publicidade

São Paulo paga direito de imagens atrasados e 50% dos salários

Clube põe em ação proposta recusada pela maioria do elenco em negociação e tenta buscar solução do problema financeiro enquanto acompanha impactos da crise do coronavírus

O São Paulo pagou dois meses de direitos de imagem atrasados (janeiro e fevereiro) e 50% do salário CLT de março aos jogadores.

Com o pagamento, o São Paulo colocou em prática a proposta de readequação salarial que foi recusada pela maior parte do elenco. O "blog do PVC" havia noticiado que isso aconteceria mesmo sem o acordo com os atletas.



Apesar do desacordo, o São Paulo tenta buscar alternativas para encontrar uma solução desse problema, ao mesmo tempo em que acompanha os impactos da crise.

Por outro lado, advogados especializados em direito esportivo apontam que não há respaldo jurídico para fazer o corte sem um acordo com os jogadores.

O clube ofereceu reembolsar os 50% descontados em seis parcelas a partir do mês seguinte ao fim da crise do coronavírus e também congelar os pagamentos de direitos de imagem a partir deste mês de abril.

O direito de imagem de março segue pendente. Na proposta salarial, o São Paulo projeta pagar "assim que possível." Nem todos os atletas do elenco recebem parte do pagamento em direito de imagem.

Alguns jogadores entendem que a diretoria tenta incluir no acordo dívidas antigas que mantêm com os atletas. Esse jogadores querem primeiro receber os valores atrasados, entre imagens e luvas, para então discutir acordo relativo a pagamentos futuros.


Assim como os jogadores, o diretor executivo de futebol Raí também entra no corte salarial com uma redução na mesma proporção dos atletas. Na semana passada ele comentou sobre a negociação, em entrevista para a rádio "CBN".

– Conversamos com jogadores. Não é fácil. É uma coisa nova. Envolve dinheiro, negociação e é algo incerto. Ninguém sabe quanto tempo vai durar ou ficar parado. Negociação coletiva nunca é fácil. Mas foi uma conversa sempre contando com bom senso e uma conversa aberta. Tentamos colocar para os jogadores que o que vamos tentar fazer é o viável no momento. O que é possível para o clube e que eles compreendam que, na medida do possível, fizemos uma proposta, dentro do possível, para que eles não percam nada mas que tenhamos um prazo. Foi colocado e tentando explicar – disse Raí.

O São Paulo tem uma preocupação interna financeiramente, pois as receitas diminuíram sem a realização dos jogos. A folha salarial total do elenco é de aproximadamente R$ 12 milhões. Caso a crise dure por três meses, o departamento financeiro projeta um prejuízo de cerca de R$ 100 milhões.

Veja em detalhes a proposta do São Paulo aos jogadores:
Dois meses de direitos de imagens pagos até o dia 5 de abril. O outro mês (março) assim que possível;
50% do salário CLT de março no dia 5 de abril;
50% do salário CLT de 10 dias de abril no dia 5 de maio;
50% do salário CLT sempre nos dias 5;
manter um mínimo de R$ 50 mil na CLT;
Valores de luvas CLT serão incorporados e sofrerão mesmo desconto;
Valor descontado será reembolsado a partir do mês seguinte em que tudo voltar ao normal, com rendas para o clube, em 6 parcelas iguais, junto com salários;
Imagens de 1 de abril (vencimento 10 de maio) em diante congeladas até a volta de tudo, e os valores pagos em 6 parcelas depois que tudo voltar ao normal;
Caso haja prejuízo definitivo e importante em valores que o clube não vá mais receber a ideia seria negociar um desconto permanente, mas não definido agora;
Caso tudo não retorne ao normal até 30 de junho será necessária uma nova negociação.



Veja os detalhes da propostas de férias aos jogadores:

Férias coletivas de 2 a 21 de abril;
Respeitar a solicitação da CBF;
Além dos 20 dias de férias em abril, outros dez dias serão tirados no fim do ano;
Na possibilidade de tirarem mais dez dias do final do ano, haverá a concessão de licença remunerada
50% do valor das férias de abril será pago no dia 5 de maio, e os outros 50% mais um terço em dezembro.

São Paulo FC, Tricolor, SPFC, redução de salário, pagamento

VEJA TAMBÉM
- Thiago Carpini é demitido do São Paulo após quatro meses no cargo
- Campeão da Champions League deve ser anunciado como treinador do São Paulo
- São Paulo é derrotado pelo Flamengo e pressão sobre Carpini aumenta


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 15 2

Comentários (1)
07/04/2020 07:28:04 Wesley De Souza Novaes

Porra , a matetia diz q nao foi aceito pela maioria!! Bom nao e mesmo, mais infelizmente nao podemos fazer nada.. nos q ganha um salario de 2mil por mes, q ainda estamos trabalhado temos q fica 15 dias no mes trabalhando e 15 dias em casa.. os que ganha menos ai ganha de salario 100mil fora imagem etc. Tão achando ruim, tem site falando em ate jogaodres querendo recindi com o sao paulo. Cade o amor ao proximo cade o amor ao clube ?? Nao existe so pensa em dinheiro

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Dom - 18:30 - Antônio Accioly -
    Atletico Goianiense
    Atletico Goianiense
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Brasileiro

    Qua - 21:30 - do Maracanã
    https://media.api-sports.io/football/teams/127.png
    Flamengo
    2 1
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade