publicidade

São Paulo conquista o bi em jogo histórico

Em partida polêmica, Tricolor bate o Palmeiras por 1 a 0 e conquista o nono Campeonato Paulista de sua história

0 0 0
Depois de sair de uma fila de 13 anos, conquistando o título do Campeonato Paulista de 1970, o São Paulo chegou no ano seguinte como um dos grandes favoritos para ficar com o bicampeonato estadual. Só que para isso, era preciso passar pela grande Academia palmeirense, que tinha Ademir da Guia, César maluco, Leivinha, Leão, entre outros craques.

CONTEXTO

Em um campeonato de pontos corridos disputado em dois turnos, São Paulo e Palmeiras fizeram grandes campanhas e chegaram à última rodada com chances de serem campeões. Para o Tricolor, que estava na liderança com 34 pontos, precisava apenas de um empate para garantir o bi. Já o Verdão,que tinha um ponto a menos do que o clube do Morumbi, precisava da vitória para levantar a taça. Os dois fizeram uma partida memorável no Morumbi e também bastante polêmica, que não sai da cabeça dos são-paulinos e dos palmeirenses até os dias de hoje.

O JOGO

Mesmo não precisando vencer o jogo, a equipe do técnico Osvaldo Brandão não quis dar chance ao azar e foi logo para cima dos palestrinos. Aos cinco minutos, Toninho Guerreiro, que foi o artilheiro do Sampa na competição com 15 gols, dominou a bola na altura da marca do pênalti e acertou o canto de Leão, abrindo o placar para os donos da casa.

Com a vantagem de 1 a 0, o São Paulo procurou administrar o placar, aproveitando as jogadas de contra-ataque. O Palmeiras, que precisava virar o marcador, foi para cima do rival e na metade da segunda etapa, aconteceu o lance, que até hoje, gera muita discussão entre os torcedores e os jogadores das duas equipes.

Leivinha recebeu cruzamento na área e mandou para o gol de cabeça, empatando a partida. O árbitro Armando Marques interpretou que o palmeirense tocou na bola com a mão e anulou o gol da equipe alviverde, gerando tumulto entre os jogadores do clube do Parque Antárctica. Analisando as imagens do lance, é possível notar que Leivinha toca a bola com a cabeça, mas o que deve ter provocado a dúvida de Armando, é o fato de o jogador ter esticado os dois braços ao concluir a jogada.

No entanto, a reclamação não foi suficiente para o juiz validar o empate e o São Paulo, que tinha um time inesquecível com Pedro Rocha, Gerson, Terto, e Forlan, acabou virando bi campeão paulista, com 36 pontos. Esta conquista também proporcionou uma marca que dura até os dias de hoje: Toninho Guerreiro se tornou o único jogador a conquistar o Paulistão cinco vezes seguidas. O autor do gol título são-paulino foi campeão em 67,68 e 69 pelo Santos e 70 e 71 pelo Tricolor.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0 X 1 SÃO PAULO

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data: 27/6/1971
Árbitro: Armando Marques (RJ)
Público: 103.887 pagantes

GOLS: Toninho Guerreiro, 5'/1ºT (0-1).

PALMEIRAS: Leão, Eurico, Luís Pereira, Minuca e Dé; Dudu e Ademir da Guia; Edu, Leivinha, César e Pio (Fedato). Técnico: Mário Travaglini.

SÃO PAULO: Sérgio; Forlan, Jurandir, Arlindo e Gilberto; Édson, Gerson e Pedro Rocha (Carlos Alberto); Terto, Toninho Guerreiro e Paraná. Técnico: Osvaldo Brandão.

NESTA TERÇA-FEIRA: LNET! traz a maior goleada do Tricolor sobre o Palmeiras. A partida aconteceu no Paulistão de 81.
CONFIRA: Pablo fica à disposição do técnico Fernando Diniz no São Paulo

VEJA: "[COMENTE] O que faltou para o São Paulo superar o River Plate na retomada da Libertadores?

ESPECIAL LIBERTADORES - RIVER TEM DESMANCHE DE ELENCO, 6 MESES SEM JOGOS, DESFALQUES E CRISE

Avalie esta notícia: 9 8

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Libertadores

    Ter - 21:30 - Rodrigo Paz Delgado -
    LDU De Quito
    LDU De Quito
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Libertadores

    Qui - 19:00 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 2
    X
    River Plate
    River Plate
    Calendário Completo
  • publicidade
  • Blogs

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Internacional
    2 Atletico-MG
    3 São Paulo
    4 Vasco DA Gama
    5 Flamengo
    6 Palmeiras
    7 Santos
    8 Fluminense
    9 Ceará
    10 Fortaleza EC
    11 Corinthians
    12 Atletico Goianiense
    13 Grêmio
    14 Atletico Paranaense
    15 Sport Recife
    16 Bahia
    17 Botafogo
    18 Goiás
    19 Coritiba
    20 Bragantino
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
    18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
    18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
    17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
    17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
    17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
    15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
    14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
    13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
    12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
    12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
    12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
    12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
    11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
    11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
    9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
    9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
    8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
    8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
    7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota