na cidade de Córdoba.



A grande esperança de gols do Tricolor está se sentindo em casa — estamos falando do argentino Jonathan Calleri. E seu compatriota e ex-companheiro de ataque na equipe, Ricardo Centurión, voltou a ser assunto em seu país nesta semana, mas por um motivo que não tem nada a ver nem com o São Paulo e nem com o futebol.

Sem clube desde que foi dispensado do San Lorenzo, em maio, ele deu uma entrevista tocante à Rádio La Red, de Buenos Aires, anteontem, descrevendo que atravessa um momento dramático.

"Aguentei muitas coisas, precisava me afastar, me sentia esgotado, tinha ataques de pânico, precisava sair de tudo, por isso decidi assim", falou, sobre sua saída da equipe. "Muitos não me entendem, mas me cansei de viver. Principalmente desta maneira."

Centurión está com 29 anos, e não faz parte dos planos do Vélez Sarsfield, clube que detém os seus direitos econômicos. "Foi por este motivo que decidi ir do trabalho que me deu tanta felicidade. Não aguentava nem eu mesmo", disse, com a voz embargada, explicando as faltas que culminaram na sua saída do San Lorenzo.

O atacante não encontra interessados em seu futebol, o que coloca a sequência da sua carreira em sério risco.

"Pensei que o amor da minha filha me faria esquecer um montão de feridas abertas. O amor de um filho é diferente a outro amor e outras perdas. Mas não posso suportar. Me custa olhar nos olhos da minha filha, que está crescendo."

"Minha vida hoje é como na pandemia. Para o jogador, o futebol é tudo. Quando não o tem, é como estar na pandemia."

"Hoje, ninguém me liga. Claro, um ou dois jornalistas. As pessoas que conheci, não me chamam. Você se sente sozinho. Está só sua mãe e sua namorada. Sabia que ia acontecer. Não tenho medo, não escapo disso."

"Se tenho uma oportunidade e começo a treinar, solto tudo de verdade, o vício. É um antes de depois. Não é que não posso deixar o que fiz. Eu posso. Em um mês estou bem", falou. Em seus tempos de Racing, o presidente Victor Blanco deu declarações públicas afirmando que Centurión era alcoólatra.

"Por sorte, mantenho o salário que recebo do Vélez. É como que estou jogando. Mas você levanta e não joga. E isso dói. Me colocaram todos os dias para treinar à tarde, para não ter contato com o elenco profissional. Treino uma hora e volto para casa."

"Comecei a faltar nos treinos já quando era grande. Quando era menor, saía e ia treinar igual. Maior, pela cabeça, por um montão de problemas, não ia. Sou o primeiro que gosta de treinar. O mais fácil é trazer outro."

"Heinze [Gabriel, técnico do Vélez] me ensinou demais. Ele me matava nos treinos, quando chegava em casa, estava morto, não podia fazer mais nada. Depois veio a pandemia e, com Pellegrino [Mauricio, seu sucessor], não consegui perder peso. O que perdemos foi o tato, um com o outro."

Boca, Racing...
Centurión jogou no São Paulo em 2015 e 2016, sendo negociado na sequência com o Boca Juniors e recebendo a camisa 10, vivendo bons momentos na Bombonera e criando confusões por indisciplina com o então técnico Guillermo Barros Schelotto.

Apesar do pedido da torcida, ele decepcionou a comissão técnica e foi negociado com o Genoa, da Itália, onde teve poucas chances. Acabou sendo dispensado por fazer lives em plena madrugada na concentração tomando mate, bebida energizante consumida especialmente pela manhã.

Centurión voltou então ao Racing, clube que o revelou, e viveu um bom momento na Libertadores de 2018, mas foi expulso no jogo decisivo, River x Racing, ao brigar com Enzo Pérez e não render quando o time mais precisava dele.

No ano seguinte, empurrou o técnico Coudet em um novo River x Racing, saindo da equipe e parando no Atlético San Luis, do México, onde viveu nova polêmica por falta de comprometimento, resultando na saída do então treinador da equipe.

