publicidade

Flash Back - 1981: São Paulo massacra o Verdão no Morumbi

Tricolor faz seis no rival com direito a gol de calcanhar de Mário Sérgio e inicia arrancada para o bi do Paulistão

0 0 0


A derrota na final do Campeonato Brasileiro de 1981 foi muito marcante para o São Paulo. O Tricolor tinha um belo time, que era conhecido como “A Máquina”, mas que dentro de campo não estava justificando o apelido. Na decisão, vitória do Grêmio de Baltazar, em pleno Morumbi, por 1 a 0.

CONTEXTO

Precisando se recuperar, a equipe entrou no Campeonato Paulista determinada a afastar a tristeza causada pelos gaúchos e conquistar o bicampeonato do estadual. No ano anterior, os são-paulinos foram campeões após vencer o Santos na final.

Mas o time comandado pelo técnico Formiga demorou a engrenar no Paulistão. Após um primeiro turno fraco conquistando apenas sete vitórias, os tricolores entraram no segundo turno com forte pressão e a redenção da poderosa Máquina veio no clássico contra o Palmeiras.

O São Paulo, em tarde inspirada do atacante Mário Sérgio, que chegou ao clube em 81, aplicou uma sonora goleada de 6 a 2 sobre o rival, em seu estádio. O resultado mais elástico sobre o Verdão foi 6 a 0, em 1939.

O JOGO

Na primeira etapa, predominou-se o domínio tricolor. Aos 26 minutos, Éverton abriu o placar depois de receber passe de Renato. Aos 39, em um dos poucos avanços da equipe do Parque Antártica, o zagueiro Airton se atrapalhou com a bola e marcou contra o patrimônio, empatando o duelo.

No entanto, o melhor (para a torcida são-paulina) veio na segunda etapa. Em apenas 11 minutos, os donos da casa definitivamente acabaram com o adversário. Aos 13, Mário Sérgio, que vinha sendo bem marcado por Vagner Benazzi, acertou um chute da entrada da área e recolocou o São Paulo em vantagem. Dois minutos depois, Éverton retribuiu o presente do primeiro gol para Renato e passou para o atacante ampliar. Aos 20, Serginho marcou o quarto e Paulo César fez o quinto logo em seguida.

Mesmo com a vitória sacramentada, os atuais campeões paulistas continuaram jogando no ataque. Aos 24 do segundo tempo aconteceu um dos gols mais antológicos da história do Choque-Rei. Getúlio cobrou escanteio na direita, Oscar desviou de cabeça e Mário Sérgio, sem olhar para a meta, mandou de chaleira para o fundo das redes do goleiro Gilmar, afundando ainda mais o caixão alviverde. Enéas diminuiu a vantagem do Palmeiras para 6 a 2, mas era evidente que a equipe de Waldir Peres, Serginho Chulapa e companhia demonstrou naquela tarde porque aquele time era conhecido como “A Máquina”. Na decisão do Paulistão, o Tricolor bateu a Ponte Preta com uma vitória por 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 6 X 2 PALMEIRAS

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 4/10/1981
Árbitro: Oscar Scolfaro (SP)
Público:31.799 pagantes
GOLS: Éverton, 26'/1ºT (1-0); Aírton, 39'/1ºT (1-1); Mário Sérgio, 13'/2ºT
(2-1);
Renato, 15'/2ºT (3-1); Serginho, 20’/2°T (4-1); Paulo César, 22’/2°T
(5-1); Mário Sérgio, 24’/2°T (6-1); Enéias, 32/2°T (6-2).

SÃO PAULO: Waldir Peres, Getúlio, Gassem e Aírton; Almir, Renato e
Éverton; Paulo César, Serginho (Tatu) e Mário Sérgio. Técnico: Formiga.

PALMEIRAS:Gilmar, Vagner Benazzi (Jaime Boni), Luís Pereira, Deda e
Pedrinho; Vitor, Hugo Aragonés (Esquerdinha), Célio e Reginaldo; Enéas e
Marquinhos. Técnico: Jorge Vieira.

Confira nesta quarta no LNET! o confronto da decisão do Paulistão de 1992 em que São Paulo e Palmeiras fizeram dois jogos inesquecíveis!
CONFIRA: Pablo fica à disposição do técnico Fernando Diniz no São Paulo

VEJA: "[COMENTE] O que faltou para o São Paulo superar o River Plate na retomada da Libertadores?

ESPECIAL LIBERTADORES - RIVER TEM DESMANCHE DE ELENCO, 6 MESES SEM JOGOS, DESFALQUES E CRISE

Avalie esta notícia: 11 11

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Libertadores

    Ter - 21:30 - Rodrigo Paz Delgado -
    LDU De Quito
    LDU De Quito
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Libertadores

    Qui - 19:00 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 2
    X
    River Plate
    River Plate
    Calendário Completo
  • publicidade
  • Blogs

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Internacional
    2 Atletico-MG
    3 São Paulo
    4 Vasco DA Gama
    5 Flamengo
    6 Palmeiras
    7 Santos
    8 Fluminense
    9 Ceará
    10 Fortaleza EC
    11 Corinthians
    12 Atletico Goianiense
    13 Grêmio
    14 Atletico Paranaense
    15 Sport Recife
    16 Bahia
    17 Botafogo
    18 Goiás
    19 Coritiba
    20 Bragantino
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
    18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
    18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
    17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
    17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
    17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
    15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
    14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
    13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
    12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
    12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
    12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
    12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
    11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
    11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
    9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
    9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
    8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
    8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
    7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota