Experientes x novinhos: Como Majestoso é também um conflito entre gerações
publicidade

Experientes x novinhos: Como Majestoso é também um conflito entre gerações

0 0 0
Ralf x Igor Gomes é um dos duelos que pode se repetir no clássico entre Corinthians e São Paulo hoje (Imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O Majestoso de hoje, pelo Campeonato Brasileiro, pode ser visto também como uma espécie de conflito de gerações entre Corinthians e São Paulo. Enquanto o Alvinegro é construído em torno de jogadores com enorme experiência, o Tricolor aposta em atletas que só viraram profissionais recentemente. Disso tudo nasce uma diferença etária que pode chegar a cinco anos entre os times.



A escalação corintiana é recheada de jogadores mais velhos, incluindo Cássio, Fagner, Ralf, Jadson e Vagner Love. Todos os citados têm em comum uma forte identificação com o Corinthians, somando 29 títulos conquistados e mais de 1.400 partidas jogadas pelo clube. O quinteto deve estar entre os titulares no clássico, o que eleva a média de idade da equipe a 29 anos e nove meses.



LEIA TAMBÉM: MONTE SUA ESCALAÇÃO! Como você entraria contra o Corinthians


Já o São Paulo pode entrar em campo com uma equipe até cinco anos mais nova em relação à do Corinthians. Se Cuca optar pela escalação do lateral direito Igor Vinicius (22), o zagueiro Walce (20) e o meia Igor Gomes (20), a média de idade são-paulina será de 24 anos e sete meses - é certo que o volante Luan (20) e Antony (19) serão titulares.

O técnico, porém, terá a chance de deixar o time mais experiente, pois Hudson, Arboleda e Hernanes estão recuperados fisicamente e podem voltar à equipe. Com o trio, a média de idade pula para 27 anos e três meses, ainda bem abaixo da corintiana.

Outro ponto é que, ao contrário do adversário, pouco jogadores têm mais de 100 jogos pelo São Paulo. Do grupo de atletas com chances de entrar em campo, somente quatro superam a marca: Hudson (182), Reinaldo (170), Hernanes (249) e Pato (103).

O próprio Cuca admitiu que muitos jovens do time ainda precisam evoluir. O treinador tomou Antony como exemplo. "É um menino muito promissor, já é uma realidade e ainda vai evoluir. Ele tem 15 jogos [são 24 na verdade] como profissional, é muito pouco. Vai aprender muito no dia a dia. Já é um grande jogador e vai melhorar", disse.

A diferença em relação às médias de idade, de certa forma, já foi notada na final do Campeonato Paulista, em abril, na última vez em que os rivais se encontraram. Era a primeira final da carreira profissional dos meninos do São Paulo, enquanto Fábio Carille tinha todos os seus "cascudos" à disposição.



Corinthians e São Paulo sobem ao gramado da Arena, em Itaquera, às 19 horas (de Brasília) deste domingo. O clássico vale pela sexta rodada do Brasileirão, no qual o Tricolor está invicto com 11 pontos, e o Alvinegro acumula oito pontos.

São Paulo, Experientes, Novinhos, Majestoso, Conflito, Gerações, SPFC

VEJA: São Paulo demite Romildo Lopes analista de desempenho do clube


E MAIS: Apesar das críticas, Nenê é aposta de Cuca para reverter resultados


SPFC ÚLTIMAS NOTÍCIAS: ADRIANO; DANI ALVES; GILBERTO E FELIPE LUÍS! - LAYLA REIS

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>







Comentários (4)

26/05/2019 11:35:38 Lourival Colamego

Temos que acreditar na vitoria ao entao....parar de ter esperancas!

26/05/2019 10:50:17 Daniel Mesquita

São Paulo 2x0 lixo

26/05/2019 10:35:22 Antonio Marcos Fernandes

Acredito sim na Vitória tricolor no futebol tudo é possível !

26/05/2019 10:02:17 Gui Santos

alguém acredita em Vitória ??

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.