publicidade

Helena: Tá todo mundo lá

Surpresa mesmo, a derrota do Grêmio para a Lusa, embora o jogo fosse na casa portuguesa, com certeza, o que comprimiu a disputa pelo título entre os cinco maiores postulantes de maneira a não permitir previsões apressadas, ainda que o campeonato esteja na sua reta final.

E olhe que a Lusa conseguiu a proeza de ser melhor do que o favorito Grêmio por, pelo menos, três quartos da partida. Graças, sobretudo, ao talento de Edno, um meia, ala, que virou atacante e definiu o jogo com um passe e um tiro.

Pouco antes, o Cruzeiro recuperava a vice-liderança diante de seu mais feroz inimigo, o Galo, no Mineirão, por 2 a 0. Mas, apesar de ser um jogo de muita história e rivalidade, não foi surpresa alguma. Afinal, apesar da boa recuperação do Atlético, o Cruzeiro é melhor.

Assim como não surpreendeu a vitória do Flamengo sobre o Vasco, no clássico carioca. Nem mesmo pelo placar apertado de 1 a 0. Apesar da abissal distância entre o quinto colocado e o lanterna do campeonato, sempre vasco e Flamengo será sofrido, como foi.

Contudo, clássico que manteve os nervos à flor da pele do início ao fim foi aquele disputado por Palmeiras e São Paulo, no Palestra Itália.

A começar pela cena emblemática, logo aos 6 minutos, quando Rogério Ceni e Marcos estiveram frente à frente no primeiro momento crucial da partida - a cobrança de pênalti de Léo Lima em Jean. Dois dos maiores ídolos da história de São Paulo e Palmeiras, pela fidelidade e competência de ambos, dois símbolos de simbólicos clubes brasileiros, num duelo pessoal vencido por Rogério.

O gol procedido da expulsão de Borges e Diego Souza parecia redefinir o clássico a favor do São Paulo. Entre outras coisas, porque Diego representava mais para o Palmeiras, em desvantagem, do que Borges ao São Paulo, em vantagem.

Luxemburgo foi rápido no gatilho, e trocou seu terceiro zagueiro, Maurício, pelo meia Evandro, e manteve o equilíbrio de seu time, embora o Tricolor, em contragolpes incisivos, ameaçasse sempre, a ponto de ampliar para 2 a 0, com um tiro longo de Dagoberto, na saída em falso de Léo lima.

No segundo tempo, porém, Luxemburgo chamou Denílson. E essa foi a salvação para seu time, pois, mesmo com nítida vantagem na posse de bola - o jogo virou ataque contra defesa -, faltava aquela jogada singular capaz de desequilibrar o adversário. E ela surgiu pela direita, quando Denílson deixou André Dias estatelado no chão e cruzou para Kleber, de carrinho, reduzir.

Dois minutos depois, Kleber sofre falta, que Leandro bate para Dagoberto desviar de cabeça contra: 2 a 2. Um prêmio para o Palmeiras, que sempre atacou, e um castigo para o São Paulo que preferiu apenas defender o resultado.

VEJA TAMBÉM
- Com amigdalite, Rigoni é liberado no treino do São Paulo e vira dúvida para Majestoso
- São Paulo encerra preparação para Majestoso contra o Corinthians; veja possível escalação
- São Paulo se reapresenta no CT e Ceni deve ter força máxima em clássico; veja provável escalação






CONFIRA:Pato abre o jogo e explica por que decidiu rescindir seu contrato com o São Paulo

VEJA TAMBÉM:São Paulo supera meta de vendas do primeiro semestre; veja valores

E MAIS:Lesão de Gabriel Sara altera os planos do São Paulo para próxima janela

VEM NOVO GOLEIRO? ROGERIO X LUGANO; POLÊMICA MARWUINHOS E ARSENAL; ESCALAÇÃO MELHORANDO, META VENDAS

Avalie esta notícia: 8 9

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - Neo Química Arena -
    Corinthians
    Corinthians
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Sudamericana

    Qui - 21:30 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    3 0
    X
    Jorge Wilstermann
    Jorge Wilstermann
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Corinthians
    2 Atletico-MG
    3 São Paulo
    4 Botafogo
    5 Santos
    6 Coritiba
    7 Avai
    8 America Mineiro
    9 Palmeiras
    10 RB Bragantino
    11 Internacional
    12 Fluminense
    13 Goiás
    14 Cuiaba
    15 Atletico Paranaense
    16 Flamengo
    17 Juventude
    18 Ceará
    19 Atletico Goianiense
    20 Fortaleza EC
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    13 6 4 1 1 10 6 4 VDVVE
    12 7 3 3 1 11 7 4 EEDEV
    11 6 3 2 1 11 7 4 DEVEV
    11 6 3 2 1 10 7 3 VEEVV
    10 6 3 1 2 10 5 5 VVDVD
    10 6 3 1 2 11 8 3 DEVDV
    10 6 3 1 2 7 8 -1 DVEVD
    9 6 3 0 3 7 7 0 VDVVD
    9 6 2 3 1 9 5 4 EEVEV
    9 7 2 3 2 9 7 2 EVDED
    9 6 2 3 1 6 6 0 VVEEE
    8 6 2 2 2 6 6 0 VDDEV
    8 6 2 2 2 7 9 -2 EDEVV
    7 6 2 1 3 5 8 -3 DVEDD
    6 6 2 0 4 3 8 -5 DVDVD
    6 6 1 3 2 6 6 0 VEDDE
    6 6 1 3 2 7 10 -3 DDEEV
    4 5 1 1 3 6 9 -3 VDDDE
    3 6 0 3 3 3 10 -7 DEEDD
    1 5 0 1 4 3 8 -5 DDDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
  • Powered by365Scores.com
21/05/2022 22:44:27