publicidade

1992: Tricolor vai para o Japão e volta para bater Verdão

O São Paulo teve um ano muito corrido em 1992. Campeão da Libertadores pela primeira vez, a equipe se classificou para disputar o Mundial Interclubes, em dezembro, contra o Barcelona.

Mas antes da final contra o time espanhol, o Tricolor do Morumbi precisaria passar pelo Palmeiras, na final do Campeonato Paulista daquele ano. E a final contra o rival ficará para sempre eternizada na memória dos torcedores.

A primeira partida terminou com vitória tricolor por 4 a 2. Cafu abriu o placar para o time de Telê Santana. O volante Daniel empatou para o Verdão, mas Raí, no lance seguinte, deixou o São Paulo de novo em vantagem.

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou a empatar, com Zinho. No entanto, a fase de Raí era esplendorosa. O camisa 10 tricolor marcou dois gols (um deles aos acréscimos) e deixou o Sampa próximo do bicampeonato paulista.

Uma semana depois...
... já campeão do mundo, após derrotar o Barcelona por 2 a 1, o São Paulo voltou a enfrentar o Palmeiras pela segunda partida da final. Com exatamente a mesma escalação e lutando contra o cansaço, o Tricolor voltou a vencer o rival, desta vez por 2 a 1.

Diante de um público de 110.887 pessoas, o São paulo abriu o placar com Muller, ainda no primeiro tempo. Cerezo ampliou o placar e fez os são-paulinos gritarem "É, campeão" pela primeira vez no Morumbi. No fim, Zinho descontou, mas já era tarde.

VEJA TAMBÉM
- POLÊMICA! São Paulo perde para o Atlético-MG com decisões questionáveis da arbitragem
- TRICOLOR ESCALADO! Veja os onze iniciais para o duelo contra o Atlético-MG
- Hora ideal para São Paulo quebrar tabu contra Atlético-MG e garantir vitória


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 1

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.