publicidade

Com sonho de retornar, relembre as passagens de Luis Fabiano pelo São Paulo

0 0 0
Luis Fabiano nunca foi de esconder sua vontade de defender a camisa do São Paulo mais uma vez. O jogador voltou a falar sobre sua ambição no programa 'Bola da Vez'. Para o atleta, seria "um sonho" encerrar a carreira pelo Tricolor do Morumbi.



LEIA TAMBÉM: SPFC recebe sondagem de clube italiano por Liziero

Com isso, decidimos relembrar as passagens do Fabuloso pelo Morumbi e mostrar porque o artilheiro se tornou ídolo do tricolor.

Artilheiro nato, um atacante letal dentro dos retângulos que ornam a baliza. Luis Fabiano Clemente, o Fabuloso, camisa nove que honra a profissão de fazedor de gols. Natural de Campinas, principal cidade do interior paulista, começou sua carreira na Ponte Preta.

Em 2001, o centroavante desembarcou no Morumbi e iniciou um grande ciclo de gols com a camisa tricolor. Até 2004, foram 87 jogos oficiais, 61 tentos e o título do Torneio Rio-São Paulo. Marcas suficientes para conquistar lugar cativo no coração do exigente são-paulino. Em uma única partida, chegou a marcar 5 vezes.



SEGUNDA PASSAGEM

Na tarde de 11 de março, Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo, anuncia o retorno de Luis Fabiano ao clube, após a contratação junto ao Sevilla, por 7,6 milhões de euros (19,9 milhões de reais), firmando um contrato com duração de quatro anos. No dia de sua apresentação havia aproximadamente 45 mil pessoas no Estádio do Morumbi, uma das maiores do futebol brasileiro e a sexta do futebol mundial.

Após o retorno, Luis Fabiano teve problemas para reestrear devido a lesões no joelho, mas após longo período fora dos gramados ele reestreou pelo São Paulo, no dia 2 de outubro contra o Flamengo no dia do aniversário de 51 anos do Morumbi. No dia 19 de outubro, na sua quinta partida, em jogo válido pela Copa Sul-Americana, marcou seu primeiro gol no retorno ao São Paulo contra o Libertad, aos 31 minutos do segundo tempo.

Em junho de 2012 , Luis Fabiano foi duramente criticado pela imprensa, torcida, pelo técnico Emerson Leão e até mesmo pelos companheiros de time, por tomar muitos cartões por reclamação e desfalcar a equipe em jogos decisivos.

Em julho, depois de ser chamado de pipoqueiro por parte da torcida após maus resultados no Brasileirão, Luís Fabiano deu indícios de que poderia sair do clube. No entanto, reconciliou-se logo com o torcedor são-paulino, marcando dois gols na goleada contra o Flamengo pela 13ª rodada do Brasileirão. Na ocasião, ultrapassou a marca de Leônidas da Silva (144 gols), tornando-se o sétimo maior artilheiro da história do clube.

Em 26 de agosto ainda de 2012, Luís Fabiano foi fundamental na vitória são-paulina por 2 a 1 sobre o rival Corinthians, ao marcar ambos os gols tricolores sobre o alvinegro. O São Paulo não batia o clube do Parque São Jorge no Pacaembu havia sete anos. Foi vice-artilheiro do Brasileirão 2012 com 17 gols, três a menos que Fred do Fluminense, mesmo assim teve a melhor média de gols do campeonato, foi artilheiro da Copa do Brasil e ajudou o clube a voltar a disputar a Libertadores após dois anos de ausência,

Apesar de uma tola expulsão no jogo de ida da final da Copa Sul-americana, contra o Tigre, reacender as críticas contra ele. O centroavante foi campeão da Copa Sul-Americana, o último conquistado pelo tricolor.

No dia 9 de abril de 2014, em uma partida contra o CSA, no Morumbi, pelo segundo jogo da primeira fase da Copa do Brasil, Luís Fabiano marcou 2 gols e igualou a marca de Teixeirinha, se tornando também o terceiro maior artilheiro da historia do São Paulo, com 190 gols.




Em 2015 contra o Figueirense, em jogo pelo Campeonato Brasileiro, Luis Fabiano jogou sua última partida com a camisa do São Paulo e marcou seu último gol no Morumbi. Na despedida, o tricolor derrotou os catarinenses em um jogo difícil, por 3 a 2 e no gol, o fabuloso foi até o escudo para celebrar.





LEIA TAMBÉM: Veja o que os candidatos à presidência do SPFC pensam para o futebol

São Paulo, luis fabiano, passagem, carreira







CONFIRA: São Paulo se prepara para 6 jogos em 18 dias

VEJA: São Paulo repete planejamento da pré-temporada


Luan e Liziero entram na lista de vendas, Paulistão volta em Julho, CBF X DORIA, recorde de Diniz


Avalie esta notícia: 1 0

Comentários (9)

29/06/2020 23:08:08 Samuel Vilar

Há 5 anos ja estava lento. Agora então. Kkkkkkk Pessoal viaja.

29/06/2020 17:48:47 1983SPFC

Para o paulistinha, não é ruim. Só não pode querer chegar dominando e querendo ser titular sem merecer.

29/06/2020 18:39:12 keterson brandao de mattos

Luis Fabiano chegar agora ainda vira artilheiro do ano

29/06/2020 18:09:06 Duda Martins Fábio

Acho que deve voltar com um salário baixo e de produtividade , e quem sabe entrar aos 30 minutos do segundo tempo.

29/06/2020 17:55:02 Rodrigo Marques

Do jeito que tá o Luiz com quase 40 , ele ainda finaliza melhor que Pablo, pato e companhia kkkkkkkkk

29/06/2020 17:44:23 Fabio Bertuccelli

Acho que deve voltar sim p enfim tentar ser o maior artilheiro do clube e encerrar sua carreira com o manto e se possível campeão.Ja que este ano esta morto mesmo fazer um contrato de produtividade e assim encerrar esse ciclo.E depois se tornar um membro da comissão permanente nas categorias de base.

29/06/2020 17:36:42 Jose Feitosa

Com todo o respeito que o Luiz Fabiano merece eu acho que não dá mais.

29/06/2020 17:33:49 Wilton Rocha

Boa volta terminar a carreira no São Paulo e fica na diretoria pra defender o clube como sempre defendeu.

29/06/2020 17:31:18 Rian Santoos

Esse ídolo em campo vai render mais do que o Pablo!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.