publicidade

ANÁLISE: Oeste 0x4 São Paulo - Pato desencanta, Dani Alves o cara do time e o Dinizismo é real

Tricolor goleia Oeste por 4 a 0 com méritos na primeira partida de Igor Gomes e Antony juntos

0 0 0
Exatos 45 segundos de posse de bola sem deixar o Oeste encostar e 15 troca de passes. Assim o São Paulo abriu o caminho para a goleada por 4 a 0 no sábado de Carnaval, na Arena Barueri. Participaram da construção da jogada do primeiro gol de Daniel Alves, com assistência de Reinaldo: Arboleda, Antony, Tchê Tchê, Vitor Bueno, Bruno Alves e Igor Gomes. O "gol tático" é mais uma prova de um time que cada vez mais joga ao estilo do técnico Fernando Diniz. Diferentemente das três partidas anteriores, o São Paulo criou e converteu as chances, embora na minha opinião mais uma vez tenha sido prejudicado por um pênalti não marcado em Igor Gomes pelo árbitro Raphael Claus.



LEIA TAMBÉM: Alexandre Pato ganha titularidade no São Paulo

O time que todo torcedor queria ver desde o início de 2020. Claro que a fragilidade do adversário conta nessas horas, mas, se vencesse no sufoco ou tivesse um resultado diferente da vitória, muitos xingamentos iriam aparecer para o tricolor. O São Paulo não só venceu, como convenceu, mas não os 90 minutos inteiro.

Daniel Alves (como pega bem de primeira o meu camisa 10) marcou um belo gol. Antes disso, o time já tinha produzido várias outras chances, um início frenético. Após o primeiro gol, o São Paulo deu a ''relaxada'' de costume quando está a frente do placar, disse em outras análises aqui que não é culpa do Diniz ou de nenhum outro técnico, mas está no costume do time dos últimos anos, se acomodar no placar. No fim do primeiro tempo, o Oeste assustou com bola na trave e obrigando Tiago Volpi a fazer algumas defesas.

Já no segundo tempo, ainda em um ritmo baixo, o São Paulo valorizou aquilo que mais ama, a posse de bola, mas aumentou um pouco a pressão. Com a saída de Vitor Bueno para a entrada de Hernanes, que era pedido pela torcida, o Tricolor não demorou muito para marcar de novo, apenas 2 minutos depois, fez com que Alexandre Pato acabasse com a zica e desencantasse na Arena Barueri, aonde Rogério marcou seu centésimo, Pato voltou a marcar. Depois disso foi um passeio de controle e posse de bola, jogadas bem trabalhadas e pressão ofensiva. Antony e principalmente Igor Gomes dão um ritmo e uma cara nova ao São Paulo.

O terceiro gol foi creditado aos donos da partida. Pato deu uma linda assistência para Daniel Alves marcar o seu segundo gol, embaixo das pernas do goleiro. Para concluir a goleada, pasmem, o São Paulo teve um pênalti marcado ao seu favor. Alexandre Pato assumiu a responsabilidade, acredito que Reinaldo ainda bata os pênaltis em jogos mais decisivos, e fechou o placar em um 4 a 0. Se o tricolor estava devendo gols, ontem foi o dia de pagar o que se devia.

A goleada por 4 a 0 do São Paulo com gols de Daniel Alves (2) e Pato (2) teve marcas importantes:

Pato desencantou: ele não marcava desde agosto. O camisa 7 sofreu pênalti e deu assistência para Daniel Alves. Ele já havia feito dois gols (mal anulados pela arbitragem, contra o Novorizontino). O atacante está em evolução desde o início de 2020 e é um jogador completamente diferente do que terminou 2019 em baixa;

Daniel Alves artilheiro: o camisa 10 chegou aos quatro gols na temporada em fevereiro. Artilheiro do elenco em 2019, Pablo fez sete gols na temporada passada;

Pontaria afiada: o São Paulo finalizou 15 vezes e fez quatro gols. Ou seja, média de 3,75 chutes para marcar, bem melhor do que vinha acontecendo até então, com seis gols marcados após 116 finalizações;

Dupla de Cotia: pela primeira vez em 2020 Fernando Diniz teve Antony e Igor Gomes à disposição juntos.

Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Antony, Vitor Bueno e Pato. Esse foi o time escalado por Fernando Diniz. Em relação ao Tricolor que bateu o Internacional por 2 a 1, no Morumbi, pelo Brasileirão de 2019, só há uma mudança: Pablo por Pato.

