publicidade

TJD-SP pune Miranda com apenas um jogo, já cumprido diante do Bragantino

Depois de pegar a pena mínima no julgamento, zagueiro do São Paulo está liberado para enfrentar a Ponte Preta, na próxima quinta-feira, no Morumbi

Expulso na derrota por 2 a 0 diante do Santo André, o zagueiro são-paulino Miranda enfrentou no fim da tarde desta segunda-feira o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, e o resultado acabou sendo favorável ao jogador. Por maioria de votos, ele foi punido por um jogo, cumprido contra o Bragantino, e está à disposição do técnico Muricy Ramalho para a partida contra a Ponte Preta na próxima quinta-feira, às 21h45m, no Morumbi, pela sétima rodada do Paulistão. As informações são do site Justiça Desportiva.

Miranda, que compareceu ao julgamento, foi denunciado no artigo 255 (praticar ato de hostilidade contra adversário ou companheiro de equipe) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), e a pena é de uma a três patidas. Roberto Armelim, advogado do São Paulo, lembrou que o zagueiro estava presente como réu primário, e alegou ainda que o adversário, o atacante Osny, "fez cena", uma vez que o lance não foi violento a ponto de o são-paulino pegar mais do que a pena mínima.

Isso apesar de o árbitro ter Cleber Wellington Abade ter colocado na súmula que o expulsou "por fazer uso do braço numa disputa de bola pelo alto, atingindo a cabeça do adversário, Sr. Osny Almeida Pereira, que necessitou de atendimento médico fora do campo de jogo e retornou logo em seguida. Vale ressaltar que o referido jogador já havia recebido cartão amarelo anteriormente".

Preparador físico é absolvido da acusação de agressão verbal

Os auditores concordaram com o advogado, assim como também absolveram o preparador físico do São Paulo, Luiz Carlos Neves, que poderia ter pego de 30 a 180 dias de suspensão. Ele foi denunciado no artigo 188 - manifestar-se de forma desrespeitosa, ou ofensiva, contra membros do Conselho Nacional de Esporte (CNE); dos poderes das entidades desportivas ou da Justiça Desportiva, e contra árbitro ou auxiliar em razão de suas atribuições, ou ameaçá-los. Segundo Abade, Neves foi expulso porque, gesticulando com os braços abertos, gritava "Quero ver quanto você vai dar de acréscimo! você está de sacanagem!".

VEJA TAMBÉM
- Thiago Carpini é demitido do São Paulo após quatro meses no cargo
- Campeão da Champions League deve ser anunciado como treinador do São Paulo
- São Paulo é derrotado pelo Flamengo e pressão sobre Carpini aumenta


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 2 3

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Dom - 18:30 - Antônio Accioly -
    Atletico Goianiense
    Atletico Goianiense
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Brasileiro

    Qua - 21:30 - do Maracanã
    https://media.api-sports.io/football/teams/127.png
    Flamengo
    2 1
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade