publicidade

São Paulo 1 x 1 Ituano - Tropeço inesperado no Morumbi

O São Paulo decepcionou em seu primeiro duelo na temporada de 2009. Diante de um público bastante pequeno, graças a uma noite chuvosa em São Paulo, o Tricolor ficou apenas no empate por 1 a 1 contra o Ituano, nesta quarta-feira à noite, no Estádio do Morumbi. A partida foi válida pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

O Sampa começou a partida com tudo e logo abriu o placar, com Hugo, tão decisivo na campanha do título brasileiro de 2008. No entanto, um erro de Miranda resultou no empate do time de Itu, que, no restante da partida, se defendeu do ataque são-paulino.

O time comandado por Muricy Ramalho sentiu a falta de ritmo de jogo, visivelmente. A equipe criou oportunidades, mas morreu nos minutos finais e não soube aproveitar sua primeira partida em casa na competição estadual.

Desatenção leva ao empate
Mesmo sem o famoso ritmo de jogo, o São Paulo comandou todas as ações do primeiro tempo contra o Ituano. Com a mesma base do time campeão brasileiro em 2008, o Tricolor demorou apenas 12 minutos para abrir o placar. Dagoberto fez boa jogada pela direita e achou Borges dentro da área. O artilheiro fez o pivô e deu de bandeja para Hugo, que bateu rasteiro, no canto direito de Alexandre Favaro.

O Tricolor continuou criando jogadas perigosas. Aos 20, Hernanes girou sobre o marcador e arriscou. A bola ficou na rede do lado de fora. Momentos depois, o garoto Jean também decidiu chutar de longe e ia marcando um golaço, se não fosse a defesa segura de Alexandre Favaro.

Tanta supremacia fez o São Paulo ficar desatento na defesa. E a desatenção de uma das defesas mais seguras do Brasil fez o Ituano se aproveitar e empatar a partida, aos 35 minutos. Henrique foi à linha de fundo e cruzou. Ricardo Xavier cabeceou para o gol, a bola desviou em Miranda, que enganou Rogério Ceni e marcou contra.

O São Paulo tentou retomar o controle da partida nos minutos finais, mas criou apenas uma oportunidade perigosa, quase nos acréscimos. Hernanes gingou pra cima do adversário e soltou a bomba, que foi bem defendida por Alexandre Favaro, que espalmou para escanteio.

Tropeço toma forma
O São Paulo voltou com uma novidade na equipe. Muricy cansou de Joílson e apostou na estréia do ex-vascaíno Wagner Diniz. Não pela alteração, mas o Tricolor melhorou em campo. As melhores chances nos primeiros minutos foram criadas por Hugo, aos 11 e 16 minutos. Em ambas as oportunidades, o meia arriscou chute rasteiro, mas não teve sorte.

Apesar das chances, o Tricolor paulista não empolgou o seu treinador, que decidiu mexer mais uma vez, tirando o cansado Dagoberto e colocando o estreante Arouca. Em seu primeiro lance, o volante achou Wagner Diniz pela direita. O lateral levantou na área, mas Borges se atrapalhou e perdeu a chance de marcar.

Arouca mostrou muita vontade em sua primeira partida no clube paulista. Aos 36 minutos, o volante cruzou para Borges, que matou no peito e arriscou um chute de primeira. A bola foi pela linha de fundo, para desespero dos torcedores que compareceram ao Morumbi.

No final, o São Paulo tentou pressionar com a já conhecida bola aérea. Muricy colocou o grandalhão André Lima no lugar de Hugo, para tentar alguma coisa no final da partida. Não conseguiu.

Próximos Jogos
O São Paulo joga sua primeira partida como visitante na temporada 2009 neste sábado. A equipe tricolor visita a Portuguesa, no domingo, às 17 horas, no Canindé, em São Paulo. Já o Ituano joga um dia antes, às 20h30, contra o Guarani, no Novelli Júnior, em Itu.

Ficha Técnica

São Paulo 1 x 1 Ituano

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo – SP
Árbitro: Robério Pereira Pires
Público:
Renda:
Cartões Amarelos: Borges (São Paulo); Anderson e Erick (Ituano)
Gols: Hugo aos 12’/1T (São Paulo); Miranda, contra, aos 35’/1T (Ituano)

São Paulo
Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Joílson (Wagner Diniz), Jean, Hernanes, Hugo (André Lima) e Jorge Wagner; Dagoberto (Arouca) e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho.

Ituano
Alexandre Fávaro; Henrique, Anderson, Thiago Bernardi e Murilo Ceará; Erick, Serginho (Ticão), Carlos Eduardo e Muriqui (Xaves); Ricardo Xavier e Alex Afonso (Anderson Aquino).
Técnico: Vinícius Eutrópio.

VEJA TAMBÉM
- Entrou pra história! Dorival Júnior e tricolor são homenageados por orquestra
- O PAI DOS RIVAIS! Tricolor possui números impressionantes contra os rivais
- REFORÇOS NO TRICOLOR: São Paulo prepara mais dois reforços de impacto, sendo eles um craque da Europa





Avalie esta notícia: 6 5

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.