O treinador exaltou a base forte do elenco. A observação ganha peso por dois fatores:

- O banco do São Paulo contra o Oeste tinha Hernanes, Pablo, Liziero e Everton, entre outras opções;

- O São Paulo não contratou (nem deverá contratar neste começo de ano) novos reforços para 2020. As únicas "novidades" foram as manutenções dos antes emprestados Vitor Bueno, Tiago Volpi e Igor Vinícius. E essa é justamente a principal vantagem do São Paulo, segundo o próprio Fernando Diniz.

Agora manter o ritmo, pois é possível jogar o paulistão como jogou ontem e conseguir se manter na Libertadores, da para disputar as duas competições igualmente.



LEIA TAMBÉM: Técnico destaca força do elenco após primeira goleada pelo São Paulo

São Paulo, Oeste, vitória, Paulistão

VEJA: Atacante Rojas aguarda o São Paulo para decidir o seu futuro

CONFIRA:
Fernando Diniz passa por novo momento conturbado no São Paulo


Comentários (4)

23/02/2020 14:35:33 Iphium

Saiu a Zika finalmente , todo trabalho tem contratempos , começam a aparecer pontos negativos e se tiver tempo e respaldo o técnico consegue corrigir , sempre estará aparecendo um
Ponto negativo até que com tempo os atletas estejam tão bem treinados que tudo será natural e o estilo de jogo fluíra . Será q Veremos o tricolor começar sempre nesse ritmo todos os jogos e depois com o placas favorável ( esperamos q de no mínimo 2 x 0) o time vá imprimir o ritmo do segundo tempo ? Seria muuuito bacana .

23/02/2020 13:00:09 Adevaldo Vargas Pardinho

Fez 4 tudo bem mais vamos devaga pq ainda falta muito pra ser um time ideal

23/02/2020 12:50:29 Tricoração

A respeito da parte final da análise, o SP não contratou e não deve contratar msm, chegada dos come, bebe e dorme, ou os "cansados", que vinham pro SP pra tirar férias.

Mantém esse time, trabalhando com q base e lançando os garotos.

Só acho q o Diniz deveria refletir a respeito de uma vaga para o Luan nesse time, pois trata de um jogador forte na marcação, habilidoso e que sabe sair jogando, claro, hj não tem como ser titular absoluto, diante do meio campo forte que temos, mas é uma coisa para se pensar no futuro.

23/02/2020 12:46:07 Ronaldo Costa

Ufaaaaaa.... finalmente

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - Antônio Accioly -
    Atletico Goianiense
    Atletico Goianiense
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Brasileiro

    Sáb - 19:00 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    1 1
    X
    Coritiba
    Coritiba
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Internacional
    2 São Paulo
    3 Atletico-MG
    4 Flamengo
    5 Palmeiras
    6 Grêmio
    7 Fluminense
    8 Ceará
    9 Corinthians
    10 Santos
    11 Bragantino
    12 Atletico Paranaense
    13 Atletico Goianiense
    14 Vasco DA Gama
    15 Sport Recife
    16 Fortaleza EC
    17 Bahia
    18 Goiás
    19 Coritiba
    20 Botafogo
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    62 32 18 8 6 55 30 25 VVVVV
    58 32 16 10 6 52 34 18 DDEDE
    57 32 17 6 9 56 41 15 EVEDV
    55 31 16 7 8 53 41 12 DDVVD
    52 32 14 10 8 45 31 14 EVDDE
    51 31 12 15 4 40 27 13 VEEED
    50 32 14 8 10 45 40 5 VDVEV
    45 32 12 9 11 47 42 5 DVDVV
    45 31 12 9 10 38 36 2 VVDVD
    45 32 12 9 11 44 44 0 VVDDD
    44 32 11 11 10 45 37 8 VEVVV
    42 32 12 6 14 29 31 -2 VEEDV
    42 32 10 12 10 32 37 -5 EEDVV
    36 32 9 9 14 34 47 -13 VDDVE
    35 32 10 5 17 26 41 -15 VDDDV
    35 32 8 11 13 28 32 -4 DEDVD
    32 31 9 5 17 36 53 -17 DDEVD
    29 32 7 8 17 33 54 -21 VDDDV
    27 32 6 9 17 27 43 -16 DEVEE
    23 32 4 11 17 27 51 -24 DDDDD
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
28/01/2021 13:23:52