publicidade

2000: Raí faz de letra e encerra carreira contra o Palmeiras

Campeão de tudo que disputou com a camisa do São Paulo, o meia Raí disputou seu último clássico contra o Palmeiras no final de sua carreira, em 2000. A lembrança ficará guardada na memória de qualquer são-paulino.

Foi a segunda partida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Em pleno Palestra Itália, o São Paulo derrotou o rival palmeirense por 3 a 2, depois de ter vencido o primeiro duelo por 2 a 1. O Tricolor era comandado por Levir Culpi, enquanto Felipão era o manda-chuva do Palmeiras.

O São Paulo abriu o placar com belo gol do volante Vágner, em chute de fora da área. O lateral Rogério deixou tudo igual, com um belo gol de falta. O Tricolor ampliou com Sandro Hiroshi, mas Rogério deixou tudo igual de novo, de pênalti.

No final da partida, Raí encerrou sua carreira em Choques-Rei com elegância. O jogador recebeu cruzamento na medida do lateral Pimentel e, de letra, deixou Marcos estático, marcando o gol da vitória são-paulina.

VEJA TAMBÉM
- VAI PRO RIVAL? Chegada de James Rodríguez a um rival após rescisão com São Paulo tem aprovação da torcida
- A CAMINHO DO RIVAL? São Paulo e Corinthians buscando a contratação de meia do Santos
- EMPATE FORA DE CASA! São Paulo não mantém sequência de vitórias e tem prejuízos na sequência do Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 7

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.