São Paulo faz mistério sobre formação e presença de Ceni no sábado
publicidade

São Paulo faz mistério sobre formação e presença de Ceni no sábado

0 0 0
Depois de um empate suado em casa pela Taça Libertadores da América, contra o Independiente de Medellín-COL, na quarta-feira, o São Paulo despista sobre a formação que vai utilizar no jogo do próximo sábado, contra o Barueri, pelo Campeonato Paulista.

O técnico Muricy Ramalho evitou confirmar uma formação composta em sua maioria por jogadores reservas, como utilizou no último domingo, contra o Corinthians, mas relembrou que a estratégia teve sucesso esta temporada para evitar o cansaço.

"Temos que ver o nosso planejamento. Li tantas bobagens antes do jogo contra o Corinthians, de como poderíamos escalar um time reserva. Mas poucos falam que tínhamos jogado na quinta-feira [anterior ao domingo] às 22h. As pessoas comentam sem saber, se tivéssemos posto o mesmo time deste jogo [contra o Independiente] diante do Corinthians, não faríamos frente ao Corinthians", disse o treinador.

"É sempre muito legal falar que tem que jogar sempre com o que tem de melhor, mas isso fica no papel, ali dentro é duríssimo. Até agora, não tivemos nenhum jogador machucado", continuou.

O volante Jean aparece como um candidato para sair do time neste sábado. Isso porque o camisa 15 é o único jogador da equipe que esteve presente em todos os jogos deste início de temporada, somando a incrível quantia de 810 minutos (sem contar os acréscimos) em campo --total de nove jogos.

O meio-campista, no entanto, diz que quer jogar no final de semana. "Quero jogar, esse é o meu desejo. Já estou me preparando para o próximo jogo. Mas só ficarei fora caso o Muricy decida. Se ele me perguntar já tenho a resposta pronta. Quero jogar."

Rogério Ceni

Assim como aconteceu contra o Independiente de Medellín, na última quarta-feira, o goleiro são-paulino Rogério Ceni também não deve enfrentar o Barueri, no sábado, pelo Campeonato Paulista. Essa é a previsão do próprio goleiro, que ganhou carta branca do departamento médico para decidir o melhor momento para voltar.

"Fiz muito pouco físico este ano. Voltei de férias, trabalhei praticamente uma semana e já me lesionei. Se fosse em meio a uma temporada, a recuperação seria mais rápida, mas agora é difícil", afirmou o jogador.

"Só trabalhei dois dias com bola, é preciso ter mais paciência desta vez. Acho que para sábado é difícil, talvez na quinta-feira [dia 26, contra o Oeste, no Morumbi], mas ainda não dá para saber", completou o goleiro.

Depois de 14 dias em tratamento de um edema na parte posterior da coxa, Rogério ainda não está 100%.

O jogador sofre com um edema no músculo posterior da coxa direita. O capitão são-paulino sofreu a lesão na partida contra o Bragantino, no dia 4 de fevereiro. Caso não atue, ele vai desfalcar a equipe pelo quinto jogo seguido.
VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: São Paulo, Corinthians e Flamengo monitoram jogador do Santos, que segue sem renovar

LEIA TAMBÉM:Pato deve ganhar sequência em posição na qual se destacou com Osorio

E MAIS: Neres se aproxima de renovação no Ajax e pode "frustrar" São Paulo


Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 6 4

Comentários (1)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.