publicidade

Veja propostas de reforma no estatuto do São Paulo: Reeleição do presidente e Conselho reduzido:

Clube irá votar no próximo dia 18 uma nova configuração política para os próximos anos

O Conselho Deliberativo do São Paulo irá votar no próximo dia 18 uma reforma estatutária que prevê grandes mudanças na política do clube caso seja aprovada.

Dentre todas as propostas apresentadas no projeto, a que pode gerar maior impacto no clube é a da reeleição do presidente. Atualmente, o mandato de Julio Casares é único e de três anos. Empossado no início de 2021, ele fica no cargo até o final de 2023.



Para que ele possa se candidatar para mais um mandato, porém, a proposta precisa receber voto favorável de mais da metade do Conselho Deliberativo, o que hoje representa 131 votos (são 260 conselheiros no total, sendo que 160 são vitalícios).

Na última eleição do Conselho Deliberativo, realizada no final do ano passado, a chapa Grafite, liderada por Julio Casares, elegeu 74 conselheiros. A chapa Branca, de Roberto Natel, conseguiu 26 cadeiras.

A reeleição para presidente no São Paulo foi extinta em abril de 2017, quando um novo estatuto social foi aprovado durante a gestão de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Caso o novo texto seja aprovado, essa proposta entrará em vigor a partir do início de 2024.


Veja abaixo outras das principais propostas da reforma estatutária:

Mandato dos conselheiros

Diminuição do Conselho Deliberativo
O projeto também prevê a diminuição do número de conselheiros. De 260, a ideia é que a partir da próxima eleição esse número caia para 200. Isso faz com que a eleição para presidente tenha menos votantes.

No sistema eleitoral do São Paulo, os sócios votam nos conselheiros, que elegem o presidente do clube.

Diminuição dos vitalícios

Na redução do Conselho também está prevista a diminuição do número de vitalícios, que hoje é de 160. No novo projeto a intenção é reduzir para 120.

As vagas de conselheiros vitalícios só são preenchidas quando dez delas ficam abertas, seja por morte ou renúncia. Caso essa parte do texto seja aprovada, o número de substitutos também sofreria alteração.



Atualmente, os conselheiros do São Paulo têm um mandato de três anos. O projeto da nova reforma prevê que eles permaneçam em suas cadeiras por seis anos.

A intenção com essa medida é que o processo eleitoral no clube seja reduzido. No entendimento de parte do Conselho, há muitas eleições para definir uma nova formação do órgão.

A aprovação do projeto, portanto, tornaria mais demorada uma renovação no Conselho.

VEJA TAMBÉM
- São Paulo quer contratação de novo volante para reforçar o elenco no meio-campo
- ALVO DE MUITAS CRÍTICAS! Ex-São Paulo tem saída decretada por torcedores após derrota para o Tricolor
- VITÓRIA DO TRICOLOR! São Paulo supera o Grêmio e retorna ao G-4, mantendo gaúchos na degola


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 2 14

Comentários (13)
12/11/2021 09:19:00 Rogério Manoel

Esse bando de conselheiros recebem salários?

Essa bosta não resolve nada , tem que sair esses caras do sao paulo

11/11/2021 20:11:55 Fabiano Ribeiro

Tem que separa os conselheiro dritoria geral se aposenta cambada de velharado esse cata fazem mal pra torcida

11/11/2021 20:10:28 Fabiano Ribeiro

Cara pra ser presidenti de qualquer clube grande o cara tem que ser malandro tem ser ligeiro olha cara do casares na moral esse cara conhece porra nem uma os empresario fala alto ele abaixa cabeca

11/11/2021 15:36:24 Paulo Monteiro de Mello

Separa o social do futebol para o bem do Clube!!

11/11/2021 15:36:03 Ally Santos

So sei de uma coisa, esses energúmeno que vota para tudo no SPFC nao representa a tocida,sao pessoas que so querm destruir o Club porpor mim acabava com esses conselheiro mim

11/11/2021 15:17:28 Daniel Fehr

Separa o futebol do social e socio torcedor decide tudo mais relevante por votação digital.

11/11/2021 14:57:18 Luiz Antonio Alves da Cunha

E quem vota para diminuir o número de conselheiros? Os próprios conselheiros! Podem aprovar tudo, menos a diminuição do número de deles! Seria aa mesma coisa que o Congresso Nacional, que e composto por senadores e deputados federais, votassem para diminuir o número deles, NÃO PASSA NUNCA! Agora, se fosse para dobrar o número não haveria um voto contra!! E esses conselheiros tem a mesma utilidade do Congresso Nacional NENHUMA!

bronze
11/11/2021 13:51:08 PP_TRICOLOR

Separar o futebol do social esses arrombados não querem né? Se n for pra mexer nisso deixa como tá mesmo

11/11/2021 13:46:44 Romulo Raniere Gomes Rocha

Repito o time uma bosta e o safado pensando em reforma divisao de club quetem empura essas trangueiras pra vender e deixa o neves o benites no banco sao aceito desculpas. O imdependente cade vcs pelo amor de Deus. Vcs so vao acorda guando o time estiver rebaixado. Ai nao adianta. Vao pra cima cobrem essa diretoria eles estao exigindo que coloquem essas perebas pra jogar.

prata
11/11/2021 13:27:16 regulation

Querem dar um jeito de perpetuar esse seboso na presidência.

11/11/2021 13:10:43 Alison S.P

Esse merda não pode ser reeleito nem ferrando ja demostrou ser um incompetente por umas contrações que fez eder Wiliam pagando uma fortuna por orejuela que ta uma merda renovar com Pablo trouxe dois péssimos treinadores pro clube horrível esse casares

11/11/2021 12:33:08 Ecio Duarte

Nao adianta a mudanca a corrupcao continua todo mjndo ganha din din e torcedor que se foda kkkkksabe porque a torcida independente nao faz manifestacao contra a diretoria porque eles ganham ingresso onibus pra viaja refeicao tudo pago pelo tricolor pqp se vira empresa z mamata acaba kkk

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.