publicidade

Ademir da Guia, o 'Divino', coloca os pés na Calçada da Fama do Maracanã

Ex-jogador e maior ídolo do Palmeiras participa de solenidade antes do clássico entre Vasco e Flamengo. Taffarel será o próximo homenageado

Ademir da Guia, o Divino, colocou os pés na Calçada da Fama, neste domingo, antes do clássico entre Vasco e Flamengo. O ex-jogador, maior ídolo da história do Palmeiras, já fazia parte do local, mas desde a inauguração em 2000 não tinha tido a oportunidade de imortalizar a marca dos pés.

Acompanhado de familiares, Ademir da Guia colocou os pés ao lado de Amarildo e Luis Pereira. Bastante feliz e emocionado, o Divino agradeceu a homenagem.

- É uma honra muito grande estar aqui. A família Da Guia está muito feliz. Fico muito contente de representá-los aqui - disse Ademir.

Ademir da Guia nasceu no Rio de Janeiro no dia 3 de abril de 1942. Começou a carreira no Bangu e em 1961 foi vendido ao Palmeiras, onde jogou até 1977. O ex-jogador tornou-se o maior ídolo da história do clube paulista após ter disputado 901 jogos e marcado 153 gols. Ele ainda disputou a Copa do Mundo de 1974 pela seleção brasileira.

- Estou feliz porque fui homenageado ainda vivo e jogando, né? Estou com 66 anos e ainda jogando, correndo, brincando dentro de campo. Isso é muito bom - disse Ademir.

Pelo Palmeiras, Ademir da Cuia conquistou cinco vezes o título paulista (63, 66, 72, 74 e 76); foi bicampeão brasileiro (72 e 73); ganhou duas vezes o Robertão (67 e 69) e o Troféu Ramón de Carranza (69 e 74); e também conquistou o Rio-São Paulo (65); a Taça Brasil (67); o Torneio Mar del Plata (72), o Laudo Natal (72) e o Cidade de Zaragoza (72).

Atualmente, há 97 nomes na Calçada da Fama do Maracanã. O goleiro tetracampeão do mundo Taffarel, revelado no Internacional e que no Brasil atuou também no Atlético-MG, será, em breve, o 98º a fazer parte da local.

Calçada com desfalques

Dois fatos chamam a atenção da Calçada da Fama do Maracanã. Os pés do ex-alvinegro Mendonça ainda não são vistos no local. O ídolo do Botafogo colocou os pés em fevereiro antes da final da Taça Guanabara e foi o primeiro jogador a entrar para a Calçada da Fama do Maracanã em 2008.

Além da falta de Mendonça há um pé "anônimo" no local. Trata-se de Sebastião Leônidas, campeão da Taça Brasil de 1968 pelo Botafogo e que está sem placa de identificação há algum tempo. Segundo um funcionário da Suderj, ela está sendo trocada pelo fato de estar muito desgastada.

VEJA TAMBÉM
- CHAPÉU NO RIVAL? São Paulo negocia com craque do futebol europeu que está na mira do Flamengo
- A CAMINHO DO RIVAL! Com a autorização do presidente, Santos aprova contratação de ex-São Paulo
- NOVA CHANCE! São Paulo reconsidera volante descartado por Zubeldía e pode receber nova chance


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 12 10

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.