publicidade

Durante briga interna, polícia se diz organizada para Choque-Rei

0 0 0
No dia em que as Polícias Militar e Civil entraram em uma verdadeira batalha campal às vistas da sacada do Palácio dos Bandeirantes, os responsáveis pela segurança do clássico entre Palmeiras e São Paulo, às 16 horas do domingo, esperam que as duas torcidas não representem o mesmo papel que aqueles que têm a missão de protegê-las.

A partida, que envolve adversários separados por apenas dois pontos e concorrentes diretos ao título do Brasileirão, vem sendo apimentada por provocações de ambos os lados, com destaque especial para as flores que alguns palmeirenses mandaram ironicamente para os rivais.

Apesar de reclamar das declarações dos jogadores, que podem influenciar algum tumulto entre as torcidas, o Tenente Pedro Luis de Souza Lopes, porta-voz do comando do policiamento da capital, acredita que as chances de uma confusão são pequenas.

“A polícia vem acompanhando os meios de comunicação e vendo as provocações que têm sido feitas. Nós sabemos que qualquer evidência pode gerar hostilidade de ambos os lados. Se o trabalho for feito da maneira ideal, no entanto, não deve haver problemas”, comentou.

O policial lamentou que os atletas envolvidos no Choque-Rei não tenham noção da responsabilidade que têm ao polemizar com os rivais. 'É uma pena que não possamos controlar o que os jogadores falam na imprensa. Muitas vezes são feitas colocações infelizes, que podem acirrar os ânimos”, comentou o policial, que falou com imprensa no lugar do Major Otacílio José de Souza.

No meio da entrevista coletiva, aquele que será um dos responsáveis pela proteção das 27.640 pessoas que lotarão o Parque Antártica, saiu correndo do 2º Batalhão de Polícia de Choque para se juntar à repressão dos manifestantes da Guarda Civil, que estão em greve por melhores salários para a categoria. Durante o protesto, que visava um encontro com o governador José Serra, foram trocados tiros, socos e golpes de cassetete entre os membros das duas instituições, lembrando as piores brigas entre torcidas organizadas.

Para evitar confrontos semelhantes no entorno do evento de domingo, o Coronel Aílton Araújo Brandão, que cuidará da segurança territorial juntamente com o 23º batalhão de polícia, e o Coronel. Eduardo José Félix de Oliveira, líder do Choque, contarão com cerca de 1300 guardas, além de possíveis reforços aquartelados.

“Nossa preocupação fica maior ainda porque sabemos que a área do Palestra Itália é residencial, o que pode agravar um possível problema. Por isso, pedimos que os torcedores tentem chegar pelo menos quatro horas antes do início da partida, com o ingresso em mãos”, finaliza o Policial Militar, que foi outro a fugir para a balbúrdia na frente da sede do Governo estadual. Seu pai, policial civil, estava envolvido no confronto.
CONFIRA: Pablo fica à disposição do técnico Fernando Diniz no São Paulo

VEJA: "[COMENTE] O que faltou para o São Paulo superar o River Plate na retomada da Libertadores?

ESPECIAL LIBERTADORES - RIVER TEM DESMANCHE DE ELENCO, 6 MESES SEM JOGOS, DESFALQUES E CRISE

Avalie esta notícia: 10 10

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Libertadores

    Ter - 21:30 - Rodrigo Paz Delgado -
    LDU De Quito
    LDU De Quito
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Libertadores

    Qui - 19:00 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 2
    X
    River Plate
    River Plate
    Calendário Completo
  • publicidade
  • Blogs

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Internacional
    2 Atletico-MG
    3 São Paulo
    4 Vasco DA Gama
    5 Flamengo
    6 Palmeiras
    7 Santos
    8 Fluminense
    9 Ceará
    10 Fortaleza EC
    11 Corinthians
    12 Atletico Goianiense
    13 Grêmio
    14 Atletico Paranaense
    15 Sport Recife
    16 Bahia
    17 Botafogo
    18 Goiás
    19 Coritiba
    20 Bragantino
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
    18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
    18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
    17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
    17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
    17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
    15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
    14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
    13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
    12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
    12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
    12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
    12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
    11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
    11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
    9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
    9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
    8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
    8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
    7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota