apostas Pressão na saída de bola e organização tática fazem São Paulo de Crespo vencer contra o Palmeiras
publicidade

Pressão na saída de bola e organização tática fazem São Paulo de Crespo vencer contra o Palmeiras

0 0 0
Pressão na saída de bola do Palmeiras foi crucial para a vitória do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/ São Paulo FC)

Na última sexta-feira (16), o São Paulo bateu o Palmeiras por 1 a 0, no Allianz Parque, em partida válida pela quinta rodada do Paulistão. Contra um esquema de três zagueiros, o treinador Hernán Crespo conseguiu ajustar sua equipe, exercendo forte pressão na saída de bola alviverde. Veja como o Tricolor jogou.



Jogando contra uma equipe montada pelo treinador Abel Ferreira num 3-4-1-2, o time de Crespo conseguiu anular completamente a transição ofensiva palmeirense. Essa obliteração se deve, principalmente, à forte pressão em cima dos volantes e do meia Gustavo Scarpa e à marcação individual nas alas.


LEIA TAMBÉM: Flamengo não aceita menos de 20 milhões de euros por Arrascaeta


Pelos lados, principal forma de saída de jogo do Verdão, Daniel Alves e Reinaldo foram responsáveis por marcarem individualmente os laterais Mayke e Victor Luis, forçando a saída de bola do Palmeiras pelo meio, onde a pressão tricolor fazia com que Felipe Melo e Zé Rafael recebessem a bola sob marcação, com dificuldades para se virar para o ataque e iniciar a construção da jogada.

Os atacantes Pablo e Luciano foram os responsáveis por pressionar a linha de defesa formada por Danilo Barbosa, Kuscevic e Alan Empereur. Dessa forma, em vários momentos a bola foi recuada para o goleiro Vinícius Silvestre, que fez, inclusive, uma boa partida com a bola nos pés.

Sem possibilidades de escapar da marcação do São Paulo e iniciar as jogadas, a ligação direta passou a ser uma possibilidade interessante para o Verdão, porém também não funcionou, pois Luan impossibilitou a bola de chegar em Gustavo Scarpa e o trio de zaga são-paulino dificultou que a bola chegasse em Luiz Adriano e Willian.

Quando a dupla de ataque dos donos da casa teve a bola, a defesa são-paulina optou pelas faltas táticas, interrompendo lances de ataque nos quais os pivôs de Luiz Adriano e Willian poderiam ser perigosos.

Assim, Hernán Crespo conseguiu fazer com que o São Paulo anulasse a criação do Palmeiras e, por consequência, dominou a partida. O Tricolor conseguiu manter 57% da posse de bola durante o jogo, finalizando 15 vezes, contra apenas oito chutes do rival.

Com a posse, o São Paulo acelerou o jogo pelos lados do campo, explorando as alas do Palmeiras, desprotegidas pelas subidas de Mayke e Victor Luis. Daniel Alves, jogando pela direita, levou perigo e, em alguns momentos, arranjou bons cruzamentos para área, nos quais Luciano quase balançou as redes.

Um dos grandes trunfos dessa pressão na saída de bola é a possibilidade de enfrentar uma defesa bagunçada, o que foi crucial para o lance do gol de Pablo, já na segunda etapa.

LANCE DO GOL

Aos 16 minutos do segundo tempo, a defesa do Palmeiras falhou duas vezes na saída de bola. Na primeira, o time alviverde recuperou a posse, mas se deparou com a forte pressão do São Paulo para tentar sair jogando novamente.

Sem poder passar para algum dos zagueiros ou algum dos volantes, o goleiro Vinícius Silvestre optou por acionar Gustavo Scarpa, aberto do lado esquerda.

No momento em que Scarpa recebe a bola, Daniel Alves chega rapidamente para pressionar o meia, que, ao ficar sem opções claras de passe, tentar fazer o passe por cima do camisa 10 do São Paulo.

O camisa 14 do Palmeiras errou o passe e Daniel Alves roubou a bola, pegando a defesa adversária desprevenida, tendo espaço para invadir a área com opção de passe livre na área.

Pega de surpresa, a zaga palmeirense não conseguiu acertar o posicionamento a tempo e Pablo ficou livre para receber e finalizar para o gol.

Marcação individual pelos lados, pressão na saída de bola, velocidade nas costas dos alas. O São Paulo de Hernán Crespo fez uma grande atuação tática, anulando o jogo do Palmeiras e impedindo qualquer criação ou chance de perigo do rival.



O argentino segue fazendo um belo trabalho à frente do Tricolor, mostrando muita organização tática e leitura de jogo, interpretando as necessidades de adaptação da equipe ao adversário enfrentado.

O São Paulo volta aos gramados na terça-feira (20), às 21h30, para enfrentar o Sporting Cristal, do Peru, no Estádio Nacional do Peru, em Lima. A partida marca o início da fase de grupos da Libertadores e o início da campanha do Tricolor no campeonato.

Pressão, saída, bola, organização, tática, São Paulo, Crespo, Palmeiras

VEJA TAMBÉM:Em alta no São Paulo, Benítez tem sondagens do exterior

CONFIRA:
[PRÓXIMO JOGO] Saiba onde assistir, horário e informações de São Paulo x Racing














Avalie esta notícia: 14 0

Comentários (6)

18/04/2021 04:34:46 Fábio Anderson

Crespo ta so de passagem...se ganhar um título ai vem chuva de dólares e ele nao vai aguentar. Vai embora fácil. Lembra dos outros? Teve um que foi pro México kkkkkkk afundou o time lá

18/04/2021 00:21:10 Ricardo Andrade

Spfc sempre perde um tecnico para selecoes

17/04/2021 19:27:05 Luiz Correa

Foco na Liberta !!! O título no Paulistinha e consequência do trabalho.

17/04/2021 16:56:05 Alvaro Guedes

O foda de todo mundo encher a bola do Crespo é daqui a pouco vai começar o assédio. Principalmente das seleções da América do Sul.

17/04/2021 15:27:31 Jair Silva

Com. Raça, assim. Que. Ganha jogo grande.

17/04/2021 13:51:38 João Quaresma

Temos que bater as galinhas agora

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Libertadores

    Ter - 21:30 - -
    São Paulo
    São Paulo
    Racing Club
    Racing Club

    Último jogo - Paulista

    Dom - 20:30 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    4 0
    X
    Mirassol
    Mirassol
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
17/05/2021 22:25:03