publicidade

Abençoado, Borges comemora momento

Atacante diz que pediu para marcar dois gols em suas orações antes do jogo contra a Portuguesa

Com os três gols marcados diante da Portuguesa, o atacante Borges disparou na artilharia do São Paulo na temporada com 22 gols, cinco a mais do que Adriano, hoje na Inter de Milão e 10 a frente de Hugo, terceiro jogador do elenco que mais balançou as redes no ano.

Além disso, o atacante são-paulino assumiu a ponta da artilharia da equipe no Campeonato Brasileiro. Ele divide este posto com o meio-campista Hugo, cada um com 12 gols.

"Acho que estou vivendo um momento bastante especial. Um dos meus melhores períodos no São Paulo. Tenho trabalhado muito, pude dar algumas assistências e agora estou mais feliz ainda por voltar a fazer gols", ressalta Borges.

O atacante revela que antes do clássico contra a Portuguesa tinha pedido em suas orações para fazer dois gols. Foi contemplado logo com três.

"Nas minhas orações pedi para fazer dois gols e assim ajudar o São Paulo a conquistar uma importante vitória. Felizmente fui abençoado por Deus com mais do que eu havia pedido", diz o matador, que pela primeira vez no clube marcou três vezes na mesma partida.

Se não tivesse perdido 11 jogos do nacional, Borges certamente estaria brigando entre os primeiros artilheiros da competição. Até se contundir contra o Palmeiras, no primeiro turno, quando luxou o cotovelo esquerdo e ficou fora de oito jogos, Borges havia marcado seis gols e estava a apenas um de Marcinho (FLA) e Alex Mineiro (PAL), que com um a mais, lideravam a disputa pela artilharia.

"Acredito eu que se não tivesse me machucado poderia estar brigando pela artilharia da competição. Fiquei um mês machucado pela luxação no cotovelo, ai joguei mais quatro partidas e tive mais que ficar mais 15 dias parado por conta do tornozelo. No total fiquei 11 jogos fora e isso acabou me prejudicando", analisa o atacante, que ainda foi expulso logo no começo da partida contra o Palmeiras e cumpriu suspensão contra o Vitória.

Depois desses percalços, Borges disputou três partidas e marcou quatro gols: três contra a Portuguesa e um contra o Internacional.

"Venho trabalhando ainda mais para ajudar o time. Tenho procurado sempre fazer algo mais nos treinos. Estou fazendo fortalecimento e treino de finalização e isso ajuda muito", aponta Borges, que quer ainda mais concentração para enfrentar as dificuldades da seqüência do nacional.

"A mente tem que estar pronta para concentrar bem e ficar bem atento para as dificuldades que vamos encontrar no campeonato. Temos quatro finais e vamos nos focar bem nisso", completa.

VEJA TAMBÉM
- APOIO DO PROFESSOR! Zubeldía mostra confiança em atacante em fase difícil
- OPORTUNIDADE DE VENDA! São Paulo vê Copa América como vitrine para vender jogador!
- EM GRANDE FASE! Rafael comemora convocação para jogar a Copa América aos 34 anos!


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 4

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.