por Wender


A gestão Juvenal Juvêncio (Justafá Jualib) nos últimos quatro anos.

Por wenderpeixoto   13/Mai/2013 01:00 1582 75,3% 24,7%


Vejam como o Justafá Jualib administrou o futebol do São Paulo a partir de 2009. Em 2010, 2011 e 2012, o coronel torrou praticamente R$ 150 milhões em contratações.

Foi eliminado 17 vezes de competições em seis anos, acarretando uma perca de faturamento da ordem de R$ 200 milhões de reais.

2009
SAÍRAM: 10
Alex Silva (Z, Hamburg-ALE)
Juninho (Z, Botafogo)
Júnior (LE, Atlético-MG)
Néicer Reasco (LD, LDU-ECU)
Anderson (Z, Cruzeiro)
Jancarlos (LD, Cruzeiro)
Éder Luis (A, Atlético-MG)
Eduardo Costa (V, Monaco-FRA)
André Lima (A, Botafogo)
Wagner Diniz (LD, Santos)

CHEGARAM: 10
Denis (G, Ponte Preta)
Wagner Diniz (LD, Vasco)
Junior Cesar (LE, Fluminense)
Jean Rolt (Z, Ponte Preta)
Renato Silva (Z, Botafogo)
Adrián González (LD, San Lorenzo-ARG)
Nelson Saavedra (LD, Palestino-CHI)
Arouca (V, Fluminense)
Marlos (M, Coritiba)
Washington (A, Fluminense)
Paulistão: caiu na semifinal
Libertadores: caiu nas quartas de final
Brasileirão: terminou em 3º

2010
SAÍRAM: 15
Fabiano (G, Toledo)
Nelson Saavedra (LD, Atlético-GO)
Rodrigo (Z, Grêmio)
Joilson (LD, Grêmio)
Zé Luis (V, Atlético-MG)
Borges (A, Grêmio)
Arouca (V, Santos)
André Luis (Z, Fluminense)
André Dias (Z, Lazio-ITA)
Hernanes (M, Lazio-ITA)
Jorge Wagner (M, Kashiwa Reysol-JAP)
Léo Lima (M, Al-Nasr-EAU)
Richarlyson (V, Atlético-MG)
Roger (A, Guarani)
Oscar (M, Internacional)

CHEGARAM: 16
Roger (A, Vitória)
Alex Silva (Z, Hamburg-ALE)
André Luiz (Z, Grêmio Prudente)
Xandão (Z, Grêmio Prudente)
Cicinho (LD, Roma)
Carleto (LE, Valencia-ESP)
Samuel (Z, Mirassol)
Ilsinho (LD, Shakhtar)
Cleber Santana (M, Mallorca-ESP)
Marcelinho Paraíba (M, Coritiba)
Léo Lima (M, Goiás)
Rodrigo Souto (V, Santos)
Carlinhos Paraíba (M, Coritiba)
Ricardo Oliveira (A, Al Jazira-EAU)
Fernandão (A, Goiás)
Fernandinho (A, Grêmio Prudente)
Paulistão: caiu na semifinal
Libertadores: caiu na semifinal
Brasileirão: terminou em 9º

2011
SAÍRAM: 17
Cicinho (LD, Villarreal-ESP)
Marcelinho Paraíba (M, Sport)
Adrián González (LD, Arsenal de Sarandí-ARG)
Samuel (Z, Werder Bremen-ALE)
Junior Cesar (LE, Flamengo)
Mazola (A, Urawa Reds-JAP)
Edson Ramos (LD, Mogi Mirim)
Carleto (LE, Olimpia-PAR)
Alex Silva (Z, Flamengo)
Renato Silva (Z, Vasco)
Diogo (LE, Goiás)
Ilsinho (LD, Ilsinho)
Fernandão (A)
Miranda (Z, Atlético de Madrid-ESP)
Dagoberto (A, Internacional)
Xandão (Z, Sporting-POR)
Rivaldo (M, Kabuscorp-ANG)
Marlos (M, Metalist-UCR)

CHEGARAM: 11
Rhodolfo (Z, Atlético-PR)
Juan (LE, Flamengo)
Edson Ramos (LD, Mallorca-ESP)
João Filipe (Z, Botafogo)
Iván Piris (LD, Libertad-PAR)
Rivaldo (M, Mogi Mirim)
Cañete (M, Boca-ARG)
Denilson (V, Arsenal-ING)
Cícero (M, Wolfsburg-ALE)
Luis Fabiano (A, Sevilla-ESP)
Willian José (A, Grêmio Barueri)
Paulistão: caiu na semifinal
Copa do Brasil: caiu nas quartas de final
Sul-Americana: caiu nas oitavas de final
Brasileirão: terminou em 6º

2012
SAÍRAM: 12
Bosco (G)
Juan (LE, Santos)
Jean (V, Fluminense)
Carlinhos Paraíba (M, Omiya Ardija-JAP)
Piris (LD, Roma-ITA)
Bruno Uvini (Z, Napoli-ITA)
Henrique (A, Granada-ESP)
Paulo Assunção (V, Deportivo La Coruña-ESP)
Cícero (M, Santos)
Fernandinho (A, Al Jazira-EAU)
Wllian José (A, Grêmio)
Lucas (M, Paris Saint-Germain-FRA)

CHEGARAM: 11
Rafael Toloi (Z, Goiás)
Cortez (LE, Botafogo)
Paulo Miranda (Z, Bahia)
Edson Silva (Z, Figueirense)
Douglas (LD, Goiás)
Jadson (M, Shakhtar-UCR)
Fabrício (V, Cruzeiro)
Ganso (M, Santos)
Paulo Assunção (V, Atlético de Madrid-ESP)
Maicon (M, Figueirense)
Osvaldo (A, Ceará)
Paulistão: caiu na semifinal
Copa do Brasil: caiu na semifinal
Sul-Americana: campeão
Brasileirão: terminou em 4º

2013
SAÍRAM: 1
Casemiro (V, Real Madrid-ESP)

CHEGARAM: 8
Lúcio (Z, Juventus-ITA)
Aloísio (A, Figueirense)
Negueba (A, Flamengo)
Wallyson (A, Cruzeiro)
Renan Ribeiro (G, Atlético-MG)
Silvinho (A, Penapolense)
Roni (M, Mogi Mirim)
Caramelo (LD, Mogi Mirim)
Paulistão: caiu na semifinal
Libertadores: caiu nas oitavas de final

São 56 contratações em somente quatro anos. Foram 57 dispensas de jogadores. Nesse período, após a saída do MAC, o JJ tem sido o próprio diretor de futebol do clube em todos os sentidos.
Adalberto Porschista tem sido somente um um secretário negociador a mando do JuJu.

O prejuízo politico causado por todas as brigas dele, Juvenal, com uma extensa lista de confusões:

- Vários clubes;
- Federações;
- Confederações;
- Vizinhos;
- Prefeitura;
- Patrocinadores / Andrade Gutierrez;
- Técnicos;
- TV;
- Dirigentes;
- Jogadores;
- Empresários;
- Preparadores Físicos / Fisiologistas.

Sem dúvida também causaram enormes custos financeiros ao clube.

Abs.
Peixoto.



Comentários (2)

14/05/2013 22:24:47 wenderPeixoto

Ralf. Por culpa do Juvenal.

14/05/2013 16:11:03 RalfTadeu

é meus amigos a coisa vai mal.....

Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.