por Wender


Capítulo da série Gexxxtão Mais Patética da História. Juvenal e suas pérolas

Por wenderpeixoto   28/Jul/2013 14:20 672 65,1% 34,9%


“O São Paulo se distancia dos demais clubes, pela sua logística, pelo seu comportamento e por todo processo que o São Paulo implantou. Vai inovar e vai ter 90% dos jogadores de Cotia”.

“O São Paulo precisa de mim. Todos sabem disso. Precisa da minha eficácia. Eu preciso terminar essa obra fantástica”.

“Vai ter cobertura, o progresso vai continuar”.

"Eu sou o melhor presidente do SP e todos gostam de mim"

“O que vou fazer não sei, porque eu agitado faço besteira, mas vou fazer”.

“Eu seria um bom técnico. Olha, naquele tempo em que podia entrar no campo, o diretor ficava sentado no banco, ajudava. Se ele tiver autoridade, conhecimento, muda. Muda o jogo durante a partida. Eu tenho história nisso aí. É difícil, você sofre mais do que os outros. Acho que seria um bom técnico. Até porque os jogadores falam muito comigo, me ouvem muito. Quando a coisa aperta, eles chamam o Juvenal”.

"A mecânica é essa, no futebol não se faz jogador por computador".

"Eu acreditava que o futebol da equipe estivesse mais solidificado, no sentido de um diapasão mais correto, etc. Mais equânime".

“Eu imaginava que pra temporada 2013 os ajustes já estavam postos. Não estão. Ainda falta”.

"Os que saírem fora da linha mais correta serão admoestados, as vezes fortemente".

"O que tenho em Cotia é uma barbaridade, vocês nem sabem. Podem me cobrar. Em 2013 teremos um time forte, vencedor".

“Me dê a Sulamericada, que te dou um timaço em 2013”.

"O time tá mal, porque a diretoria tá mal. Será? Qual é o mal que nós praticamos?"

"No São Paulo ninguém perde a mão, porque a mão é minha".

"Onde é que taria a gerência negativa desta administração?"

“O São Paulo tem gestor”.

"Um dos piores momentos da vida do São Paulo. Será que é isto mesmo? Ora..."

“Pegue esses caras aí”, contra sócios e torcedores do clube.

“Vocês precisam fazer estatísticas, gente. Sou o maior vencedor da história desse clube”.

“Não fujo de nada. Deus me poupou do sentimento do medo”.

“É assim que faz. Vem cá. Senta aí. Vai lá. Obedece. Xiu”.

“Eu acredito muito no exemplo do Lúcio. É um cidadão. Uma figura a ser preservada”.

“Se sabe que eu acho que não tenho (culpa)? Eu procuro, eu procuro”.

Sds.
Peixoto.


Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!.

Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.