Esta tinha sido a última confusão de Centurión até cortar relações com o Vélez e buscar o San Lorenzo na décima transferência em exatos dez anos de carreira.



Dificuldade não vem de hoje
Em 2020, Centurión, revelou que pensou em tirar a própria a vida dias depois de a namorada morrer após um acidente de carro. Era o segundo choque vivido por ele em poucos meses, pois a tragédia ocorreu enquanto ele se erguia depois de perder a avó, figura de peso em sua vida.

"Os golpes foram muito rápidos, e se eu não me levantasse depois de dois dias, acho que terminaria com a minha vida. Mas não era o meu momento", disse ele, que afirmou ter conseguido se reerguer para dar orgulho a elas.

"Sei que a realidade é essa, tenho que me levantar e continuar. Vendo minha mãe, minha irmã, pude frear e me uni. Caso contrário, tudo estaria indo para o inferno", falou à TV argentina TyC Sports.

Cansei, dramático, relato, um ex-jogador, SPFC, Argentina

VEJA TAMBÉM
- Sondado pelo Vasco, São Paulo faz último esforço por Igor Gomes, informa portal
- Casemiro salva no fim, Brasil supera Suíça e garante vaga nas oitavas da Copa do Mundo
- [COPA DO MUNDO] Brasil x Suíça: onde assistir, horário do jogo e escalações


CONFIRA:Proposta do São Paulo não agrada e artilheiro da Série B fica distante

VEJA TAMBÉM:Especulado em São Paulo e Palmeiras, Mendoza quer salário alto para seguir no Brasil; veja valores

E MAIS:São Paulo quer liberar Pablo Maia no final do ano e tenta convencer clube inglês

Avalie esta notícia: 0 0

Comentários (3)

29/09/2022 11:29:05 Aguinelo Barbosa

Trás o cara pro são paulo joga de ponta e centralizado é rasudo e abilidoso deve vir por 200 mil mensais se der certo renova e aumenta o salario.

29/09/2022 10:38:38 Daniel Fehr

29 anos, tem.muita vida pela frente, com tristezas e alegrias. Força rapaz, a vida é longa e bela!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Paulista

    Sáb - 21:00 - -
    São Paulo
    São Paulo
    Ituano
    Ituano

    Último jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - de Hailé Pinheiro
    https://media.api-sports.io/football/teams/151.png
    Goiás
    0 4
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Palmeiras
    2 Internacional
    3 Fluminense
    4 Corinthians
    5 Flamengo
    6 Atletico Paranaense
    7 Atletico-MG
    8 Fortaleza EC
    9 São Paulo
    10 America Mineiro
    11 Botafogo
    12 Santos
    13 Goiás
    14 RB Bragantino
    15 Coritiba
    16 Cuiaba
    17 Ceará
    18 Atletico Goianiense
    19 Avai
    20 Juventude
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    81 38 23 12 3 66 27 39 VVEVD
    73 38 20 13 5 58 31 27 VDVVV
    70 38 21 7 10 63 41 22 VVVVV
    65 38 18 11 9 44 36 8 EVVED
    62 38 18 8 12 60 39 21 VDDED
    58 38 16 10 12 48 48 0 DVDEV
    58 38 15 13 10 45 37 8 VEDVV
    55 38 15 10 13 46 39 7 VDEVV
    54 38 13 15 10 55 42 13 VEDDV
    53 38 15 8 15 40 40 0 EVVDE
    53 38 15 8 15 41 43 -2 VDVVD
    47 38 12 11 15 44 41 3 DVEDD
    46 38 11 13 14 40 53 -13 EDVDD
    44 38 11 11 16 49 59 -10 DVDDD
    42 38 12 6 20 39 60 -21 DVVED
    41 38 10 11 17 31 42 -11 VVEDV
    37 38 7 16 15 34 41 -7 DDDDV
    36 38 8 12 18 39 57 -18 DDEEE
    35 38 9 8 21 34 60 -26 DDEVV
    22 38 3 13 22 29 69 -40 DDDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
29/11/2022 12:26:14